‘O Estudante’ entra em cartaz no Cine Cultura nesta quinta, 31 de julho

Nesta quinta-feira, 31 de julho, o Cine Cultura estreia o longa-metragem argentino ‘O Estudante’ de Santiago Mitre. O filme entra em cartaz com sessões às 19h (segunda a sexta) e às 18h30 (sábado e domingo).

INFORME: O filme PELO MALO continua em cartaz no Cine Cultura durante mais uma semana. Wałęsa entrará em cartaz em breve.

O Estudante

el-estudiante-romina-paula-esteban-lamothe-14

Roque, um jovem do interior, chega a Buenos Aires para começar pela terceira vez a faculdade. Sem interesse nas aulas, ele se ocupa fazendo amigos e conhecendo garotas. Uma delas, Paula, o apresenta ao mundo da militância política. Numa das reuniões do partido dela, ele conhece Alberto, um ex-político e professor da universidade. Com ele, Roque aprende a ser líder estudantil e encontra sua vocação. E logo percebe que as regras desse universo não são muito diferentes daquelas da política fora das universidades.
Em entrevista à Folha, Santiago Mitre, diretor do longa afirma: “É uma fábula política, sobre o poder e os consensos,mas passada num microcosmos particular: o da universidade pública”. O filme conta com 21 prêmios, entre eles prêmios do júri no Festival de Locarno e no Bafici (festival de cinema independente de Buenos Aires).

O Estudante entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 16 anos. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Pelo Malo

21050353_20131017102514392

O título deste drama desperta curiosidade: “Pelo Malo”, em espanhol, significa “cabelo ruim”. O nome não foi traduzido pelos distribuidores brasileiros, talvez para não remeter a qualquer ideia de preconceito. Mas o preconceito é justamente o tema desta bela obra venezuelana, não apenas contra o dito cabelo ruim, mas também contra a homossexualidade, a pobreza, as mulheres etc. Pelo Malo é, de certa forma, um filme sobre a dominação e a injustiça em sociedades pobres. (Críticas AdoroCinema)

Pelo Malo tem sessões às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Programação do Cine Cultura | 31 de julho a 06 de agosto

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670

 


O Estudante

Sessões:  19h (segunda a sexta) / 18h30 (sábado e domingo)

566905Direção: Santiago Mitre

Suspense | 110 min | Argentina | Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Quando Roque (Esteban Lamothe) ingressa na Universidade de Buenos Aires, ele não tem muito interesse em assistir às aulas. Ele só presta atenção na bela professora Paula (Romina Paula), uma jovem funcionária muito engajada na política universitária. Por chamar a atenção dela, Roque decide apoiar as reivindicações estudantis.

 

Pelo Malo

Sessões:  21h (segunda a sexta) / 20h30 (sábado e domingo)

cartaz_pelomalo3Direção: Roberto Berliner, Pedro Bronz

Drama | 95 min | Venezuela | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Junior (Samuel Lange Zambrano), um menino de nove anos de idade, sonha em alisar o cabelo para ficar mais parecido com sua imagem fantasiosa de um cantor de cabelos compridos. Sua mãe Marta (Samantha Castillo) luta para sustentar a família após a morte do marido e, ao mesmo tempo, tenta evitar o jeito diferente do filho.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

‘Oslo, 31 de Agosto’ permanece por mais uma semana em cartaz no Cine Cultura

‘Oslo, 31 de Agosto’  e ‘Pelo Malo’ permanecem por mais uma semana em cartaz

Devido a um problema com a cópia de exibição, o filme argentino “O Estudante” não tem previsão de estreia. Seguimos então, com a mesma programação durante esta semana, de 24 a 30 de julho com “Pelo Malo” às 19h (18h30 no sábado e domingo) e “Oslo, 31 de Agosto” com sessões às 19h, e 20h30 no final de semana. Pedimos desculpas e agradecemos a compreensão.

Pelo Malo

21050353_20131017102514392

O título deste drama desperta curiosidade: “Pelo Malo”, em espanhol, significa “cabelo ruim”. O nome não foi traduzido pelos distribuidores brasileiros, talvez para não remeter a qualquer ideia de preconceito. Mas o preconceito é justamente o tema desta bela obra venezuelana, não apenas contra o dito cabelo ruim, mas também contra a homossexualidade, a pobreza, as mulheres etc. Pelo Malo é, de certa forma, um filme sobre a dominação e a injustiça em sociedades pobres. (Críticas AdoroCinema)

Pelo Malo tem sessões às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

 

