26/12 a 28/12: Mostra FASSBINDER – AMOR E AMARGURA

Mostra FASSBINDER – AMOR E AMARGURA

 
IMG_20191225_171000_326
Contando novamente com a parceria e o apoio do Goethe-Institut São Paulo e da Embaixada da República Federal da Alemanha, o Cine Cultura encerra o ano de 2019 com uma mostra dedicada ao genial cineasta Rainer Werner Fassbinder.

Autor prolífico, Fassbinder dirigiu mais de 40 filmes em apenas 16 anos. A Mostra “Fassbinder – Amor e amargura” traz nove de suas obras, incluindo a trilogia O Casamento de Maria Braun (1979), Lola (1981) e O Desespero de Veronika Voss (1982).

Cores, melodrama, teatralidade, além de amores e paixões em três dias que serão intensos.

Entrada gratuita.

Verifique a classificação indicativa de cada filme.

26/12 – QUINTA-FEIRA
– 16h00: O Machão (1969, 16 anos, 88 min)
– 18h30: Lili Marlene (1981, 16 anos, 111 min)
– 20h45: O Assado de Satã (1976, 14 anos, 112 min)

27/12 – SEXTA-FEIRA
– 15h00: Martha (1974, 14 anos, 116 min)
– 17h30: Effi Briest – Amor e Preconceito (1974, 16 anos, 140 min)
– 20h30: O Medo Devora a Alma (1974, 14 anos, 92 min)

28/12 – SÁBADO
– 16h00: O Casamento de Maria Braun (1979, 16 anos, 120 min)
– 18h15: Lola (1981, 16 anos, 115 min)
– 20h30: O Desespero de Veronika Voss (1982, 16 anos, 104 min)

***

Sinopses:

1) O MACHÃO

Operário grego desperta a agressividade de um grupo de trabalhadores desempregados em uma pequena cidade do Sul da Alemanha.

2) LILI MARLENE

Uma cantora alemã se apaixona por um compositor suíço que vive escondido e se torna famosa com uma canção durante a Segunda Guerra Mundial.

3) O ASSADO DE SATÃ

Walter, um poeta anarquista, tem seu dinheiro cortado após a editora se recusar a lhe dar seu adiantamento. Ele tenta arrecadar dinheiro de várias maneiras, incluindo pedir ajuda a uma de suas amantes, sua esposa, seu irmão obcecado por voar, ao mesmo tempo que enfrenta uma investigação de assassinato da polícia e uma crise de personalidade.

4) MARTHA

Após a morte do seu pai dominador, a bibliotecária Martha casa-se com um rico empresário. Em pouco tempo, se torna vítima da personalidade fria, cruel e perversa de seu marido, que controla sua vida de maneira manipuladora e sufocante.

5) EFFI BRIEST – AMOR E PRECONCEITO

Adaptação do romance de Theodor Fontane, ambientado no começo do século 19. Uma jovem adolescente, noiva de um influente e ambicioso barão, sonha com o amor acalentado pelos livros e romances.

6) O MEDO DEVORA A ALMA

Um romance quase acidental entre uma alemã de quase sessenta anos e um trabalhador marroquino cerca de vinte e cinco anos mais novo. Eles decidem se casar abruptamente, assustando todos ao seu redor.

7) O CASAMENTO DE MARIA BRAUN

Enviuvada pela Segunda Guerra Mundial, uma mulher procura ajustar sua vida na Alemanha do pós-guerra.

8) Na Alemanha Ocidental do pós-guerra, o charmoso Von Bohm é nomeado novo comissário de construção da cidade. Sua moralidade é testada quando, sem saber, ele se apaixona por uma trabalhadora do bordel, Lola, a amante paga de um promotor imobiliário corrupto.

9) O DESESPERO DE VERONIKA VOSS

Munique, 1955. Um locutor esportivo conhece a decadente atriz Veronika Voss, uma antiga estrela da UFA, a empresa cinematográfica da Alemanha Nazista. Ele começa investigar o seu passado e as razões que a levaram a se viciar em morfina.

Sobre Cine Cultura

O Cine Cultura é o espaço de referência em Goiânia quando o assunto é o CINEMA. Inaugurada no dia 15 de julho de 1989, a pequena sala batizada de Sala Eduardo Benfica, com 98 lugares, apesar de pequena, abriu as portas para uma história de cinema que tem sido escrita com grande força em seus anos de existência. Dirigido ao longo de grande parte de sua história por Antônio Segatti – importante diretor de fotografia de inúmeras produções cinematográficas em Goiás – o Cine Cultura se firmou como principal espaço de exibição de filmes não-comerciais, proporcionando ao público experiências que os cinemas ditos “comerciais” não se interessavam em promover. Hoje, com 89 lugares (sendo um espaço para cadeirante), o Cine Cultura acompanha um momento decisivo de transição pelo qual passa o cinema mundial no século XXI. A tradicional projeção em 35mm que acompanhou toda a história do nosso cinema vem agora aliada à tecnologia digital, proporcionando uma maior democratização de acesso a uma quantidade inimagináveis de filmes disponíveis no circuito exibidor brasileiro e mundial. Como cinema que privilegia o que de melhor se produz no cinema contemporâneo, o Cine Cultura se coloca como o principal espaço de difusão de filmes de Goiás, exibindo lançamentos importantes do circuito comercial, sem nunca deixar de promover festivais e mostras especiais, buscando oferecer para o público goianiense, uma programação ampla e democrática, transformando o nosso cinema num espaço de convivência, reflexão e debate aberto a toda a sociedade. Buscar uma relação mais próxima e afetiva com o público é o principal projeto do Cine Cultura. Estar em contato direto com as pessoas, ser um catalisador de experiências audiovisuais, de aproximação com a cultura e com a arte através do cinema, é o que motiva o Cine Cultura. A ideia é construir um intenso e fértil ambiente onde a paixão pelo cinema possa florescer, a partir do qual o cinema possa ser conhecido em sua totalidade, sem limitações. Assim o Cine Cultura pretende ser o lugar onde as pessoas, cada vez mais, possam enfim se render ao poder transformador da sétima arte.

Publicado em 25 de dezembro de 2019, em Programação. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: