Arquivo do autor:Cine Cultura

Programação de 17/05 a 23/05: O PARQUE, ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA, O PROCESSO, TODOS OS PAULOS DO MUNDO

PROGRAMAÇÃO de 17/05 a 23/05.

 

20180515_CC_paulos_2_

 

As estreias da semana são o francês O PARQUE e o brasileiro O PROCESSO (que não será exibido no domingo 20/05, quando realizaremos a sessão gratuita de Geração Baré-Cola em Goiânia​)

Permanecem em exibição o japonês alienígena ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA e TODOS OS PAULOS DO MUNDO, a bela homenagem ao ator Paulo José.

Por favor, verifiquem a classificação indicativa de cada filme.

***

SINOPSES:

1) O PARQUE (2018, França, 12 anos, 71 min, dir: Damien Manivel)

Verão. Um garoto e uma garota têm seu primeiro encontro num parque. A princípio tímidos e inseguros, logo se descobrem, aproximam-se e, enquanto passeiam, acabam se apaixonando. Mas, à medida que o sol se põe, vai chegando a hora da separação… Começa, então, uma noite escura.

2) ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA (2018, Japão, 12 anos, 129 min, dir: Kiyoshi Kurosawa)

Três alienígenas viajam para a Terra em uma missão de reconhecimento para preparar uma invasão em massa. Tendo tomado posse de corpos humanos, os visitantes roubam de seus hóspedes a essência do seu ser, o senso do bem e do mal, de propriedade, família e pertencimento. A essência psicológica e espiritual de toda a humanidade está em jogo.

3) O PROCESSO (2018, Brasil, livre, 138 min, dir: Maria Augusta Ramos)

O documentário oferece um olhar pelos bastidores do julgamento que culminou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

4) TODOS OS PAULOS DO MUNDO (2018, Brasil, 14 anos, 80 min, dir: Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira)

Paulo José é um ícone brasileiro. O talento sem igual, a voz inconfundível, o carisma e a versatilidade acompanham as seis décadas de sua trajetória como ator, diretor e pensador do país. TODOS OS PAULOS DO MUNDO narra a vida e a obra do maior ator do cinema brasileiro através do que viveu e das reflexões que Paulo José, há vinte cinco anos convivendo com o Mal de Parkinson, consegue articular ainda hoje, às vésperas de seu aniversário de 80 anos. Diante da perda da voz, um artista que insiste em falar e que encontra em TODOS OS PAULOS DO MUNDO a caixa amplificadora de seu verbo para o mundo.

***

Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!

Anúncios

Programação de 10/05 a 16/05: ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA, ARÁBIA, PARA TER ONDE IR e TODOS OS PAULOS DO MUNDO

PROGRAMAÇÃO de 10/05 a 16/05, todos os dias.

 

20180508_CC_paulos_1_

 

As estreias da semana são os filmes Para Ter Onde Ir, sobre a trajetória de três amigas e o que a vida reserva a cada uma delas, e TODOS OS PAULOS DO MUNDO, um belo filme-homenagem a Paulo José, um dos maiores atores do Brasil.

Permanecem em exibição Arábia / Araby​ (dica do programador: ARÁBIA é imperdível) e o japonês alienígena ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA.

Por favor, verifiquem a classificação indicativa de cada filme.

***

SINOPSES:

1) ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA (2018, Japão, 12 anos, 129 min, dir: Kiyoshi Kurosawa)

Três alienígenas viajam para a Terra em uma missão de reconhecimento para preparar uma invasão em massa. Tendo tomado posse de corpos humanos, os visitantes roubam de seus hóspedes a essência do seu ser, o senso do bem e do mal, de propriedade, família e pertencimento. A essência psicológica e espiritual de toda a humanidade está em jogo.

2) ARÁBIA (2018, Brasil, 16 anos, 97 min, dir: Affonso Uchôa e João Dumans)

Em uma antiga fábrica de alumínio em Ouro Preto, Minas Gerais, um jovem acaba encontrando o diário de um trabalhador que sofreu um acidente.

3) PARA TER ONDE IR (2018, Brasil, 12 anos, 100 min, dir: Jorane Castro)

No Pará, uma viagem nada tranquila de três mulheres bastante diferentes: Eva (Lorena Lobato), formal e cheia de incertezas; Melina (Ane Oliveira), que busca a liberdade e o amor; e Keithylennye (Keila Gentil), que lamenta ter abandonado a adorada carreira de cantora e dançarina de tecnobrega.

4) TODOS OS PAULOS DO MUNDO (2018, Brasil, 14 anos, 80 min, dir: Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira)

Paulo José é um ícone brasileiro. O talento sem igual, a voz inconfundível, o carisma e a versatilidade acompanham as seis décadas de sua trajetória como ator, diretor e pensador do país. TODOS OS PAULOS DO MUNDO narra a vida e a obra do maior ator do cinema brasileiro através do que viveu e das reflexões que Paulo José, há vinte cinco anos convivendo com o Mal de Parkinson, consegue articular ainda hoje, às vésperas de seu aniversário de 80 anos. Diante da perda da voz, um artista que insiste em falar e que encontra em TODOS OS PAULOS DO MUNDO a caixa amplificadora de seu verbo para o mundo.

***

Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!

Programação de 03/05 a 09/05: SEVERINA, EM NOME DA AMÉRICA, ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA e ARÁBIA

PROGRAMAÇÃO de 03/05 a 09/05, todos os dias.

 
20170404_CC_promocao_2
A estreia da semana é o japonês ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA, um filme alienígena, digamos, diferente…
 
E voltam a ser exibidos os brasileiros ARÁBIA (dica do programador: ARÁBIA é imperdível), Em nome da América e SEVERINA (coprodução com Uruguai).
 
Por favor, verifiquem a classificação indicativa de cada filme.
 
***
 
SINOPSES:
 
1) SEVERINA (2018, Brasil/Uruguai, 12 anos, 104 min, dir: Felipe Hirsch)
 
O dono de livraria se encanta com uma mulher que visita sua loja e volta dia após dia para cometer furtos. Ele fica interessado em puxar conversa do que recuperar o prejuízo. Ela passa então a pegar livros em outros estabelecimentos, porém, ele não está disposto a se libertar da misteriosa obsessão.
 
2) EM NOME DA AMÉRICA (2018, Brasil, 16 anos, 96 min, dir: Fernando Weller)
 
Nos anos 60, jovens americanos vieram ao Brasil pelo programa dos Corpos da Paz, gerido pelos Estados Unidos. O golpe militar de 1964, a guerra do Vietnã e a infiltração da CIA no Brasil revelaram os medos das elites de que o Nordeste brasileiro se tornasse uma “nova Cuba”. Quem eram esses americanos? O que queriam?
 
3) ANTES QUE TUDO DESAPAREÇA (2018, Japão, 12 anos, 129 min, dir: Kiyoshi Kurosawa)
 
Três alienígenas viajam para a Terra em uma missão de reconhecimento para preparar uma invasão em massa. Tendo tomado posse de corpos humanos, os visitantes roubam de seus hóspedes a essência do seu ser, o senso do bem e do mal, de propriedade, família e pertencimento. A essência psicológica e espiritual de toda a humanidade está em jogo.
 
4) ARÁBIA (2018, Brasil, 16 anos, 97 min, dir: Affonso Uchôa e João Dumans)
 
Em uma antiga fábrica de alumínio em Ouro Preto, Minas Gerais, um jovem acaba encontrando o diário de um trabalhador que sofreu um acidente.
 
 
***
 
Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!

Programação de 26/04 a 02/05: Mostra “O cinema que veio do espaço”

20180409_mostracinemaespaco_1-1-2_
Território a ser infinitamente explorado, o espaço sempre foi um dos palcos preferidos do cinema. Pelo menos desde o mágico Viagem à Lua (1902), de Georges Méliès, o cinema, essa arte tão científica e tecnológica, enfim se mostrou capaz de nos aproximar desse lugar até então apenas imaginado. Se nos séculos 18 e 19 a literatura já estabelecia um forte imaginário da ficção-científica (sobretudo com H.G. Wells, que publica seu Guerra dos Mundos entre 1897 e 1988), é o século 21 que, através dos filmes, sacia nossa curiosidade de ver o que poderia estar tão distante de nosso planeta.
 
De 26/04 a 02/05 a mostra O CINEMA QUE VEIO DO ESPAÇO exibirá inúmeros filmes importantes da cinematografia sci-fi e/ou de exploração espacial, dos mais realistas aos mais fantasiosos, de clássicos a modernos, de dramas melancólicos a títulos de ação testosterona, de musicais carnívoros a épicos existenciais. Promessas de várias naves espaciais, dezenas de criaturas extraterrestres, aliens bestiais, aliens bonzinhos, aliens apaixonantes, aliens sedutoras, criaturas belas, criaturas horrorosas, contatos em órbita, contatos em Terra, ou simplesmente o desejo humano de descobrir mais desse além fascinante e enigmático.
 
Observem também que a mostra conta com dois filmes surpresas, que serão revelados apenas no momento de suas respectivas sessões =)
 
A entrada é gratuita para toda a mostra.
 
Por favor, verifiquem a classificação indicativa de cada filme.
 
26/04
– 16h30: O DIA EM QUE A TERRA PAROU (Robert Wise, 1951, 92 min, 10 anos)
– 18h15: SUPERMAN (Richard Donner, 1978, 143 min, livre)
– 21h00: CONTATOS IMEDIATOS DO TERCEIRO GRAU (Steven Spielberg, 1977, 138 min, 12 anos)
 
27/04
– 16h15: FLASH GORDON (Mike Hodges, 1980, 110 min, livre)
– 18h30: TROPAS ESTELARES (Paul Verhoeven, 1997, 129 min, 18 anos)
– 21h00: A PEQUENA LOJA DE HORRORES (Frank Oz, 1986, 94 min, 12 anos)
 
28/04
– 15h00: FORÇA SINISTRA (Tobe Hooper, 1985, 116 min, 18 anos)
– 17h15: FILME SURPRESA (110 min, 16 anos)
– 19h30: ALIEN – O OITAVO PASSAGEIRO (Ridley Scott, 1979, 116 min, 14 anos)
– 22h00: ALIENS – O RESGATE (James Cameron, 1986, 137 min, 14 anos)
 
29/04
– 15h00: DARK STAR (John Carpenter, 1974, 83 min, 10 anos)
– 16h45: STARMAN – O HOMEM DAS ESTRELAS (John Carpenter, 1984, 115 min, livre)
– 19h00: O ENIGMA DE OUTRO MUNDO (John Carpenter, 1982, 109 min, 16 anos)
– 21h15: ELES VIVEM (John Carpenter, 1988, 94 min, 14 anos)
 
30/04
– 15h30: O HOMEM QUE NÃO ESTAVA LÁ (Irmãos Coen, 2001, 116 min, 12 anos)
– 18h00: SOLARIS (Andrei Tarkovsky, 1972, 167 min, 14 anos)
– 21h00: O SEGREDO DO ABISMO (James Cameron, 1989, 145 min, livre)
 
01/05
– 15h00: OS ELEITOS (Philip Kaufman, 1983, 193 min, 12 anos)
– 19h00: FILME SURPRESA (81 min, 16 anos)
– 21h00: PREDADOR (John McTiernan, 1987, 107 min, 16 anos)
 
02/05
– 15h45: PLANETA PROIBIDO (Fred M. Wilcox, 1956, 98 min, 12 anos)
– 17h45: O PLANETA DOS MACACOS (Franklin J. Schaffner, 1968, 112 min, 12 anos)
– 20h00: 2001: UMA ODISSEIA NO ESPAÇO (Stanley Kubrick, 1968, 150 min, livre)
 
Apoio: Licença MPLC.

Programação de 19/04 a 25/04: EM NOME DA AMÉRICA, ZAMA, ARÁBIA e SEVERINA

PROGRAMAÇÃO de 19/04 a 25/04, todos os dias.

 

20180417_CC_america_1_

 

As estreias da semana são Arábia / Araby​, uma bela jornada de um homem na estrada, dos mais belos filmes brasileiros dos últimos anos, e Em nome da América​, documentário que investiga a vinda de jovens norte-americanos ao Brasil em plena década de 60 e da atmosfera do Golpe de 64.

ZAMA e SEVERINA permanecem em cartaz, e somente até 25/04.

Por favor, verifiquem a classificação indicativa de cada filme.

***

SINOPSES:

1) EM NOME DA AMÉRICA (2018, Brasil, 16 anos, 96 min, dir: Fernando Weller)

Nos anos 60, jovens americanos vieram ao Brasil pelo programa dos Corpos da Paz, gerido pelos Estados Unidos. O golpe militar de 1964, a guerra do Vietnã e a infiltração da CIA no Brasil revelaram os medos das elites de que o Nordeste brasileiro se tornasse uma “nova Cuba”. Quem eram esses americanos? O que queriam?

2) ZAMA (2018, Argentina, 14 anos, 120 min, dir: Lucrécia Martel)

Zama, um oficial da coroa Espanhola, nascido na América do Sul, aguarda por uma carta do rei outorgando-lhe a transferência da cidade em que se encontra estagnado para um lugar melhor. Sua situação é delicada. Ele deve garantir que nada ofusque sua transferência. Zama é forçado a aceitar, submisso, cada tarefa a ele encomendada pelos sucessivos governadores que vão e que vêm enquanto ele é deixado para trás. Passam-se os anos e a carta do rei nunca chega. Quando Zama percebe que tudo está perdido, junta-se a um grupo de soldados que sai em busca de um perigoso bandido.

3) ARÁBIA (2018, Brasil, 16 anos, 97 min, dir: Affonso Uchôa e João Dumans)

Em uma antiga fábrica de alumínio em Ouro Preto, Minas Gerais, um jovem acaba encontrando o diário de um trabalhador que sofreu um acidente.

4) SEVERINA (2018, Brasil/Uruguai, 12 anos, 104 min, dir: Felipe Hirsch)

O dono de livraria se encanta com uma mulher que visita sua loja e volta dia após dia para cometer furtos. Ele fica interessado em puxar conversa do que recuperar o prejuízo. Ela passa então a pegar livros em outros estabelecimentos, porém, ele não está disposto a se libertar da misteriosa obsessão.

***

Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!

Programação de 12/04 a 18/04: LUCKY, TORQUATO NETO, ZAMA e SEVERINA

PROGRAMAÇÃO ATUAL: de 12/04 a 18/04.

 

20180409_CC_torquatoneto_4_

 

As estreias da semana são ZAMA, novo filme da cineasta argentina Lucrécia Martel (um dos nomes mais importantes do cinema atual) e com o ator Matheus Nachtergaele no elenco, e SEVERINA, coprodução entre Brasil e Uruguai e mais um lançamento da Sessão Vitrine Petrobras​.

LUCKY e Torquato Neto – Todas as horas do fim​ (que entra em sua quarta e, agora sim, última semana) seguem em cartaz.

Verifiquem a classificação indicativa de cada filme. Obrigado.

***

SINOPSES:

1) LUCKY (2017, EUA, 14 anos, 88 min, dir: John Carroll Lynch)

A jornada espiritual de um homem de 90 anos e os personagens peculiares (um deles interpretado pelo cineasta David Lynch) que habitam uma cidade fora do mapa no deserto.

2) TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM (2018, Brasil, 12 anos, 88 min, dir: Eduardo Ades e Marcus Fernando)

Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 60 e 70. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, com Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompe com sua própria vida. Suicida-se no dia de seu aniversário de 28 anos

2) ZAMA (2018, Argentina, 14 anos, 120 min, dir: Lucrécia Martel)

Zama, um oficial da coroa Espanhola, nascido na América do Sul, aguarda por uma carta do rei outorgando-lhe a transferência da cidade em que se encontra estagnado para um lugar melhor. Sua situação é delicada. Ele deve garantir que nada ofusque sua transferência. Zama é forçado a aceitar, submisso, cada tarefa a ele encomendada pelos sucessivos governadores que vão e que vêm enquanto ele é deixado para trás. Passam-se os anos e a carta do rei nunca chega. Quando Zama percebe que tudo está perdido, junta-se a um grupo de soldados que sai em busca de um perigoso bandido.

4) SEVERINA (2018, Brasil/Uruguai, 12 anos, 104 min, dir: Felipe Hirsch)

O dono de livraria se encanta com uma mulher que visita sua loja e volta dia após dia para cometer furtos. Ele fica interessado em puxar conversa do que recuperar o prejuízo. Ela passa então a pegar livros em outros estabelecimentos, porém, ele não está disposto a se libertar da misteriosa obsessão.

***

Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!