Arquivo mensal: abril 2013

Cine Cultura estreia “Coração do Brasil” e “Infância Clandestina” nesta sexta, 26 de abril

O Cine Cultura traz para Goiânia, na próxima sexta-feira, 26 de abril, duas estreias, o longa brasileiro Coração do Brasil e o argentino Infância Clandestina. Os dois filmes permanecem em cartaz até o dia 02 de maio.

CORAÇÃO DO BRASIL

Coracao_do_Brasil - cartaz“Coração do Brasil” é um documentário que busca refletir sobre o atual estado das colônias indígenas e da floresta amazônica, 50 anos após a expedição capitaneada pelos Irmãos Villas Boas. A exibição do filme é uma espécie de homenagem a Aloysio Raulino, um dos maiores diretores de fotografia da história do cinema brasileiro, que faleceu no último dia 18. Fotógrafo de filmes como “O Homem que Virou Suco”, “O Prisioneiro da Grade de Ferro”, Serras da Desordem” e “Filmefobia”, Raulino é um dos principais nomes do cinema da retomada. “Coração do Brasil” é um de seu últimos trabalhos como fotógrafo. O filme entra em cartaz na primeira sessão da noite, de segunda a sexta às 19h e aos sábados, domingos e feriados às 17h30.

INFÂNCIA CLANDESTINA

roteiro-cinema-abre

“Infância Clandestina” é um longa argentino dirigido por Benjamín Ávila, vencedor de diversos prêmios internacionais como o de melhor direção no Festival de San Sebástian em 2011, além do prêmio de melhor roteiro no festival de Havana. O filme conta a história de Juan, garoto que leva uma vida clandestina fugindo da ditadura militar na Argentina de 1979. Sua vida muda quando ele conhece e se apaixona por Maria, sua colega de escola. Sonhando com voos mais altos ao seu lado, ele passa por cima das rígidas regras familiares para poder ficar mais tempo com ela. “Infância Clandestina” entra em cartaz na segunda sessão da noite, de segunda a sexta às 21h e aos sábados, domingos e feriados, às 19h30.

 

Serviço:

Cine Cultura – Estreias 26 de abril

Filmes:

Coração do Brasil, de Daniel Santiago – Sessões: 19h (de segunda a sexta) e 17h30 (sábados e domingos)

Infância Clandestina, Benjamín Ávila – Sessões: 21h (de segunda a sexta) e 19h30 (sábados e domingos)

 Em Cartaz: 26 de abril a 2 de maio

Ingressos: R$ 4,00 (meia) R$ 8,00 (inteira)

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marietta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201-4670

[Votação] Escolha qual filme quer assistir na sessão de encerramento da II Semira Mostra Mulheres no Cinema

Participe da enquete abaixo e escolha qual filme quer assistir na sessão de encerramento da segunda edição da Semira Mostra Mulheres no Cinema, que acontece às 20h da próxima quinta-feira, 25 de abril.

Sinopses dos filmes:

BAIXIO DAS BESTAS

baixio 3

Sinopse: Auxiliadora (Mariah Teixeira) é uma jovem de 16 anos explorada e mantida dentro de casa pelo avô Heitor (Fernando Teixeira) em um pequeno povoado na Zona da Mata pernambucana. Durante algumas noites, o avô leva a garota ao posto de gasolina para expô-la nua a troco de alguns reais. Na cidade, Everardo (Matheus Nachtergaele) e Cícero (Caio Blat) promovem orgias violentas na casa de Dona Margarida (Conceição Camarotti), onde moram algumas prostitutas. As vidas de todos se entrelaçam em um drama sobre a condição da mulher naquela região.

Direção: Cláudio Assis

A FALTA QUE ME FAZ

a_falta_que_me_faz_2009_f_005

Sinopse: Durante um inverno, rodeadas pela Serra do Espinhaço, um grupo de meninas vive o fim da juventude. Um romantismo impossível deixa marcas em seus corpos e na paisagem a seu redor. Em meio a conversas, obrigações e prazeres cotidianos, cada uma delas encontra uma maneira particular de contornar a solidão e enfrentar as incertezas de um futuro próximo.

Direção: Marília Rocha

JOGO DE CENA

05 Jogo De Cena Eduardo Coutinho 2007 Filme Movie Film Cinema Nacional Brasileiro Brazilian O Teatro Da Vida Fernanda Torres

Sinopse: Atendendo a um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram suas histórias de vida num estúdio. Em junho de 2006, 23 delas foram selecionadas e filmadas no Teatro Glauce Rocha, no Rio de Janeiro. Em setembro do mesmo ano, atrizes interpretaram, ao seu modo, as histórias contadas pelas personagens escolhidas.

Direção: Eduardo Coutinho

II Semira Mostra Mulheres no Cinema começa hoje no Cine Cultura

MOSTRA Semira2

Em parceria com a SEMIRA – Secretaria de Estado de Políticas para Mulheres e Promoção da Igualdade Racial – o Cine Cultura apresenta a partir de hoje, 22 de abril, até dia 25, a II Semira Mostra Mulher no Cinema, segunda edição do evento que busca discutir através do cinema, o papel e o lugar da mulher na sociedade contemporânea. Agora sob o recorte da perspectiva da mulher na sociedade brasileira, a Mostra busca revelar as nuances do feminino numa sociedade eminentemente patriarcal e machista, nos colocando diante de questões e problemas seminais da cultura brasileira.

 

Serão exibidos três filmes que trazem luz e sensibilidade à questão da mulher, nos dando uma dimensão mais próxima e palpável de uma realidade que permeia o cotidiano da mulher no Brasil. As sessões acontecem de segunda (22) à quinta (25) sempre as 20 horas. As três primeiras noites da Mostra terão debates seguidos das sessões e na última noite o filme exibido será resultado de votação internet.

PROGRAMAÇÃO

O primeiro filme da II Semira Mostra Mulher no Cinema é “Baixio das Bestas”, filme do diretor pernambucano Cláudio Assis que revela a história de duas mulheres que vivem em situação de violência numa cidade rural do interior nordestino. A primeira é explorada e obrigada pelo pai a se prostituir em postos de gasolina. A segunda se submete aos jovens playboys da cidade, sendo constantemente abusada e violentada por eles. É um retrato cru doloroso sobre a situação da mulher nos lugares mais escondidos do país. O filme de Cláudio Assis poderá ser visto hoje, segunda-feira, 22 de abril, as 20 horas. Após a sessão haverá debate.

O segundo filme a ser exibido é o documentário “A Falta que Me Faz” da diretora Marília Rocha. O filme traz um olhar sensível e despojado sobre as vidas e as histórias de quatro meninas que vivem numa pequena cidade cercada pela Cordilheira do Espinhaço no interior de Minas Gerais. Durante a semana elas vivem dias de amizade, angústias e contradições, sendo que nos finais de semana, se encontram nas festas de forró locais. Em meio à uma vida simples, elas se perguntam sobre histórias de amor, desejos e sonhos. O longa será exibido na terça-feira, dia 23, as 20 horas. Haverá debate após a sessão.

O terceiro título em exibição é “Jogo de Cena”, filme-documentário de Eduardo Coutinho.  Brincando com questões de encenação, o filme nos revela histórias de mulheres que passaram por grandes momentos de dor e sofrimento na vida através de narrativas formuladas por elas para a câmera de Coutinho, histórias que as vezes aparecem misturadas à interpretações de  atrizes famosas e desconhecidas do grande público. O documentário terá sessão seguida de debate na quarta-feira, 24 de abril, as 20 horas.

 _____________________________________________________________________

BAIXIO DAS BESTAS, de Cláudio Assis

(Sessão: segunda-feira, 22 de abril, 20h  – debate após a sessão)

baixio 3

Sinopse: Auxiliadora (Mariah Teixeira) é uma jovem de 16 anos explorada e mantida dentro de casa pelo avô Heitor (Fernando Teixeira) em um pequeno povoado na Zona da Mata pernambucana. Durante algumas noites, o avô leva a garota ao posto de gasolina para expô-la nua a troco de alguns reais. Na cidade, Everardo (Matheus Nachtergaele) e Cícero (Caio Blat) promovem orgias violentas na casa de Dona Margarida (Conceição Camarotti), onde moram algumas prostitutas. As vidas de todos se entrelaçam em um drama sobre a condição da mulher naquela região.

Diretor: Claudio Assis / Elenco: Caio Blat, Matheus Nachtergaele, Dira Paes, Mariah Teixeira, Fernando Teixeira, Marcélia Cartaxo, Hermila Guedes, Irandhir Santos. / Produção: Julia Moraes, Cláudio Assis / Roteiro: Claudio Assis, Hilton Lacerda / Fotografia: Walter Carvalho / Trilha Sonora: Pupillo / Duração: 80 min. / Ano: 2007 / País: Brasil / Gênero: Drama

Cor: Colorido / Distribuidora: Imovision / Classificação: 18 anos

 

A FALTA QUE ME FAZ, de Marília Rocha

(sessão: terça-feira, 23 de abril, 20 horas – debate após a sessão)

 meninas2

Sinopse: Durante um inverno, rodeadas pela Serra do Espinhaço, um grupo de meninas vive o fim da juventude. Um romantismo impossível deixa marcas em seus corpos e na paisagem a seu redor. Em meio a conversas, obrigações e prazeres cotidianos, cada uma delas encontra uma maneira particular de contornar a solidão e enfrentar as incertezas de um futuro próximo.

Gênero: Documentário / Direção: Marília Rocha  / Idioma: Português / Ano de produção: 2009  / País de produção: Brasil  / Duração: 85 min. / Distribuição: Lume Filmes / Cor: Colorido / Classificação indicativa: 12 anos

 

JOGO DE CENA, de Eduardo Coutinho

(sessão: quarta-feira, 24 de abril, 20 horas – debate após a sessão)

05 Jogo De Cena Eduardo Coutinho 2007 Filme Movie Film Cinema Nacional Brasileiro Brazilian O Teatro Da Vida Fernanda Torres

Sinopse: Atendendo a um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram suas histórias de vida num estúdio. Em junho de 2006, 23 delas foram selecionadas e filmadas no Teatro Glauce Rocha, no Rio de Janeiro. Em setembro do mesmo ano, atrizes interpretaram, ao seu modo, as histórias contadas pelas personagens escolhidas.

Gênero: Documentário / Diretor: Eduardo Coutinho / Produção: Raquel Freire Zangrandi, Bia Almeida / Roteiro: Eduardo Coutinho / Fotografia: Jacques Cheuiche / Duração: 104 min. / Ano: 2007 / País: Brasil / Cor: Colorido / Classificação indicativa: 14 anos

 

Em Cartaz: 22 a 25 de abril de 2013

Informações: 3201-4670

ENTRADA FRANCA

 

Cine Cultura exibe os inéditos “A Visitante Francesa” e “5 Câmeras Quebradas” de 12 a 21 de abril

O Cine Cultura estréia nesta sexta-feira dois lançamentos importantes do circuito exibidor nacional. O primeiro é o documentário Cinco Câmeras Quebradas que faz sua estréia nacional em Goiânia. O segundo é A Visitante Francesa, segundo filme do grande cineasta coreano Hong Sang Soo distribuído no Brasil.

5 Broken Cameras 5

Dirigido pelo palestino Emad Burnat e pelo israelense Guy Davidi, Cinco Câmeras Quebradas foi indicado ao Oscar de melhor documentário, e recebeu o prêmio de direção no festival de Sundance em 2012. Registra desde 2005, uma pequena cidade na Cisjordânia dividida por um muro, construído pelo governo israelense. Com o argumento oficial de proteger um povoado das redondezas, eles prepararam o terreno para a tomada de posse de 150 mil judeus israelenses. Mas o agricultor Emad, morador da região, decidiu armar-se de uma câmera e de formas pacíficas de protesto para tentar conservar suas terras. É sem sombra de dúvida uma dos mais assombrosos testemunhos já realizados pelo cinema. O filme entra em cartaz no horário das 18h30 durante a semana e no às 17h no sábados, domingos e feriados.

194753-5679_A-Visitante-Francesa

A Visitante Francesa, último filme de Hong Sang Soo, tem desta vez a presença da grande atriz francesa Isabelle Huppert no elenco. Filme concorreu à Palma de Ouro no festival de Cannes em 2012. Tendo como cenário uma praia nublada da costa sul-coreana, uma estudante de cinema escreve três histórias diferentes, porém todas elas vividas por uma francesa chamada Anne (Isabelle Huppert em papel triplo), que chega àquele lugar e se envolve de diferentes maneiras com personagens nativos. Na primeira situação Anne é uma diretora de cinema; na segunda ela é uma mulher casada que vai encontrar o amante na praia; e na terceira a vemos como uma mulher divorciada cujo ex-marido a trocou por uma coreana.

Serviço:

Cine Cultura – Estreias 12 de abril

Filmes:

– 5 Câmeras Quebradas, de Emad Burnat e Guy Davidi

– A Visitante Francesa, de Hong Sang Soo;

Em Cartaz: 12 a 21 de abril

Ingressos: R$ 4,00 (meia) R$ 8,00 (inteira)

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marietta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201-4670