Arquivo mensal: fevereiro 2016

Março de 2016 é um mês de cinema brasileiro no Cine Cultura

Programação mensal 2016-03.001

Alguns dos mais importantes filmes do cinema brasileiro recente estarão em cartaz no Cine Cultura nesse mês de março de 2016. Além disso, receberemos um dos mais importantes eventos acadêmicos do campo do audiovisual em Goiás, a Semana do Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás, e o lançamento de um documentário de curta-metragem de produção local, como parte do espaço que reservamos ao estímulo ao debate sobre cinema em Goiás.


Filme: A Vizinhança do Tigre
Período: 25/02 a 16/03
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

De 1º a 16 de março, A Vizinhança do Tigre (2016) permanece em cartaz. O premiado filme de Affonso Uchoa, que estreou no dia 25/02, aborda as vidas dos jovens Juninho (Aristides de Souza), Eldo (Eldo Rodrigues), Adilson (Adilson Cordeiro), Menor (Maurício Chagas) e Neguinho (Wederson Patrício), que são moradores da periferia de Contagem e vivem divididos entre o trabalho e a diversão, o crime e a esperança. Para sobreviver à luta de cada dia, eles terão que domar o tigre que mora dentro de si.

Drama/documentário, Affonso Uchoa, Brasil, 2016, 1h35, classificação a definir

Confira o trailer:


Filme: Em Três Atos
Período: 03 a 09/03
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

O filme Em Três Atos (2015), dirigido por Lúcia Murat e já exibido na semana de 28/01 a 03/02, volta a entrar em cartaz por mais uma semana, entre os dias 03 e 09 de março. Ficção, documentário e literatura se mesclam neste filme. Andréa Beltrão e Nathália Timberg narram textos de Simone de Beauvoir enquanto Maria Alice Poppe e Angel Vianna dão vida a duas bailarinas, uma no auge da carreira e outra aos 85 anos, que ensaiam passos de dança contemporânea sob uma atmosfera que narra os processos de vida e morte e o encarar da velhice.

Drama/documentário, Lúcia Murat, Brasil, 2015, 1h16, classificação 10 anos

Confira o trailer:


Filme: Beira-Mar
Período: 10 a 23/03
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

Entre 10 e 23 de março, Beira-Mar (2015), de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, aborda a história de Martin e Tomaz, que viajam para o litoral gaúcho. Martin precisa encontrar um documento para o pai na casa de parentes, e Tomaz decide acompanhá-lo. Os dois acabam abrigando-se em uma casa de vidro à beira-mar, a fim de fugir da rejeição familiar de Martin e da estranha distância que surgiu entre os dois.

Drama, Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, Brasil, 2015, 1h23, classificação 14 anos

Confira o trailer


Filme: Invasores
Período: 17 a 30/03
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

O filme de Marcelo Toledo que fica em cartaz de 17 a 30 de março narra a história de Claudia, que tem 17 anos e mora em Perus, na periferia de São Paulo. Aluna de piano em um curso de musicalização para jovens sem recursos, decide estudar musica na USP. Sem um instrumento para ensaiar, conta com a ajuda de seu namorado Nilson, membro de um grupo de pichadores.

Drama, Marcelo Toledo, Brasil, 2016, 1h22, classificação 14 anos


Filme: Olmo e a Gaivota
Período: 24/03 a 06/04
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

O documentário Olmo e a Gaivota (2014), de  Petra Costa e Lea Glob, entra em cartaz dia 24 de março e segue até o dia 06 de abril. No filme, Olívia é uma atriz que está ensaiando a peça “A Gaivota”, de Anton Tchekov, quando descobre que está grávida. Enquanto a produção avança, o bebê dentro dela cresce e um acidente a afasta da montagem, que tem seu companheiro como protagonista. De repouso em casa por semanas, ela lida com as bruscas mudanças em sua rotina, seu corpo e sua vida em geral.

Documentário, Petra Costa e Lea Glob, Brasil/França/Dinamarca/Portugal, 2015, 1h25, classificação 12 anos

Confira o trailer:


Filme: Ela Volta na Quinta
Período: 31/03 a meados de abril
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

A estreia do último dia de março, que segue em cartaz até meados de abril, é o filme Ela Volta na Quinta (2014), de André Novais Oliveira. O filme conta a história de Maria José e Norberto, casal que vive há 35 anos juntos, na cidade de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Bastante desgastado pelo tempo, o relacionamento dos dois se encontra em crise. Maria José, mesmo com problemas de saúde, resolve fazer uma viagem para Aparecida do Norte, como forma de pensar se o divórcio é mesmo a solução.

Confira o trailer:


Evento: primeiro dia da V Semana do Audiovisual da UEG
Data: 14/03

A SAU – Semana do Audiovisual é um projeto de extensão do Curso de Cinema e Audiovisual da UEG – Universidade Estadual de Goiás, Campus Laranjeiras em Goiânia.
O evento visa a promover a discussão acadêmica e artística sobre os meandros da produção audiovisual, local e nacional. A Semana do Audiovisual – SAU já discutiu sobre diferentes temas, trazendo convidados de diferentes áreas do campo do cinema e do audiovisual como pesquisadores, artistas e profissionais do mercado cinematográfico.

A programação do dia 14/03 ocorrerá no Cine Cultura, conforme os seguintes horários:

16h a 18h30
Palestra de abertura:
A ressonância das imagens: hibridismos entre documentário e novas tecnologias
Palestrante: Dra. Kênia Freitas (UCB)

18h30 a 19h
Intervalo

19h a 22h
Mostra de cinema da Semana: O curta-metragem de ficção
Mesa: A direção cinematográfica, experimentação e realização
Diretores convidados: Benedito Ferreira, Getúlio Ribeiro, Jarleo Barbosa, Maurélio Toscano

Mais informações sobre o evento: http://sau.audiovisual.ueg.br/


Evento: lançamento do curta documental Mademoiselle do Rap
Data: 21/03
Horário: 19h a 21h

O filme conta um pouco da vida e trajetória de Luiz César Pereira, a Lulu Monamour, nos cenários do Rap goiano e nacional. Com suas letras reativas, Lulu, que se autointitula o primeiro rapper assumidamente gay do Brasil, canta contra a homofobia e machismo presentes não só no Rap, mas na sociedade de uma forma geral.

O projeto participou do Laboratório de Roteiros de Documentários realizado pela ABD Goiás durante o FICA 2014. A obra, dirigida por Raphael Gustavo da Silva, é uma realização da É Nóis Ki Tá Produções em parceria com a Kam Filmes e tem o patrocínio da Complem, apoio institucional da Seduce – Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte, e Governo de Goiás por meio da Lei Goyazes.

Durante as filmagens do documentário, também foi gravado o videoclipe intitulado Autodefesa parte II, dirigido por Prettu Joe, que você pode conferir abaixo:

 

 

Anúncios