Programação de 24 a 30 de outubro

IMG-20191022-WA0009
 
Lembramos que o Cine Cultura abre normalmente em feriados e finais de semana.
 
A estreia desta quinta 24/10 é a fantasia francesa JESSICA FOREVER, trazendo uma heroína inspirada em guerreiras e feiticeiras como Arwen (O Senhor dos Anéis), Quiet (Metal Gear Solid IV), Pocahontas, Buffy, Casca (Berserk) e Ciri (The Witcher 3).
 
Pedimos atenção para cada dia/período da programação:
 
24/10 a 26/10:
15h00 – BACURAU
17h30 – MEU NOME É DANIEL
19h10 – JESSICA FOREVER
21h00 – FORO ÍNTIMO
 
27/10:
15h00 – Lançamento com entrada gratuita do curta RIO DAS ALMAS E NEGRAS MEMÓRIAS (Goiás, 2019, 20 min, livre), de Taize Inácia e Thaynara Rezende + debate após a sessão
17h30 – MEU NOME É DANIEL
19h10 – JESSICA FOREVER
21h00 – FORO ÍNTIMO
 
28/10:
15h00 – BACURAU
19h00 – Mostra do Dia Internacional da Animação (entrada gratuita)
 
29/10 e 30/10:
15h00 – BACURAU
17h30 – MEU NOME É DANIEL
19h10 – JESSICA FOREVER
21h00 – FORO ÍNTIMO
 
***
 
Ingresso para sessões comerciais: R$ 8 (inteira), R$ 4 (meia). Apenas dinheiro. Às segundas todo mundo paga meia. Pedimos gentilmente que facilitem o troco e evitem notas altas, ajudando assim o trabalho de bilheteria. Agradecemos a compreensão.
 
O Cine Cultura é uma unidade da Secretaria de Cultura de Goiás.
 
***
 
 
Num futuro próximo, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?
 
 
Daniel Gonçalves nasceu com uma deficiência que nenhum médico foi capaz de diagnosticar. Através de imagens de arquivo da família, cenas gravadas atualmente, histórias e reflexões de Daniel, traça-se o caminho de sua vida para tentar compreender sua condição.
 
 
Jessica é uma rainha, mas ela pode ser uma guerreira, uma mãe, uma deusa ou uma estrela. Jessica salvou todos aqueles jovens perdidos, aqueles meninos solitários, órfãos e perseguidos que nunca conheceram o amor e que se tornaram monstros. Juntos, formam uma família e procuram criar um mundo no qual tenham o direito de permanecer vivos.
 
 
Inspirado em eventos reais, ‘Foro Íntimo’ navega as turbulentas águas que escondem a sombria situação do Poder Judiciário no Brasil. O filme acompanha 24 horas na vida de um juiz acuado por criminosos e refém do sistema legal.
 
***
 
27/10, às 15h00, entrada gratuita:
 
RIO DAS ALMAS E NEGRAS MEMÓRIAS (2019, GO, 20 min, livre, dir: Taize Inácia e Thaynara Rezende)
 
O caminho de vários negros se cruza às margens do Rio das Almas, devido à exploração de ouro. Os séculos XVII e XVIII foram marcados pelo sofrimento dos negros escravizados nos garimpos e na casa da Família Frota, que enriqueceu às custas de sacrifícios humanos e sonegação de impostos.
 
***
 
28/10, às 19h – Mostra do Dia Internacional da Animação, entrada gratuita.
 
Programação:
 
MOSTRA REGIONAL
Ada e Roi – Ricardo de Podestá, 7 min, 2019.
Maria Grampinho – Flávio Gomes, 6 min, 2019.
Sontoku – Paulo Caetano, Akira Ninomiya e Felipe Pitombo, 17min, 2019.
Catireiros – Dustan Oeven, 4min, 2019.
A Última Encruzilhada na Terra – Fabrício de Castro, 19 min, 2019.
31 de Março – Emerson Rodrigues, 5 min, 2019.
MOSTRA NACIONAL
Almofada de Penas – Dir. Joseph Specker Nys, 12min.
Linha – Dir. Francisco Lira, 3min.
Yari – Dir. Breno Rohr, 4 min.
Poética de Barro – Dir. Giuliana Danza, 6 min.
Contos Incontados: Cinderela – Dir. Fernando Ferreira Garróz, 1min.
Vai ver – Dir. Diego Souza, 4 min.
Sangro – Dir. Tiago Minamisawa, Bruno H Castro e Guto BR, 4 min
Apneia – Carol Sakura & Walkir Fernandes, 15min
MOSTRA INTERNACIONAL
Invasion Verde – Dir. Gonzalo Rimoldi Técnica, 12min, Argentina, 2018.
The boy who wanted to be a lion – Dir.Alois Di Leo, 8min, Reino Unido, 2010
Ahi viene el avioncito – Dir. Nicolás G. Sole a.k.a. PIGRO, 4min, Argentina, 2017.
Funeral – Dir. Alejandro Bonilla Rojas, 6min, Costa Rica. 2014
Padre – Dir. Santiago ‘Bou’ Grasso, 12min, Argentina, 2013.

Sobre Cine Cultura

O Cine Cultura é o espaço de referência em Goiânia quando o assunto é o CINEMA. Inaugurada no dia 15 de julho de 1989, a pequena sala batizada de Sala Eduardo Benfica, com 98 lugares, apesar de pequena, abriu as portas para uma história de cinema que tem sido escrita com grande força em seus anos de existência. Dirigido ao longo de grande parte de sua história por Antônio Segatti – importante diretor de fotografia de inúmeras produções cinematográficas em Goiás – o Cine Cultura se firmou como principal espaço de exibição de filmes não-comerciais, proporcionando ao público experiências que os cinemas ditos “comerciais” não se interessavam em promover. Hoje, com 89 lugares (sendo um espaço para cadeirante), o Cine Cultura acompanha um momento decisivo de transição pelo qual passa o cinema mundial no século XXI. A tradicional projeção em 35mm que acompanhou toda a história do nosso cinema vem agora aliada à tecnologia digital, proporcionando uma maior democratização de acesso a uma quantidade inimagináveis de filmes disponíveis no circuito exibidor brasileiro e mundial. Como cinema que privilegia o que de melhor se produz no cinema contemporâneo, o Cine Cultura se coloca como o principal espaço de difusão de filmes de Goiás, exibindo lançamentos importantes do circuito comercial, sem nunca deixar de promover festivais e mostras especiais, buscando oferecer para o público goianiense, uma programação ampla e democrática, transformando o nosso cinema num espaço de convivência, reflexão e debate aberto a toda a sociedade. Buscar uma relação mais próxima e afetiva com o público é o principal projeto do Cine Cultura. Estar em contato direto com as pessoas, ser um catalisador de experiências audiovisuais, de aproximação com a cultura e com a arte através do cinema, é o que motiva o Cine Cultura. A ideia é construir um intenso e fértil ambiente onde a paixão pelo cinema possa florescer, a partir do qual o cinema possa ser conhecido em sua totalidade, sem limitações. Assim o Cine Cultura pretende ser o lugar onde as pessoas, cada vez mais, possam enfim se render ao poder transformador da sétima arte.

Publicado em 23 de outubro de 2019, em Programação. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: