Arquivo mensal: maio 2015

Cine Cultura realiza a estreia de ‘Até que a Sbórnia nos Separe’ e a pré-estreia do filme ‘Permanência’

O Cine Cultura, da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) estreia nesta quinta-feira, 28/5, o longa-metragem Até Que a Sbórnia Nos Separe, dos diretores Otto Guerra e Ennio Torresan Jr, com sessões às 19 horas (dias de semana) e 16 horas (sábado e domingo). E para quem não assistiu, ainda dá tempo de conferir o drama de Arthur Bispo do Rosário no filme Senhor do Labirinto, dirigido por Geraldo Motta, que continua em cartaz por mais uma semana, nas sessões das 21 horas (dias de semana) e 18 horas (sábado e domingo).

Excepcionalmente neste sábado e domingo (30 e 31/5), o cinema abre espaço para a pré-estreia do longa Permanência, de Leonardo Lacca, com exibição às 20 horas. O ingresso do Cine Cultura custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia). Entrada gratuita para pessoas acima de 60 anos.

Até que a Sbórnia nos Separe

O longa de animação Até que a Sbórnia nos separe conta a história de um pequeno país que sempre viveu isolado do resto do mundo, cercado por um grande muro que não permite o contato com os vizinhos. Um dia, no entanto, um acidente leva à queda do muro, e logo os sbornianos começam a descobrir os costumes modernos. Dois músicos locais, Kraunus (Hique Gomez) e Pletskaya (Nico Nicolaiewsky), observam as reações de seus conterrâneos: enquanto alguns adotam rapidamente a cultura estrangeira, outros preferem reafirmar as tradições sbornianas e resistir ao imperialismo.
‘Até que a Sbórnia nos Separe’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e às 16h no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 12 anos.

Senhor do Labirinto

O drama Senhor do Labirinto revela a arte e a loucura do sergipano Arthur Bispo do Rosário (Flávio Bauraqui), artista plástico esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo era restritivo quanto aos que poderiam se aproximar de seu “universo”.

Com a simpatia de funcionários da instituição, especialmente de Wanderley (Irandhir Santos), o artista tinha acesso a agulhas, tesouras, ferramentas e tudo o que precisasse para fazer seus mantos, bordados e assemblages. Suas criações são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália.
O ‘Senhor do Labirinto’ continua em cartaz no Cine Cultura por mais uma semana, passando a ser exibido às sessões às 21h nos dias de semana, e às 18h no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 12 anos.
Permanência [Pré-estreia]

‘Permanência’ conta a história de Ivo (Irandhir Santos), um fotográfo pernambucano que viaja a São Paulo para fazer sua primeira exposição individual. Ele aceita o convite da ex-namorada Rita (Rita Carelli) para se hospedar na casa dela. Mas hoje, Rita já está casada com outro homem, e Ivo também deixou um amor em sua cidade natal. A proximidade entre eles desperta sentimentos antigos.

‘Permanência’ tem duas sessões de pré-estreia, somente no sábado e domingo, com sessões às 20 horas. O filme não é recomendado para menores de 14 anos.

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 28 de maio a 03 de junho

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia / Acima de 60 anos não pagam

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


Até que a Sbórnia nos Separe [Estreia]

Sessões:  19h (dias de semana); 16h (sábado e domingo)

Direção: Otto Guerra e Ennio Torresan Jr

Animação/Comédia | 85min | Brasil | Classificação: 10 anos

Sinopse: Sbornia é um pequeno país que sempre viveu isolado do resto do mundo, cercado por um grande muro que não permite o contato com os vizinhos. Um dia, no entanto, um acidente leva à queda do muro, e logo os sbornianos começam a descobrir os costumes modernos. Dois músicos locais, Kraunus (Hique Gomez) e Pletskaya (Nico Nicolaiewsky), observam as reações de seus conterrâneos: enquanto alguns adotam rapidamente a cultura estrangeira, outros preferem reafirmar as tradições sbornianas e resistir ao imperialismo.

Senhor do Labirinto

Sessões:  21h (dias de semana); 18h (sábado e domingo)

Direção: Geraldo Motta

Drama | 82min | Brasil | Classificação: 12 anos

Sinopse:  O longa revela a arte de Arthur Bispo do Rosário (Flávio Bauraqui), sergipano esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Suas criações, como mantos e bordados, são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo era restritivo quanto aos que poderiam adentrar em sua “terras”, como aconteceu com o guarda Wanderley (Irandhir Santos), um de seus convidados de sempre.

Permanência [Pré-Estreia]

Sessões:  20h (somente sábado e domingo)

Direção: Leonardo Lacca

Drama | 91min | Brasil | Classificação: 14 anos

Sinopse:  Ivo (Irandhir Santos) é um fotográfo pernambucano que viaja a São Paulo para fazer sua primeira exposição individual. Ele aceita o convite da ex-namorada Rita (Rita Carelli) para se hospedar na casa dela. Mas hoje, Rita já está casada com outro homem, e Ivo também deixou um amor em sua cidade natal. A proximidade entre eles desperta sentimentos antigos.

Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura estreia duas produções nacionais nesta quinta-feira

O Cine Cultura, da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), estreia nesta quinta-feira, 21 de maio, o longa nacional Senhor do Labirinto, do cineasta pernambucano Geraldo Motta e codireção de Gisella de Mello, com sessões às 19 horas nos dias de semana e às 17 horas (sábado e domingo).

Também entra em cartaz na sala o documentário brasileiro Um Sonho Intenso, dirigido por José Mariani, com exibição às 21 horas nos dias de semana e às 19 horas (sábado e domingo). O ingresso custa R$ 8 (inteira) e R$4 (meia). Pessoas acima de 60 anos têm acesso livre.

Atenção: Nesta sexta-feira, 22, o Cine Cultura recebe a mesa redonda “Discos de vinil: a força do analógico no século XXI” com a presença de Alexandre Perini e Márcio Jr no debate. A atividade é parte da programação da 13ª Semana de Museus. Neste dia, não serão exibidos os filmes o Senhor do Labirinto e Um Sonho Intenso.

Senhor do Labirinto

O drama Senhor do Labirinto revela a arte e a loucura do sergipano Arthur Bispo do Rosário (Flávio Bauraqui), artista plástico esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo era restritivo quanto aos que poderiam se aproximar de seu “universo”.
Com a simpatia de funcionários da instituição, especialmente de Wanderley (Irandhir Santos), o artista tinha acesso a agulhas, tesouras, ferramentas e tudo o que precisasse para fazer seus mantos, bordados e assemblages. Suas criações são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália.
O ‘Senhor do Labirinto’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e às 17h no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 12 anos.

Um Sonho Intenso

A história social e econômica do Brasil dos anos 30 aos dias de hoje é tema do filme Um Sonho Intenso. Na trama, economistas e historiadores, políticos, técnicos e educadores discutem os avanços socioeconômicos do país e analisam os principais erros e acertos do processo de industrialização nacional, indo a fundo às origens do subdesenvolvimento.

O documentário ‘Um Sonho Intenso’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 21 horas nos dias de semana, e às 19 horas no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 10 anos.

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 21 a 27 de maio de 2015

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia / Acima de 60 anos não pagam

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


Senhor do Labirinto [Estreia]

Sessões:  19h (dias de semana) / 17h (sábado e domingo)

Direção: Geraldo Motta

Drama | 82min | Brasil | Classificação:  12 anos

Sinopse:  O longa revela a arte de Arthur Bispo do Rosário (Flávio Bauraqui), sergipano esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Suas criações, como mantos e bordados, são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo era restritivo quanto aos que poderiam adentrar em sua “terras”, como aconteceu com o guarda Wanderley (Irandhir Santos), um de seus convidados de sempre.

Um Sonho Intenso [Estreia]

Sessões:  21h (segunda a sexta); 19h (sábado e domingo)

Direção: José Mariani

Documentário | 102min | Brasil | Classificação:  10 anos

Sinopse:  Renomados economistas e historiadores discutem os avanços socioeconômicos do país e analisam os principais erros e acertos do processo de industrialização nacional, indo a fundo nas origens do subdesenvolvimento.

Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

A Vida Privada dos Hipopótamos e Noites Brancas no Píer continuam em cartaz no Cine Cultura

O documentário brasileiro A Vida Privada dos Hipopótamos, dos diretores Maíra Bühler e Matias Mariani, e a produção francesa Noites Brancas no Píer, de Paul Vecchiali, continuam em cartaz nesta semana, de 14 a 20 de maio, no Cine Cultura, unidade da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce Goiás).

Os longas serão exibidos às 19 e 21 horas, respectivamente, de segunda a sexta-feira, e às 18h30 e 20h30 aos sábados e domingos. O ingresso custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia). Pessoas acima de 60 anos têm acesso livre.

A Vida Privada dos Hipopótamos

O filme A Vida Privada dos Hipopótamos tem como personagem central um técnico de informática americano entediado, que se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês e de uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições.
‘A Vida Privada dos Hipopótamos’ continua em cartaz no Cine Cultura passando a ser exibido às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 12 anos.

Noites Brancas no Píer

Baseado na obra de Fiódor Dostoiévski, o filme Noites Brancas no Píer, de Pauli Vecchialli, revive a trajetória de Fédor (Pascal Cervo), que tem aproveitado seu ano sabático em uma cidade portuária. Todas as noites ele passa pelo píer e é lá que ele conhece Natacha (Astrid Adverbe), que aguarda ansiosamente o retorno do amor de sua vida. Mas, nesses encontros, os dois acabam se apaixonando e é justamente nesse período que o homem por quem a mulher espera, reaparece.

‘Noites Brancas no Píer’ continua em cartaz no Cine Cultura com sessões às 21h nos dias de semana, e às 20h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 10 anos.

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 14 a 20 de maio de 2015

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia / Acima de 60 anos não pagam

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


A Vida Privada dos Hipopótamos

Sessões:  19h (segunda a sexta); 18h30 (sábado e domingo)

Direção: Maíra Bühler e Matias Mariani

Documentário | 91 min | Brasil | Classificação: 12 anos

Sinopse:  Um técnico de informática americano e entediado se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês, e uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições. O que seria facilmente a trama de um filme de ficção é a história de Christopher Kirk, preso em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Uma história que ele conta obsessivamente e que pode ter a ver, ou não, com sua prisão.

Sessões:  21h (segunda a sexta); 20h30 (sábado e domingo)

Direção: Paul Vecchiali

Drama | 94 min | França | Classificação: 10 anos

Sinopse:  No píer de uma cidade portuária, uma jovem mulher espera o homem de sua vida. Todos os dias, um homem, que está passando por um período sabático, caminha pela região. Ao longo de quatro noites, eles conversam, até que ele se apaixona por ela.

 

Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura estreia três longas metragens nesta semana

O Cine Cultura, unidade da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) estreia nesta quinta-feira, 7 de maio, o documentário brasileiro A Vida Privada dos Hipopótamos, dos diretores Maíra Bühler e Matias Mariani, e as produções francesas Um Jovem Poeta, de Damien Manivel, e Noites Brancas no Píer, de Paul Vecchiali.

Os longas serão exibidos às 17, 19 e 21 horas, respectivamente, de segunda a sexta-feira, e às 16h30, 18h30 e 20h30 aos sábados e domingos. O ingresso custa R$8 (inteira) e R$4 (meia). Pessoas acima de 60 anos têm acesso livre.

A Vida Privada dos Hipopótamos

O filme A Vida Privada dos Hipopótamos tem como personagem central um técnico de informática americano entediado, que se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês e de uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições.
‘A Vida Privada dos Hipopótamos’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 17h nos dias de semana, e às 16h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 12 anos.

Um Jovem Poeta

A trama de Um Jovem Poeta fala de Rémi, um jovem recém saído da adolescência, que sonha em se tornar um grande poeta e emocionar e mudar o mundo com seus versos. Ele decide buscar inspiração na cidade de Sète, mas com tantos lugares para conhecer, ele não sabe por onde começar.

‘Um Jovem Poeta’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 12 anos.

Noites Brancas no Píer

Baseado na obra de Fiódor Dostoiévski, o filme Noites Brancas no Píer, de Pauli Vecchialli, revive a trajetória de Fédor (Pascal Cervo), que tem aproveitado seu ano sabático em uma cidade portuária. Todas as noites ele passa pelo píer e é lá que ele conhece Natacha (Astrid Adverbe), que aguarda ansiosamente o retorno do amor de sua vida. Mas, nesses encontros, os dois acabam se apaixonando e é justamente nesse período que o homem por quem a mulher espera, reaparece.

‘Noites Brancas no Píer’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 21h nos dias de semana, e às 20h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 10 anos.

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 07 a 13 de maio de 2015

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia / Acima de 60 anos não pagam

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


A Vida Privada dos Hipopótamos [Estreia]

Sessões:  17h (segunda a sexta); 16h30 (sábado e domingo)

Direção: Maíra Bühler e Matias Mariani

Documentário | 91 min | Brasil | Classificação: 12 anos

Sinopse:  Um técnico de informática americano e entediado se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês, e uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições. O que seria facilmente a trama de um filme de ficção é a história de Christopher Kirk, preso em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Uma história que ele conta obsessivamente e que pode ter a ver, ou não, com sua prisão.

Um Jovem Poeta [Estreia]

Sessões:  19h (segunda a sexta); 18h30 (sábado e domingo)

Direção: Damien Manivel

Comédia/Aventura | 71 min | França | Classificação: 12 anos

Sinopse:  Recém saído da adolescência, Rémi (Rémi Taffanel) sonha em se tornar um grande poeta e emocionar e mudar o mundo com seus versos. Ele decide buscar inspiração na cidade de Sète, e já tem tudo preparado – papel e caneta na mão. Mas com tantas lugares para conhecer, ele não sabe por onde começar.

Noites Brancas no Píer [Estreia]

Sessões:  21h (segunda a sexta); 20h30 (sábado e domingo)

Direção: Paul Vecchiali

Drama | 94 min | França | Classificação: 10 anos

Sinopse:  No píer de uma cidade portuária, uma jovem mulher espera o homem de sua vida. Todos os dias, um homem, que está passando por um período sabático, caminha pela região. Ao longo de quatro noites, eles conversam, até que ele se apaixona por ela.

 

Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670