Oslo, 31 de Agosto

oslo

Como o filme mesmo sugere “Oslo, 31 de Agosto”, foi rodado totalmente na cidade de Oslo, na Noruega. Anders está prestes a sair de um centro de reabilitação de drogas no interior da Noruega. Como parte do programa, ele tem o direito de ir a Oslo para uma entrevista de emprego. Mas ele aproveita o dia fora e resolve ficar, andar pelas ruas da cidade e se encontrar com pessoas que não vê há tempos. Com 34 anos, ele é um homem inteligente, bonito e de boa família, mas profundamente atormentado pelas oportunidades que desperdiçou e pelas pessoas a quem decepcionou. Apesar de jovem, ele sente que sua vida já acabou. Durante o dia e no decorrer daquela noite, fantasmas de erros do passado entram em conflito com a possibilidade de um amor, de uma vida nova e da esperança de ver algum futuro até o amanhecer. Inspirado no romance de Pierre Drieu La Rochelle, Le Feu Follet, o mesmo que deu origem ao filme 30 Anos Esta Noite, de Louis Malle.

O filme teve sua estreia no Festival de Cinema de Cannes, e entre os oito prêmios que recebeu (pelos 20 festivais pelo qual passou), destaque para o de Melhor Direção de Fotografia e o Bronze Horse para Joachim Trier no Festival de Cinema de Estocolmo.

Oslo, 31 de Agosto tem sessões às 21h nos dias de semana e às 20h30 no sábado e domingo. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 24  a 30 de julho

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670

 


Pelo Malo

Sessões:  19h (segunda a sexta) / 18h30 (sábado e domingo)

cartaz_pelomalo3Direção: Roberto Berliner, Pedro Bronz

Drama | 95 min | Venezuela | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Junior (Samuel Lange Zambrano), um menino de nove anos de idade, sonha em alisar o cabelo para ficar mais parecido com sua imagem fantasiosa de um cantor de cabelos compridos. Sua mãe Marta (Samantha Castillo) luta para sustentar a família após a morte do marido e, ao mesmo tempo, tenta evitar o jeito diferente do filho.

 

Oslo, 31 de Agosto

Sessões:  21h (segunda a sexta) / 20h30 (sábado e domingo)

OSLO-31-DE-AGOSTO-CARTAZDireção: Joachim Trier

Drama | 96 min | Noruega | Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Anders (Anders Danielsen Lie) está se recuperando do vício em drogas numa clínica de reabilitação em Oslo. No dia 30 de agosto ele ganha a permissão para sair da casa de tratamento, visitar seu amigo Thomas (Hans Olav Brenner) e ir em uma entrevista de emprego no centro da cidade. Durante seu dia e noite na cidade, Anders será confrontado com seus erros do passado e irá refletir sobre sua própria existência.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura estreia ‘PELO MALO’ nesta quinta-feira, 17 de julho

‘Oslo, 31 de Agosto’ conquista mais uma semana em cartaz.

Nesta quinta-feira, 17 de julho, o Cine Cultura estreia o longa-metragem venezuelano ‘Pelo Malo’, de Mariana Rondón, vencedor da Concha de Ouro de melhor filme no prestigiado Festival de San Sebastián, na Espanha. O filme é o sensível retrato de um garoto do subúrbio de Caracas cujo maior sonho é alisar o cabelo para posar como cantor famoso na tradicional foto para o colégio.

A programação da semana traz ainda o premiado ‘Oslo, 31 de Agosto’ longa-metragem norueguês de Joachim Trier, conquista mais uma semana em cartaz em Goiânia. Não deixe de assistir!

Na quarta-feira, 23 de julho, não haverão exibições dos filmes PELO MALO e OSLO, 31 de AGOSTO. Neste dia, acontece no Cine Cultura o lançamento da programação completa do FRONTEIRA – Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental, com a exibição dos curtas-metragens ‘Olho por Olho’ de Andrea Tonacci e ‘Documentário’ de Rogério Sganzerla, e conversa após os filmes com o pesquisador e crítico de cinema Marcelo Ribeiro, e Carlos Cipriano, realizador audiovisual e professor – IFG/ Cidade de Goiás. A entrada é franca.

Pelo Malo

PELO-mirror_1

O título deste drama desperta curiosidade: “Pelo Malo”, em espanhol, significa “cabelo ruim”. O nome não foi traduzido pelos distribuidores brasileiros, talvez para não remeter a qualquer ideia de preconceito. Mas o preconceito é justamente o tema desta bela obra venezuelana, não apenas contra o dito cabelo ruim, mas também contra a homossexualidade, a pobreza, as mulheres etc. Pelo Malo é, de certa forma, um filme sobre a dominação e a injustiça em sociedades pobres. (Críticas AdoroCinema)

Pelo Malo entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana (com exceção da quarta-feira, 23 de julho), e sábado e domingo às 18h30. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

 

Oslo, 31 de Agosto

oslo

Como o filme mesmo sugere “Oslo, 31 de Agosto”, foi rodado totalmente na cidade de Oslo, na Noruega. Anders está prestes a sair de um centro de reabilitação de drogas no interior da Noruega. Como parte do programa, ele tem o direito de ir a Oslo para uma entrevista de emprego. Mas ele aproveita o dia fora e resolve ficar, andar pelas ruas da cidade e se encontrar com pessoas que não vê há tempos. Com 34 anos, ele é um homem inteligente, bonito e de boa família, mas profundamente atormentado pelas oportunidades que desperdiçou e pelas pessoas a quem decepcionou. Apesar de jovem, ele sente que sua vida já acabou. Durante o dia e no decorrer daquela noite, fantasmas de erros do passado entram em conflito com a possibilidade de um amor, de uma vida nova e da esperança de ver algum futuro até o amanhecer. Inspirado no romance de Pierre Drieu La Rochelle, Le Feu Follet, o mesmo que deu origem ao filme 30 Anos Esta Noite, de Louis Malle.

O filme teve sua estreia no Festival de Cinema de Cannes, e entre os oito prêmios que recebeu (pelos 20 festivais pelo qual passou), destaque para o de Melhor Direção de Fotografia e o Bronze Horse para Joachim Trier no Festival de Cinema de Estocolmo.

Oslo, 31 de Agosto tem sessões às 21h nos dias de semana (com exceção da quarta-feira, 23 de julho), e sábado e domingo às 20h30. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 17  a 23 de julho

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670

 


Pelo Malo

Sessões:  19h (qui/sex/seg/terça-feira) / 18h30 (sábado e domingo)

cartaz_pelomalo3Direção: Roberto Berliner, Pedro Bronz

Drama | 95 min | Venezuela | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Junior (Samuel Lange Zambrano), um menino de nove anos de idade, sonha em alisar o cabelo para ficar mais parecido com sua imagem fantasiosa de um cantor de cabelos compridos. Sua mãe Marta (Samantha Castillo) luta para sustentar a família após a morte do marido e, ao mesmo tempo, tenta evitar o jeito diferente do filho.

 

Oslo, 31 de Agosto

Sessões:  21h (qui/sex/seg/terça-feira) / 20h30 (sábado e domingo)

OSLO-31-DE-AGOSTO-CARTAZDireção: Joachim Trier

Drama | 96 min | Noruega | Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Anders (Anders Danielsen Lie) está se recuperando do vício em drogas numa clínica de reabilitação em Oslo. No dia 30 de agosto ele ganha a permissão para sair da casa de tratamento, visitar seu amigo Thomas (Hans Olav Brenner) e ir em uma entrevista de emprego no centro da cidade. Durante seu dia e noite na cidade, Anders será confrontado com seus erros do passado e irá refletir sobre sua própria existência.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura estreia ‘A Farra do Circo’ e o ‘Oslo, 31 de Agosto’ nesta quinta, 10 de julho

Nesta quinta-feira, 10 de julho, o Cine Cultura estreia o documentário brasileiro ‘A Farra do Circo’, de Roberto Berliner e Pedro Bronz. A programação da semana traz ainda o drama ‘Oslo, 31 de Agosto’ longa-metragem norueguês de Joachim Trier (primo distante de Lars Von Trier), sendo este considerado o melhor filme europeu pela Associação de Críticos da Europa em 2012.

Os horários das sessões são às 19h e 21h (segunda a sexta) e 18h30 e 20h30 (sábado e domingo).

A Farra do Circo

a-farra-do-circo

Mostrando pela primeira vez material filmado por Roberto Berliner na década de 80,  A farra do circo é um filme sobre a geração que formou o Circo Voador, a usina de sonhos. Do calçadão do Arpoador em 1982 até sua viagem para a Copa do México em 1986, passando por uma noite inesquecível na Lapa, o filme mostra a geração que revolucionou a cena cultural brasileira.

A Farra do Circo estreia no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e sábado e domingo às 18h30. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Oslo, 31 de Agosto

oslo

Como o filme mesmo sugere “Oslo, 31 de Agosto”, foi rodado totalmente na cidade de Oslo, na Noruega. Anders está prestes a sair de um centro de reabilitação de drogas no interior da Noruega. Como parte do programa, ele tem o direito de ir a Oslo para uma entrevista de emprego. Mas ele aproveita o dia fora e resolve ficar, andar pelas ruas da cidade e se encontrar com pessoas que não vê há tempos. Com 34 anos, ele é um homem inteligente, bonito e de boa família, mas profundamente atormentado pelas oportunidades que desperdiçou e pelas pessoas a quem decepcionou. Apesar de jovem, ele sente que sua vida já acabou. Durante o dia e no decorrer daquela noite, fantasmas de erros do passado entram em conflito com a possibilidade de um amor, de uma vida nova e da esperança de ver algum futuro até o amanhecer. Inspirado no romance de Pierre Drieu La Rochelle, Le Feu Follet, o mesmo que deu origem ao filme 30 Anos Esta Noite, de Louis Malle.

O filme teve sua estreia no Festival de Cinema de Cannes, e entre os oito prêmios que recebeu (pelos 20 festivais pelo qual passou), destaque para o de Melhor Direção de Fotografia e o Bronze Horse para Joachim Trier no Festival de Cinema de Estocolmo.

Oslo, 31 de Agosto entra em cartaz com sessões às 21h nos dias de semana, e sábado e domingo às 20h30. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

 

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 26 de junho a 02 de julho

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670

 

A Farra do Circo

Sessões:  19h (segunda a sexta) / 18h30 (sábado e domingo)

A-FARRA-DO-CIRCO-CARTAZDireção: Roberto Berliner, Pedro Bronz

Documentário | 93 min | Brasil | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: 1982, o Brasil é palco de uma revolução na cena cultural. Documentário composto por imagens feitas por Roberto Berliner durante a década de 80 que retrata a geração responsável pela “usina de sonho”, ou Circo Voador, como hoje é conhecido. Acontecimentos que passam pelo Arpoador, Lapa e vai até a Copa do México em 1986, marcam um novo cenário cultural brasileiro.

 

Oslo, 31 de Agosto

Sessões:  21h (segunda a sexta) / 20h30 (sábado e domingo)

OSLO-31-DE-AGOSTO-CARTAZDireção: Joachim Trier

Drama | 96 min | Noruega | Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Anders (Anders Danielsen Lie) está se recuperando do vício em drogas numa clínica de reabilitação em Oslo. No dia 30 de agosto ele ganha a permissão para sair da casa de tratamento, visitar seu amigo Thomas (Hans Olav Brenner) e ir em uma entrevista de emprego no centro da cidade. Durante seu dia e noite na cidade, Anders será confrontado com seus erros do passado e irá refletir sobre sua própria existência.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.
Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura realiza debate do filme ‘Jogo das Decapitações’ com a presença de ator do filme

‘Avanti Popolo’ e o ‘Jogo das Decapitações’ conquistam mais uma semana em cartaz

Continuam em cartaz no Cine Cultura os longas nacionais ‘Avanti Popolo’ e o ‘Jogo das Decapitações’, com sessões às 19h e 21h (quinta, segunda e quarta-feira), e às 18h e 20h (sábado, domingo, e terça-feira). Não haverão exibições na sexta-feira.

Na terça-feira, 8 de julho, o Cine Cultura realiza um debate do filme ‘Jogo das Decapitações’ às 20 horas, com a presença do ator Fernando Alves Pinto. A entrada é gratuita. Não haverá a sessão das 18 horas neste dia (exibição de Avanti Popolo).

Jogo das Decapitações

Jogo-das-Decapitações-Fernando-Alves-Pinto-e-Clarisse-Abumjara-

Jogo das Decapitações tem direção de Sergio Bianchi e é protagonizado por Leandro (Fernando Alves Pinto), que tem 30 anos e pertence à classe média brasileira. Imaturo e cansado do trabalho, ele se envolve com uma pesquisa para o mestrado na qual passa a investigar as pessoas que desapareceram durante a ditadura militar. Em meio às buscas ele conhece a obra de Jairo Mendes, um artista controverso que faleceu em um presídio, por ter assassinado sua mulher. Logo Jairo torna-se uma forte influência para Leandro, especialmente o livro “Inverno nos Trópicos: Cartas, Memórias e Bombas”. Não demora muito para que ele inicie uma procura ao único filme dirigido por Jairo, “Jogo das Decapitações”, que foi censurado pelo regime militar e está desaparecido.

Avanti Popolo

avanti-popolo-8

Dirigido por Michael Wahrmann, o drama Avanti Popolo conta a história de André, que encontra uma série de películas Super 8mm, filmadas por seu irmão durante a ditadura militar da década de 1970. Com estas imagens, ele se lembra das histórias vividas por seu pai, um homem que até hoje espera pelo filho, desaparecido há cerca de 30 anos.

