Arquivo mensal: novembro 2016

Programação de 24 a 30 de novembro

lampiao_cartaz

Programação de 24 a 28 de novembro

Com a estreia de LAMPIÃO DA ESQUINA, documentário sobre “Lampião”, jornal de temática LGBTT publicado em plena época da ditadura, esta semana teremos três filmes em cartaz até o dia 28/11:
 
– LAMPIÃO DA ESQUINA: às 16h30 (segunda a sexta) e 15h30 (sábado, domingo e feriado).
 
– CINEMA NOVO: às 18h30 (segunda a sexta) e 17h30 (sábado, domingo e feriado).
 
– O SILÊNCIO DO CÉU: às 20h30 (segunda a sexta) e 19h30 (sábado, domingo e feriado).
 
***
 

Dias 29/11 e 30/11

entre_os_homens_de_bem

E nos dias 29/11 e 30/11 teremos a mostra audiovisual do SEJA – I Encontro da Diversidade Sexual e de Gênero no Audiovisual (entrada gratuita) a partir das 19h, de modo que a programação ficará assim:

 
– LAMPIÃO DA ESQUINA: às 16h30 (segunda a sexta) e 15h30 (sábado, domingo e feriado).
 
 
***
 
SINOPSES:
 
– “Lampião da Esquina” (documentário, 85 min): Brasil,1978. Em plena ditadura, um grupo de jornalistas e escritores do Rio e de São Paulo cria o jornal “Lampião”, retratando o ponto de vista dos homossexuais sobre diversas questões, inclusive a sexualidade.
 
– “Cinema Novo” (documentário, 90 minutos): Um ensaio poético que investiga um dos principais movimentos cinematográficos latino-americanos, através do pensamento e fragmentos de filmes dos seus principais autores. O filme mergulha na aventura da criação de uma geração de cineastas que inventou uma nova forma de fazer cinema no Brasil – a partir de uma atitude política que juntava arte e revolução – e que tinha como desejo um cinema que tomasse as ruas e fosse ao encontro do povo brasileiro.
 
– “O Silêncio do Céu” (ficção, 102 minutos): Após ser vítima de um estupro dentro de sua própria casa, Diana escolhe manter o trauma em segredo. Mario, seu marido, também tem algo a esconder. O silêncio que toma conta do casal ao longo dos dias se transforma, aos poucos, em uma peculiar forma de violência.
***
Ingresso valor amigo: R$8 inteira / R$4 meia

Estreias de O SILÊNCIO DO CÉU e CINEMA NOVO

silenciodoceu_cartaz

>>> Programação de 17 a 23 de novembro <<<

– O SILÊNCIO DO CÉU: às 18h30 (segunda a sexta) e 17h30 (sábado, domingo e feriado)

– CINEMA NOVO: às 20h30 (segunda a sexta) e 19h30 (sábado, domingo e feriado)

***

São duas estreias esta semana: O Silêncio do Céu, novo filme de Marco Dutra (diretor de TRABALHAR CANSA e QUANDO EU ERA VIVO) e protagonizado por Carolina Dieckmann e Leonardo Sbaraglia.

E Cinema Novo – Filme, de Eryk Rocha (filho de Glauber), um belo documentário-tributo sobre o mais importante movimento cinematográfico brasileiro. O filme foi o vencedor do Olho de Ouro no Festival de Cannes deste ano, prêmio concedido ao melhor documentário do festival.

***

Sinopses:

– O SILÊNCIO DO CÉU (102 minutos): Após ser vítima de um estupro dentro de sua própria casa, Diana escolhe manter o trauma em segredo. Mario, seu marido, também tem algo a esconder. O silêncio que toma conta do casal ao longo dos dias se transforma, aos poucos, em uma peculiar forma de violência.

– CINEMA NOVO (90 minutos): Um ensaio poético que investiga um dos principais movimentos cinematográficos latino-americanos, através do pensamento e fragmentos de filmes dos seus principais autores. O filme mergulha na aventura da criação de uma geração de cineastas que inventou uma nova forma de fazer cinema no Brasil – a partir de uma atitude política que juntava arte e revolução – e que tinha como desejo um cinema que tomasse as ruas e fosse ao encontro do povo brasileiro.

***

Ingresso valor amigo: R$8 inteira / R$4 meia

Programação de 10 a 16 de novembro

10-16-novembro
>>> Programação de 10 a 16 de novembro <<<
 
MATE-ME POR FAVOR e AQUARIUS permanecem em cartaz por mais uma semana.
 
Horários:
 
– MATE-ME POR FAVOR: às 18h (segunda a sexta) e 17h30 (sábado, domingo e feriado).
 
– AQUARIUS: às 20h (segunda a sexta) e 19h30 (sábado, domingo e feriado).
Sinopses:

– “Mate-me Por Favor” (dir: Anita Rocha da Silveira, 2016, 101 min, 14 anos, Brasil): Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Uma onda de assassinatos invade o bairro. O que começa como uma curiosidade mórbida se apodera cada vez mais da vida dos jovens habitantes. Entre eles, Bia, uma garota de 15 anos. Após um encontro com a morte, ela fará de tudo para ter a certeza de que está viva.

– “Aquarius” (dir: Kleber Mendonça Filho, 2016, 145 min, 16 anos, Brasil): Clara (Sonia Braga) mora de frente para o mar no Aquarius, último prédio de estilo antigo da Av. Boa Viagem, no Recife. Jornalista aposentada e escritora, viúva com três filhos adultos e dona de um aconchegante apartamento repleto de discos e livros, ela irá enfrentar as investidas de uma construtora que tem outros planos para aquele terreno: demolir o Aquarius e dar lugar a um novo empreendimento.

***

 
Ingresso valor amigo: R$8 inteira / R$4 meia