Programação de 14/03 a 20/03: curtas, TITO E OS PÁSSAROS, MAL NOSSO e AS FILHAS DO FOGO

PROGRAMAÇÃO de 14/03 a 20/03

 

14a20
 
São duas estreias:
 
O argentino AS FILHAS DO FOGO, road movie erótico poliamoroso em que um grupo de mulheres busca fazer de seus corpos uma aventura.
 
E o trevoso MAL NOSSO, terror encapetado selecionado em mais de 30 festivais internacionais do gênero de cinema de horror.
 
Segue em cartaz a encantadora animação TITO E OS PÁSSAROS, agora em novo horário. Indicada sobretudo para o público infanto-juvenil, portanto tragam os pequenos e as pequenas (informamos que crianças acima de 2 anos pagam ingresso normalmente).
 
Além disso, sábado e domingo temos duas sessões especiais gratuitas:
 
No sábado 16/03 temos mais uma sessão da Mostra Permanente de Curtas, desta vez com classificação 18 anos. Às 15h, entrada gratuita.
 
No domingo 17/03 temos o Lançamento de curtas goianos, com três filmes que serão exibidos pela primeira vez em Goiânia. Às 15h, entrada gratuita. Os curtas são:

– O HOMEM QUE NÃO MORAVA LÁ (17 min, livre), de Flávia Ferreira e Isa Vitório.

– SIRUMI (19 min, 14 anos), de Thiago Camargo.
– GUARÁ (20 min, 12 anos), de Fabrício Cordeiro e Luciano Evangelista.
 
***
 
Sinopses dos filmes em cartaz comercialmente, exibidos todos os dias da semana:
 
1) TITO E OS PÁSSAROS (2019, Brasil, animação, 73 min, livre, dir: Gustavo Steinberg, Gabriel Bitar e André Catoto)
 
Tito é um menino tímido que vive com a mãe. De repente, uma epidemia se espalha, fazendo com que pessoas fiquem doentes quando se assustam, e Tito descobre que a cura está relacionada à pesquisa feita pelo pai sobre o canto dos pássaros. Assim, ele embarca numa jornada para salvar o mundo.
 
2) MAL NOSSO (2019, Brasil, terror, 93 min, 16 anos, dir: Samuel Galli)
 
A história de Arthur (Ademir Esteves), um exorcista que usa a internet para contratar Charles (Ricardo Casella), um serial killer que precisa proteger sua filha Michele (Luara Pepita) de uma possessão demoníaca.
 
3) AS FILHAS DO FOGO (2019, Argentina, drama erótico, 120 min, 18 anos, dir: Albertina Carri)
 
Três mulheres começam uma jornada poliamorosa em busca de prazer, diversão e novas formas de relação. Através de suas anotações, Violeta nos conta sobre as aventuras das Filhas do Fogo: um grupo de mulheres em busca de seu próprio erotismo.
 
INGRESSO: R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia. Apenas dinheiro. Pedimos gentilmente que facilitem o troco, ajudando assim o fluxo da bilheteria. Agradecemos a compreensão.

 

Anúncios

Sobre Cine Cultura

O Cine Cultura é o espaço de referência em Goiânia quando o assunto é o CINEMA. Inaugurada no dia 15 de julho de 1989, a pequena sala batizada de Sala Eduardo Benfica, com 98 lugares, apesar de pequena, abriu as portas para uma história de cinema que tem sido escrita com grande força em seus anos de existência. Dirigido ao longo de grande parte de sua história por Antônio Segatti – importante diretor de fotografia de inúmeras produções cinematográficas em Goiás – o Cine Cultura se firmou como principal espaço de exibição de filmes não-comerciais, proporcionando ao público experiências que os cinemas ditos “comerciais” não se interessavam em promover. Hoje, com 89 lugares (sendo um espaço para cadeirante), o Cine Cultura acompanha um momento decisivo de transição pelo qual passa o cinema mundial no século XXI. A tradicional projeção em 35mm que acompanhou toda a história do nosso cinema vem agora aliada à tecnologia digital, proporcionando uma maior democratização de acesso a uma quantidade inimagináveis de filmes disponíveis no circuito exibidor brasileiro e mundial. Como cinema que privilegia o que de melhor se produz no cinema contemporâneo, o Cine Cultura se coloca como o principal espaço de difusão de filmes de Goiás, exibindo lançamentos importantes do circuito comercial, sem nunca deixar de promover festivais e mostras especiais, buscando oferecer para o público goianiense, uma programação ampla e democrática, transformando o nosso cinema num espaço de convivência, reflexão e debate aberto a toda a sociedade. Buscar uma relação mais próxima e afetiva com o público é o principal projeto do Cine Cultura. Estar em contato direto com as pessoas, ser um catalisador de experiências audiovisuais, de aproximação com a cultura e com a arte através do cinema, é o que motiva o Cine Cultura. A ideia é construir um intenso e fértil ambiente onde a paixão pelo cinema possa florescer, a partir do qual o cinema possa ser conhecido em sua totalidade, sem limitações. Assim o Cine Cultura pretende ser o lugar onde as pessoas, cada vez mais, possam enfim se render ao poder transformador da sétima arte.

Publicado em 13 de março de 2019, em Programação. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: