29/12/2019 a 01/01/2020: recesso de Ano Novo

IMG_20191222_201112_975

 

2019 foi um grande ano aqui no Cine Cultura. A sala superou 10 mil de público, o que não ocorria desde 2014.

E foram várias sessões marcantes:

A sessão lotada de PLAYTIME, o parque de diversões urbano de Jacques Tati.

A imersão absoluta em APOCALYPSE NOW, com o som no talo, como sempre deve ser para esse filme.

OS GUARDA-CHUVAS DO AMOR, de Jacques Demy, lotadíssimo e com direito a um inacreditável pôr-do-sol na Praça Cívica ao sair da sessão. Quem esteve lá sabe o quanto aquela sessão foi mágica.

O fenômeno @bacuraufilme, que ficou 3 meses em cartaz e é recordista histórico da sala, tendo atraído mais de 3 mil espectadores.

Todas as sessões surpresa. Quem viu, viu.

Os lançamentos e debates de longas de Goiás, como @diasvaziosfilme e @alaskaofilme.

As inúmeras viagens pela natureza, filosofia e existencialismo de Werner Herzog na mostra que dedicamos a ele em julho.

A encantadora sessão de CLÉO DAS 5 ÀS 7 de Agnés Varda, que encheu a sala no meio da tarde de um dia de semana.

O bom público para UM ELEFANTE SENTADO QUIETO, filme de 4h30min.

A cara das pessoas ao saírem das sessões de PARASITA.

A trilogia O CASAMENTO DE MARIA BRAUN, LOLA e O DESESPERO DE VERONIKA VOSS, o milagre econômico na Alemanha pós-guerra filmado por Fassbinder, encerrando o ano de maneira intensa.

E tantas outras que não cabem no espaço de texto.

Desejamos uma grande virada de ano ao nosso público sempre incrível, fiel e que só cresce. É graças a vocês, que tanto frequentam o Cine Cultura e, não menos importante, apresentam a sala a outras pessoas, amizades e gentes finas, que podemos dividir esses momentos especiais na sala escura diante de uma tela que pode fazer com que pensemos um pouco melhor o mundo e a vida.

Até 2020!
.
A partir de 02 de janeiro retornamos com os filmes em cartaz: E ENTÃO NÓS DANÇAMOS, BIXA TRAVESTY, PARASITA e A ROSA AZUL DE NOVALIS.

Um grande abraço!

Sobre Cine Cultura

O Cine Cultura é o espaço de referência em Goiânia quando o assunto é o CINEMA. Inaugurada no dia 15 de julho de 1989, a pequena sala batizada de Sala Eduardo Benfica, com 98 lugares, apesar de pequena, abriu as portas para uma história de cinema que tem sido escrita com grande força em seus anos de existência. Dirigido ao longo de grande parte de sua história por Antônio Segatti – importante diretor de fotografia de inúmeras produções cinematográficas em Goiás – o Cine Cultura se firmou como principal espaço de exibição de filmes não-comerciais, proporcionando ao público experiências que os cinemas ditos “comerciais” não se interessavam em promover. Hoje, com 89 lugares (sendo um espaço para cadeirante), o Cine Cultura acompanha um momento decisivo de transição pelo qual passa o cinema mundial no século XXI. A tradicional projeção em 35mm que acompanhou toda a história do nosso cinema vem agora aliada à tecnologia digital, proporcionando uma maior democratização de acesso a uma quantidade inimagináveis de filmes disponíveis no circuito exibidor brasileiro e mundial. Como cinema que privilegia o que de melhor se produz no cinema contemporâneo, o Cine Cultura se coloca como o principal espaço de difusão de filmes de Goiás, exibindo lançamentos importantes do circuito comercial, sem nunca deixar de promover festivais e mostras especiais, buscando oferecer para o público goianiense, uma programação ampla e democrática, transformando o nosso cinema num espaço de convivência, reflexão e debate aberto a toda a sociedade. Buscar uma relação mais próxima e afetiva com o público é o principal projeto do Cine Cultura. Estar em contato direto com as pessoas, ser um catalisador de experiências audiovisuais, de aproximação com a cultura e com a arte através do cinema, é o que motiva o Cine Cultura. A ideia é construir um intenso e fértil ambiente onde a paixão pelo cinema possa florescer, a partir do qual o cinema possa ser conhecido em sua totalidade, sem limitações. Assim o Cine Cultura pretende ser o lugar onde as pessoas, cada vez mais, possam enfim se render ao poder transformador da sétima arte.

Publicado em 29 de dezembro de 2019, em Programação. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: