Programação de 23/11 a 29/11: MANIFESTO, RODIN, NO INTENSO AGORA e GABRIEL E A MONTANHA

PROGRAMAÇÃO ATUAL: de 23 a 29 de novembro!

 

20171121_CC_nointensoagora_1_

São treze Cate Blanchetts diferentes em MANIFESTO, filme que provoca a aproximação entre arte e política; em RODIN temos a relação entre Auguste Rodin e Camille Claudel; NO INTENSO AGORA, novo documentário de João Moreira Salles e certamente um dos grandes filmes brasileiros do ano; e GABRIEL E A MONTANHA, inspirado na história real de um amigo de Barbosa, se revela um filme de descoberta: autodescobrimento, descobrir um amigo distante, compreender enigmas e motivações pessoais e, claro, sobre viajar por aí com tesão aventureiro e tudo o que isso pode implicar.

Eis as programações para as próximas duas semanas:

De 23 a 29 de novembro:
– 14h10: MANIFESTO
– 16h00: RODIN
– 18h10: NO INTENSO AGORA
– 20h30: GABRIEL E A MONTANHA

De 30/11 a 06/12:
– 14h10: RODIN
– 16h20: MANIFESTO
– 18h10: GABRIEL E A MONTANHA
– 20h30: NO INTENSO AGORA

***

SINOPSES

1) MANIFESTO (2017, Austrália/Alemanha, 12 anos, 95 min; dir:
Julian Rosefeldt)

Uma série de monólogos interpretados por Cate Blanchett explora os componentes performativos e o significado político de manifestos históricos.

2) RODIN (2017, França, 14 anos, 120 min; dir: Jacques Doillon)

A história do romance do famoso escultor francês com Camille Claudel.

3) NO INTENSO AGORA (2017, Brasil, 12 anos, 127 min; dir: João Moreira Salles)

Documentário político que justapõe, através de imagens de arquivo, uma série de acontecimentos diferentes da década de 1960 como a revolta estudantil em Paris, a Primavera de Praga em meio a dominação da União Soviética e a China de 1966 sob o regime de Mao, experienciado pela mãe do diretor na época.

4) GABRIEL E A MONTANHA (2017, Brasil, 14 anos, 131 min; dir: Fellipe Barbosa)

Gabriel Buchmann é um jovem aventureiro cheio de planos para sua vida acadêmica. Porém, antes de se preparar para a jornada na Universidade da Califórnia, o rapaz decide partir para a África. Durante a viagem, Gabriel busca uma imersão mais pessoal e afetiva pelos países por onde passa e com as pessoas que conhece pelo caminho, até que enfim se depara com o maior desafio de sua jornada.

***

Ingresso valor amigo de sempre: 8 reais inteira, 4 reais meia. Apenas dinheiro, então favor ser legal e ajudar no troco (evite notas muito altas, não seja paia). Às segundas todo mundo paga meia: apenas 4 reais. Vlw flw!

Anúncios

Sobre Cine Cultura

O Cine Cultura é o espaço de referência em Goiânia quando o assunto é o CINEMA. Inaugurada no dia 15 de julho de 1989, a pequena sala batizada de Sala Eduardo Benfica, com 98 lugares, apesar de pequena, abriu as portas para uma história de cinema que tem sido escrita com grande força em seus anos de existência. Dirigido ao longo de grande parte de sua história por Antônio Segatti – importante diretor de fotografia de inúmeras produções cinematográficas em Goiás – o Cine Cultura se firmou como principal espaço de exibição de filmes não-comerciais, proporcionando ao público experiências que os cinemas ditos “comerciais” não se interessavam em promover. Hoje, com 89 lugares (sendo um espaço para cadeirante), o Cine Cultura acompanha um momento decisivo de transição pelo qual passa o cinema mundial no século XXI. A tradicional projeção em 35mm que acompanhou toda a história do nosso cinema vem agora aliada à tecnologia digital, proporcionando uma maior democratização de acesso a uma quantidade inimagináveis de filmes disponíveis no circuito exibidor brasileiro e mundial. Como cinema que privilegia o que de melhor se produz no cinema contemporâneo, o Cine Cultura se coloca como o principal espaço de difusão de filmes de Goiás, exibindo lançamentos importantes do circuito comercial, sem nunca deixar de promover festivais e mostras especiais, buscando oferecer para o público goianiense, uma programação ampla e democrática, transformando o nosso cinema num espaço de convivência, reflexão e debate aberto a toda a sociedade. Buscar uma relação mais próxima e afetiva com o público é o principal projeto do Cine Cultura. Estar em contato direto com as pessoas, ser um catalisador de experiências audiovisuais, de aproximação com a cultura e com a arte através do cinema, é o que motiva o Cine Cultura. A ideia é construir um intenso e fértil ambiente onde a paixão pelo cinema possa florescer, a partir do qual o cinema possa ser conhecido em sua totalidade, sem limitações. Assim o Cine Cultura pretende ser o lugar onde as pessoas, cada vez mais, possam enfim se render ao poder transformador da sétima arte.

Publicado em 22 de novembro de 2017, em Programação. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: