Arquivo mensal: abril 2016

Em maio, dois festivais e muitos bons filmes vêm para o Cine Cultura

Programação mensal 2016-05.001

Imagem atualizada depois do cancelamento do evento anteriormente previsto para 09/05, dia em que está confirmada, dessa forma, a programação regular.

Na programação do mês de maio, o Cine Cultura recebe excelentes filmes nacionais e estrangeiros, tanto em suas sessões regulares quanto no I Festival Internacional da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (DIGO), que ocorre de 13 a 15/05, e na 12ª Semana da Europa, de 19 a 25/05. Também receberemos o lançamento do curta-metragem goiano Vidas de Rose (2016), de Jake Vieira, no dia 09/05. Confira abaixo as informações detalhadas, programe-se e venha prestigiar o bom cinema no centro de Goiânia!


Filme: O Cheiro da Gente (2015)
Período: 28/04 a 11/05; 26/05 a 08/06
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

O fotógrafo e artista Larry Clark acompanha momentos da vida de um grupo de seis jovens parisienses, seus encontros entre o Museu de Arte Moderna e o Palais de Tokyo e suas festas repletas de sexo, drogas e rock‘n’roll. As relações desses jovens com suas famílias, com o consumo, com o sexo e os relacionamentos, com a internet e a prostituição. Vinte anos após realizar Kids, Larry Clark volta a fazer um filme sobre a juventude, seus atos de ingenuidade, suas confusões e erros, e seus sentimentos de incompreensão e solidão.

Drama, Larry Clark, França, 2015, 1h28, classificação 18 anos

Confira o trailer:


Filme: Teobaldo Morto, Romeu Exilado (2014)
Período: 28/04 a 18/05 (exceto 13, 14 e 15/05, devido ao I DIGO)
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

No filme de Rodrigo de Oliveira, João é um músico de 32 anos que opta pelo isolamento numa propriedade no interior do Brasil após Flora, sua mulher grávida, romper com ele. Depois de três meses, quando finalmente parece estar pronto para reparar seus erros junto a Flora e acompanhar o parto de seu filho, João é surpreendido pela misteriosa visita de Max, seu melhor amigo, há muitos anos desaparecido e dado como morto.

Drama, Rodrigo de Oliveira, Brasil, 2014, classificação 14 anos, 1h58

Confira o trailer:


Filme: Yorimatã (2014)
Período: 12 a 18/05 (nos dias 13, 14 e 15 o filme participa do I DIGO); 26/05 a 01/06

Em Yorimatã, acompanhamos duas mulheres que, em meio ao movimento hippie dos anos 70, se unem pelo sonho de liberdade. Luhli e Lucina vivem em seu cotidiano criativo de uma comunidade alternativa a experimentação musical radical. Elas se tornam pioneiras no cenário independente brasileiro. Com cerca de 800 composições, do violão aos tambores artesanais que constroem e tocam, dizem não às gravadoras e mergulham na umbanda e na criação artística. Seu companheiro de um relacionamento em trisal, o fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca, registra tudo em filmes super 8mm que, unidos a registros de shows por artistas independentes e a filmagens atuais, recriam seu universo espírito-musical, num filme sobre a liberdade e a busca das raízes primitivas culturais brasileiras.

Documentário/Experimental, Rafael Saar, Brasil, 2014, classificação 10 anos, 1h56

Confira o trailer:


ATENÇÃO: EVENTO CANCELADO

Evento: Lançamento do curta-metragem Vidas de Rose (2016), de Jake Vieira
Data: 09/05
Horário: 19h

 


Evento: I Festival Internacional da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (DIGO)
Período: 13 a 15/05

O I DIGO tem por objetivo estimular e promover a conscientização do público, no que tange o respeito integral aos direitos humanos e a inclusão das minorias. O evento é pioneiro no centro-oeste brasileiro e articula audiovisual, educação e tecnologias para ampliar o universo da expressão e da percepção estética da diversidade brasileira, propondo abordar não só a sexualidade, mas incorporar o sentido de quem são estas pessoas e quais são os seus dramas. Nos 3 dias do DIGO ocorrerão mostras paralelas e competitivas. Somente os filmes escolhidos pelo júri oficial e júri popular receberão o troféu DIGO. Ainda está prevista a realização de debates, após a exibição dos filmes para dialogarmos com as temáticas que envolvam a diversidade sexual e a de gênero.

Confira a programação geral na imagem abaixo ou acesse diretamente o site do festival.

I DIGO Programação Geral.png


Evento: 12ª Semana da Europa
Período: 19 a 25/05

A Semana da Europa, uma promoção da EUNIC Brasil – Associação dos Institutos Culturais e Embaixadas de países da União Europeia – e da Delegação da União Europeia no Brasil, chega à sua 12ª edição com uma ampla programação cultural distribuída em onze capitais brasileiras. De abril a julho, o público poderá acompanhar concertos de música clássica e popular, eventos acadêmicos, exposições, o Festival de Cinema Europeu, e – somente em Brasília – o tradicional Bazar Europeu e a Corrida União Europeia. Leia mais no site do evento.

A programação diversificada do Festival de Cinema Europeu que ocorre no contexto da 12ª Semana da Europa inclui dois debates. O primeiro ocorre com Nilo Borges depois da sessão do documentário Só o melhor para o nosso filho (Paises Baixos, 2014, 87 minutos; título original: Het beste voor Kees), de Monique Nolte, na quinta-feira, 19/05, com início do filme às 18h30. No filme de Nolte, Kees tem 49 anos, é autista e ainda mora com seus pais. O amor deles de a Kees a possibilidade de desenvolver como um adulto relativamente independente. Mas o que acontecerá quando os pais do Kees, agora com 80 e 83 anos, não puderem mais cuidar dele? A cineasta Monique Nolte acompanha as tentativas dos pais do Kees de criar um futuro perfeito para seu filho autista.

O segundo debate ocorre com Ricardo Roqueto na segunda-feira, 23/05, depois da sessão do filme Hope (França, 2014, 86 minutos), de Lojkine Boris. Nesse drama francês, Léonard salva Hope da morte em pleno deserto do Saara. Ele é camaronês, ela nigeriana, e os dois desejam abandonar a África e alcançar a Europa. Defendendo-se dos perigos da área hostil, eles firmam uma parceria que logo evolui para romance. O filme foi premiado na Semana da Crítica no Festival de Cannes 2014 e recebeu também o Prêmio da Crítica no Festival de Hamburg.

Anúncios