Arquivo mensal: maio 2013

Cine Cultura estreia o longa canadense “O Que Traz Boas Novas” nesta sexta (31).

O drama brasileiro “O Que Se Move”, continua em cartaz até o dia 6 de junho.

Representante canadense na corrida pelo Oscar de filme estrangeiro em 2012, o drama “O que Traz Boas Novas”, de Philippe Falardeau, estreia nesta sexta-feira (31) no Cine Cultura.

lazhar_large

Vencedor de mais de 20 prêmios internacionais, o filme de Falardeau ultrapassa sua aparente simplicidade pela forma consistente com que elabora temas difíceis, como a discussão da morte no ambiente de uma escola primária. Uma das turmas dessa escola é abalada pelo suicídio de uma professora na própria classe. Diante da dificuldade de substituir a professora morta no meio do ano, a diretora (Danielle Proulx) aceita contratar um imigrante argelino, Bachir Lazhar, interpretado pelo ator Mohamed Fellag, que naquele momento luta para regularizar sai situação como refugiado no Canadá. O roteiro é uma adaptação da peça “Bashir Lazhar”, de Evelyne de la Chenelière.

O Que Traz Boas Novas entra em cartaz com sessões às 21:00 (de segunda a sexta) e 19:30 (aos sábados e domingos). A primeira sessão da noite continua sendo ocupada pelo drama brasileiro O Que Se Move, de Caetano Gotardo, com sessões às 19:00 (de segunda a sexta) e 17:30 (aos sábados e domingos.)

Programação completa do Cine Cultura: www.cineculturagoias.wordpress.com/programacao

 

Serviço:

ESTREIA – O QUE TRAZ BOAS NOVAS

Classificação Indicativa: 14 anos

Período em cartaz: 31 de maio a 13 de junho

Horários:

Segunda a sexta: 21h;

– Sábados e domingos: 19h30.

(Horários válidos para a semana de 31 de maio a 6 de junho.)

Ingressos: R$ 4,00 (meia) R$ 8,00 (inteira)

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marietta Telles, Praça Cívica, nº 2.


Anúncios

Cine Cultura estreia “Cores” e “O Que se Move” nesta sexta (17)

Na próxima sexta-feira, 17 de maio, entram em cartaz no Cine Cultura dois longas-metragens nacionais, o premiado “Cores”, dirigido por Francisco Garcia, e “O Que se Move”, primeiro longa do diretor paulistano Caetano Gotardo. Ambos ficam em cartaz até o dia 30 de maio.

Cores

cores

Filmado em preto e branco, o drama “Cores” mostra a história de três jovens comuns que se perdem facilmente na multidão de uma grande metrópole como São Paulo. Eles são o reflexo da própria juventude brasileira. Descrevendo a amizade entre estes três jovens urbanos, longe de moralismos ou teorias deterministas, o filme pretende apenas contar uma história e apontar suas contradições, em que o maior sintoma da sociedade contemporânea é a falta de perspectiva. “Cores” é fruto da parceria entre o produtor André Gevaerd e o diretor Francisco Garcia, sócios da Kinoosfera Filmes. 

O que se move

O QUE SE MOVE (2)

Primeiro longa-metragem de Caetano Gotardo, “O Que se Move” é um dos títulos mais impactantes da recente produção cinematográfica brasileira. O filme do diretor paulistano parece não ter medo dos excessos, se alia aos jogos de tempo para contar três estórias de tragédias cotidianas vividas por mães na cidade de São Paulo. “O Que se Move” se embrenha nos meandros do gênero e do espetáculo para subverter a lógica da dor da perda, nos colocando diante da gênese da tragédia como algo individual e intransferível. O longa tem no elenco Cida Moreira, Andrea Markee e Fernanda Vianna, tendo a última levado o prêmio de melhor atriz no Festival de Gramado em 2012. “O Que se Move” recebeu ainda o prêmio de melhor filme na “Semana dos Realizadores” no mesmo ano. 

Serviço:

Cine Cultura – Estreias 17 de maio

Filmes:

Cores, de Francisco Garcia – Sessões: 21h (de segunda a sexta) e 19h30 (sábados, domingos e feriados)

O Que se Move, Caetano Gotardo – Sessões: 19h (de segunda a sexta) e 17h30 (sábados, domingos e feriados)

Em Cartaz: 17 a 30 de maio

Ingressos: R$ 4,00 (meia) R$ 8,00 (inteira)

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marietta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201-4670

Cine Cultura estreia o documentário “Doméstica” nesta sexta (10).

O drama brasileiro “O Abismo Prateado”, continua em cartaz até o dia 16 de maio.

CartazUm dos documentários brasileiros mais premiados de 2013, Doméstica do diretor pernambucano Gabriel Mascaro, chega nesta sexta-feira (10) ao Cine Cultura. De uma sensibilidade rara, o documentário constrói com grande delicadeza e intensidade a realidade de algumas domésticas espalhadas pelo Brasil, mediadas pela câmera que é manuseada por adolescentes, filhos dos patrões das casas. Um filme seminal que revela chagas históricas ainda muito abertas no Brasil.

Doméstica é o filme de estreia da 2ª edição da Sessão Vitrine, que exibirá ao longo de 2013, filmes brasileiros premiados e que não chegariam tão facilmente às salas de cinema. Antes da exibição do longa será exibido o premiado curta brasileiro Porcos Raivosos, dirigido por Leonardo Sette e Isabel Penoni, exibido na Quinzena dos Realizadores em Cannes em 2012.

Doméstica entra em cartaz nesta sexta com sessões às 21:00 (de segunda a sexta) e 19:30 (aos sábados e domingos). A primeira sessão da noite continua sendo ocupada pelo filme brasileiro O Abismo Prateado, que a partir de sexta passa a ser exibido apenas na primeira sessão da noite, com sessões às 19:00 (de segunda a sexta) e 17:30 (aos sábados e domingos.) Os dois filmes continuam em cartaz no Cine Cultura até o dia 16 de maio.

Serviço:

ESTREIA – DOMÉSTICA

Período em cartaz: 10 a 16 de maio

Horários:

Segunda a sexta: 21h;

– Sábados e domingos: 19h30.

Ingressos: R$ 4,00 (meia) R$ 8,00 (inteira)

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marietta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201-4670

‘O Abismo Prateado’ estreia nesta sexta (03), no Cine Cultura.

O ABISMO PRATEADO - 01

Nesta sexta, 03 de maio, estreia no Cine Cultura o filme nacional O Abismo Prateado, dirigido pelo cineasta cearense Karim Aïnouz (O Céu de SuelyMadame Satã). O longa protagonizado por Alessandra Negrini é uma adaptação livremente baseada na música “Olhos nos Olhos”, de Chico Buarque.

Quarto longa-metragem do diretor cearense Karim Aïnouz, o filme conta um dia na vida da dentista Violeta (Alessandra Negrini), que, logo após se mudar para um apartamento em Copacabana, com seu filho adolescente e seu marido, vê sua rotina se desmoronar após descobrir, por meio de uma mensagem deixada na secretária do celular, que o marido a deixou.

O Abismo Prateado entra em cartaz nesta sexta ocupando as duas sessões diárias do Cine Cultura até o dia 9 de maio, com sessões às 19h e 21 (de segunda a sexta) e 17h30 e 19h30 (aos sábados e domingos). A partir do dia 10, o filme passa a ser exibido apenas na primeira sessão.

O filme Doméstica, previsto para entrar em cartaz no Cine Cultura nesta sexta, teve sua estreia adiada para o dia 10 de maio. O filme entrará em cartaz na segunda sessão da noite e seguirá em cartaz até o dia 16 de maio.

Acesse o link para conferir a programação completa: https://cineculturagoias.wordpress.com/programacao/

 

Serviço:

ESTREIA – O ABISMO PRATEADO

Período em cartaz: 03 a 16 de maio

Horários:

Segunda a sexta: 19h e 21h;

– Sábados e domingos: 17h30 e 19h30.

(Horários válidos para a semana de 03 a 09 de maio).

Ingressos: R$ 4,00 (meia) R$ 8,00 (inteira)

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marietta Telles, Praça Cívica, nº 2.