 

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 03 de julho a 09 de julho

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670

 

Avanti Popolo

Sessões:  19h (quinta, segunda e quarta) / 18h (sábado, domingo e terça-feira)

Avanti1-CartazDireção: Michael Wahrmann

Drama | 72min | Brasil | Livre

Sinopse: Através do resgate de imagens Super-8mm captadas pelo seu irmão nos anos 70, André (André Gatti) tenta reavivar a memória do seu Pai (Carlos Reichenbach) que há 30 anos espera seu filho desaparecido.

 

 

Jogo das Decapitações

Sessões:  21h (quinta, segunda e quarta) / 20h (sábado, domingo e terça-feira)

JogodasDecapitações1_posterDireção: Sergio Bianchi

Drama | 96min | Brasil | 16 anos

Sinopse: Leandro, um jovem estudante pressionado a finalizar seu mestrado, realiza pesquisas a respeito da ditadura militar no Brasil. Nesse processo, ele se depara com obra do artista recém-falecido Jairo Mendes e parte em busca de seu único filme, Jogo das Decapitações, censurado pelo governo em 1973. Ao mesmo tempo em que vive as manifestações populares eclodindo nas capitais brasileiras, ele começa a sentir uma conexão maior com o artista.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.
Tel.: (62) 3201 – 4670

‘Avanti Popolo’ e o ‘Jogo das Decapitações’ estreiam no Cine Cultura nesta quinta (26)

Duas produções brasileiras entram em cartaz nesta quinta-feira, 26 de junho, no Cine Cultura. Trata-se do longa-metragem Avanti Popolo, já exibido em uma sessão única de pré-estreia com a presença do diretor Michael Wahrmann, que agora entra em cartaz, com exibição às 19 horas (segunda a sexta) e 18 horas (sábado e domingo), e o drama Jogo das Decapitações, o novo filme de Sergio Bianchi, com sessões às 21 horas (segunda a sexta) e às 20 horas (sábado e domingo).

Avanti Popolo

avanti2

Dirigido por Michael Wahrmann, o drama Avanti Popolo conta a história de André, que encontra uma série de películas Super 8mm, filmadas por seu irmão durante a ditadura militar da década de 1970. Com estas imagens, ele se lembra das histórias vividas por seu pai, um homem que até hoje espera pelo filho, desaparecido há cerca de 30 anos.

Avanti Popolo estreia no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e sábado e domingo às 18h. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

Jogo das Decapitações

jogodasde_f01cor_2013130597

Jogo das Decapitações tem direção de Sergio Bianchi e é protagonizado por Leandro (Fernando Alves Pinto), que tem 30 anos e pertence à classe média brasileira. Imaturo e cansado do trabalho, ele se envolve com uma pesquisa para o mestrado na qual passa a investigar as pessoas que desapareceram durante a ditadura militar. Em meio às buscas ele conhece a obra de Jairo Mendes, um artista controverso que faleceu em um presídio, por ter assassinado sua mulher. Logo Jairo torna-se uma forte influência para Leandro, especialmente o livro “Inverno nos Trópicos: Cartas, Memórias e Bombas”. Não demora muito para que ele inicie uma procura ao único filme dirigido por Jairo, “Jogo das Decapitações”, que foi censurado pelo regime militar e está desaparecido.

O Jogo das Decapitações entra em cartaz com sessões às 21h nos dias de semana, e sábado e domingo às 20h. Ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia).

 

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 26 de junho a 02 de julho

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670

 

Avanti Popolo

Sessões:  19h (segunda a sexta) / 18h (sábado e domingo)

Avanti1-CartazDireção: Michael Wahrmann

Drama | 72min | Brasil | Livre

Sinopse: Através do resgate de imagens Super-8mm captadas pelo seu irmão nos anos 70, André (André Gatti) tenta reavivar a memória do seu Pai (Carlos Reichenbach) que há 30 anos espera seu filho desaparecido.

 

 

Jogo das Decapitações

Sessões:  21h (segunda a sexta) / 20h (sábado e domingo)

JogodasDecapitações1_posterDireção: Sergio Bianchi

Drama | 96min | Brasil | 16 anos

Sinopse: Leandro, um jovem estudante pressionado a finalizar seu mestrado, realiza pesquisas a respeito da ditadura militar no Brasil. Nesse processo, ele se depara com obra do artista recém-falecido Jairo Mendes e parte em busca de seu único filme, Jogo das Decapitações, censurado pelo governo em 1973. Ao mesmo tempo em que vive as manifestações populares eclodindo nas capitais brasileiras, ele começa a sentir uma conexão maior com o artista.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.
Tel.: (62) 3201 – 4670
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.751 outros seguidores