Arquivo mensal: setembro 2018

Programação de 27/09 a 31/10

20180913_CC_outubro_2_

 

PROGRAMAÇÃO DE OUTUBRO!

Por favor, leiam o texto do post. A informação que você precisa provavelmente já está nele.

Adiantamos neste post a programação completa do mês de outubro, disponível no decorrer do texto. Muita atenção às datas, para não confundir.

Isso se deve porque o responsável pelas redes sociais entra de férias hoje, retornando apenas no final de outubro. Assim, durante este período não será possível tirar dúvidas via mensagem direta ou responder a comentários.

Como o espaço de texto é muito limitado no instagram, pedimos que busquem no google as sinopses dos filmes listados abaixo. Elas não cabem todas aqui.

E sim, o cinema abre todos os dias, inclusive sábados, domingos e feriados.

É isso. Boas sessões!

De 27/09 a 03/10:
– 15h00: CAMOCIM (somente nos dias de semana)
– 16h30: YONLU
– 18h30: FERRUGEM
– 20h30: HISTÓRIAS QUE NOSSO CINEMA NÃO CONTAVA

De 04/10 a 10/10:
– 15h00: Mostra Permanente de Curtas (apenas sábado 06/10, entrada gratuita)
– 16h30: CAFÉ COM CANELA
– 18h30: YONLU
– 20h30: TAKARA – A NOITE EM QUE NADEI

De 11/10 a 22/10 (sim, será um período de 12 dias):
– 15h00: Mostra Permanente de Curtas (nos sábados dias 13 e 20, gratuita)
– 17h00: TAKARA – A NOITE EM QUE NADEI
– 18h30: CAFÉ COM CANELA
– 20h30: DJON AFRICA

De 23/10 a 25/10: Mostra 50 anos de Maio de 68, entrada gratuita.

Dia 23/10:
– 16h00: LONGE DO VIETNÃ
– 18h15: O BANDIDO DA LUZ VERMELHA
– 20h00: A CONFISSÃO

Dia 24/10:
– 16h00: SYMPATHY FOR THE DEVIL
– 18h15: EASY RIDER: SEM DESTINO
– 20h00: SE

Dia 25/10:
– 16h00: PARTNER
– 18h15: MANHÃ CINZENTA + ORATÓRIO PARA PRAGA + BLABLABLA
– 20h00: TERRA EM TRANSE

Dias 26/10 e 27/10:
– 17h00: TAKARA – A NOITE EM QUE NADEI
– 18h30: CAFÉ COM CANELA
– 20h30: DJON AFRICA

 

DIA 28/10: devido às eleições, neste domingo o Cine Cultura excepcionalmente não abrirá.

 

De 29/10 a 31/10: Mostra do Dia Mundial da Animação, com entrada gratuita. Programação ainda por definir.

Ingresso para sessões comerciais: 8 reais inteira, 4 meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então pfv ajudem nóis no troco. Valeu!

Anúncios

Programação de 20/09 a 26/09: FERRUGEM, AS BOAS MANEIRAS e CAMOCIM

PROGRAMAÇÃO de 20/09 a 26/09.

 

20a26

A estreia desta quinta 20/09 é Ferrugem O Filme (classificação 14 anos), premiado como melhor filme no Festival de Cinema de Gramadodeste ano, além de também levar as estatuetas de melhor roteiro e melhor desenho de som.

Retorna à nossa programação As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra, para mais uma chance do público assistir a este que consideramos um dos filmes brasileiros mais interessantes do ano e que justamente por isso ficamos mais de mês batalhando para trazer para sala. Prestigiem o filme e o esforço =)

SINOPSES:

1) FERRUGEM (2018, Brasil, 14 anos, 105 min, dir: Aly Muritiba)

Tati é uma adolescente cheia de vida, que gosta de compartilhar seus melhores momentos nas redes sociais. Mas a vida dela virará ao avesso quando algo que ela não queria que se tornasse público cai no grupo de Whatsapp do colégio.

2) AS BOAS MANEIRAS (2018, Brasil, 14 anos, 136 min, dir: Marco Dutra e Juliana Rojas)

Ana (Marjorie Estiano) contrata Clara (Isabél Zuaa), uma solitária enfermeira moradora da periferia de São Paulo, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez vai avançando, Ana começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente Clara.

3) CAMOCIM (2018, Brasil, livre, 76 min, dir: Quentin Delaroche)

A cada quatro anos, o cotidiano calmo e tranquilo de Camocim de São Félix, pequena cidade do interior do Pernambuco, é chacoalhado. Durante a campanha municipal, a cidade se divide em duas, e todas as vidas parecem orbitar em torno da política. No meio deste mercado eleitoral, Mayara, 23 anos, tenta fazer uma campanha “limpa” para eleger seu candidato e amigo César.

***

Ingresso: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Nossa equipe agradece. Valeu!

Programação de 13/09 a 19/09: ELAS FAZEM CINEMA, HISTÓRIAS QUE NOSSO CINEMA NÃO CONTAVA, BENZINHO e CAMOCIM

PROGRAMAÇÃO de 13/09 a 19/09.

 

13a19

 

A programação para o período de 13 a 19 de setembro está dividida em duas etapas:

a) De 13/09 a 15/09 receberemos a Mostra ELAS FAZEM CINEMA, com entrada gratuita. Para saber a programação da mostra, favor acessar a página de Facebook da Elas Fazem Cinema. Durantes estes dias não teremos sessões dos filmes em cartaz, apenas da mostra.

– De 16/09 a 19/09 teremos nossa programação comercial normal (e com cobrança de ingresso, portanto), com os seguintes filmes em cartaz:

– 16h30: Histórias que nosso cinema não contava
– 18h30: Benzinho – Filme (últimos dias!)
– 20h30: CAMOCIM (ficará em cartaz até 26/09)

SINOPSES:

1) HISTÓRIAS QUE NOSSO CINEMA (NÃO) CONTAVA (2018, Brasil, 16 anos, 80 min, dir: Fernanda Pessoa)

Uma releitura histórica sobre o período da ditadura militar no Brasil retratada através de imagens e sons exclusivos das pornochanchadas, o gênero mais visto e produzido no país durante a década de 70. A violência do Estado, a luta armada e modernização brasileira são exemplos de situações históricas que podem ser visualizadas por meio dessas obras cinematográficas.

2) BENZINHO (2018, Brasil, 10 anos, 97 min, dir: Gustavo Pizzi)

Irene (Karine Teles) mora com o marido Klaus (Otávio Müller) e seus quatro filhos. Ela está terminando os estudos enquanto se desdobra para complementar a renda da casa e ajudar a irmã Sônia (Adriana Esteves). Mas quando seu primogênito Fernando (Konstantinos Sarris) é convidado para jogar handebol na Alemanha, ela terá poucos dias para superar a ansiedade e ganhar forças antes de mandar seu filho para o mundo.

3) CAMOCIM (2018, Brasil, livre, 76 min, dir: Quentin Delaroche)

A cada quatro anos, o cotidiano calmo e tranquilo de Camocim de São Félix, pequena cidade do interior do Pernambuco, é chacoalhado. Durante a campanha municipal, a cidade se divide em duas, e todas as vidas parecem orbitar em torno da política. No meio deste mercado eleitoral, Mayara, 23 anos, tenta fazer uma campanha “limpa” para eleger seu candidato e amigo César.

***

Ingresso: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Nossa equipe agradece. Valeu!

Programação de 06/09 a 12/09: BENZINHO, HISTÓRIAS QUE NOSSO CINEMA NÃO CONTAVA e AS BOAS MANEIRAS

Programação de 06/09 a 12/09.

 

06a12setembro

A estreia é Histórias que nosso cinema não contava (classificação 16 anos), documentário de Fernanda Pessoa sobre as pornochanchadas brasileiras e como esses filmes de um Brasil muito específico, muito vistos nos anos 1970, também refletiam e retratavam o período da ditadura militar no Brasil. Importante filme sobre cultura e memória.

E seguem em cartaz: As Boas Maneiras​ (classificação 14 anos), protagonizado por Marjorie Estiano e um filme família, sobre uma relação incomum entre mãe e filho, e também um belo filme de amor, tudo isso com um curioso tom de fantasia; e Benzinho (classificação 10 anos), também um filme família, sobre as pequenas conquistas e agruras de pais, mães, filhos, filhas, tios, tias, irmãos e irmãs que poderiam ser várias pessoas do Brasil – com Adriana Esteves e Karine Teles, duas grandes atrizes.

SINOPSES:

1) BENZINHO (2018, Brasil, 10 anos, 97 min, dir: Gustavo Pizzi)

Irene (Karine Teles) mora com o marido Klaus (Otávio Müller) e seus quatro filhos. Ela está terminando os estudos enquanto se desdobra para complementar a renda da casa e ajudar a irmã Sônia (Adriana Esteves). Mas quando seu primogênito Fernando (Konstantinos Sarris) é convidado para jogar handebol na Alemanha, ela terá poucos dias para superar a ansiedade e ganhar forças antes de mandar seu filho para o mundo.

2) HISTÓRIAS QUE NOSSO CINEMA (NÃO) CONTAVA (2018, Brasil, 16 anos, 80 min, dir: Fernanda Pessoa)

Uma releitura histórica sobre o período da ditadura militar no Brasil retratada através de imagens e sons exclusivos das pornochanchadas, o gênero mais visto e produzido no país durante a década de 70. A violência do Estado, a luta armada e modernização brasileira são exemplos de situações históricas que podem ser visualizadas por meio dessas obras cinematográficas.

3) AS BOAS MANEIRAS (2018, Brasil, 14 anos, 136 min, dir: Marco Dutra e Juliana Rojas)

Ana (Marjorie Estiano) contrata Clara (Isabél Zuaa), uma solitária enfermeira moradora da periferia de São Paulo, para ser babá de seu filho ainda não nascido. Conforme a gravidez vai avançando, Ana começa a apresentar comportamentos cada vez mais estranhos e sinistros hábitos noturnos que afetam diretamente Clara.

***

Ingresso: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Nossa equipe agradece. Valeu!