Programação de 05/04 a 11/04: TORQUATO NETO, WESTERN, LUCKY e A LUTA DO SÉCULO

PROGRAMAÇÃO ATUAL: de 05/04 a 11/04.

 

20180402_CC_torquatoneto_3_

 

Atendendo a muitos pedidos, o documentário Torquato Neto – Todas as horas do fim​ retorna à nossa sala para mais sete exibições, ficando em cartaz apenas até 11/04.

Outro que volta a ser exibido por mais uma semana é WESTERN, filme com algumas das atuações mais fortes dentre as produções do ano passado. Além disso, a diretora Valeska Grisebach consegue o feito de deslocar a mítica paisagem do western, assim como seu imaginário essencialmente masculino, para o drama profundo.

A Luta do Século​ segue por mais uma semana com seus registros da maior rivalidade do boxe brasileiro.

E a estreia é LUCKY, numa grande atuação de Harry Dean Stanton em seu último papel no cinema; Stanton faleceu em setembro do ano passado. Curiosamente, um filme sobre vida e espírito, e com o adicional de trazer o cineasta David Lynch em seu elenco.

Verifiquem a classificação indicativa de cada filme. Obrigado.

***

SINOPSES:

1) TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM (2018, Brasil, 12 anos, 88 min, dir: Eduardo Ades e Marcus Fernando)

Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 60 e 70. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, com Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompe com sua própria vida. Suicida-se no dia de seu aniversário de 28 anos

2) WESTERN (2017, Alemanha/Bulgária/Áustria, 12 anos, 119 min, dir: Valeska Grisebach)

Um grupo de operários alemães vai trabalhar em uma construção na fronteira entre a Bulgária e a Grécia. Esta terra estrangeira e sua bela paisagem despertam o espírito de aventura dos homens; porém, eles também precisam encarar seus próprios preconceitos e desconfianças devido à barreira do idioma e às diferenças culturais. O cenário torna-se rapidamente propício ao confronto quando os homens começam a competir pelo reconhecimento e favorecimento dos habitantes locais.

3) LUCKY (2017, EUA, 14 anos, 88 min, dir: John Carroll Lynch)

A jornada espiritual de um homem de 90 anos e os personagens peculiares (um deles interpretado pelo cineasta David Lynch) que habitam uma cidade fora do mapa no deserto.

4) A LUTA DO SÉCULO (2018, Brasil, 12 anos, 78 min, dir: Sérgio Machado)

O documentário narra a trajetória dos pugilistas Reginaldo Holyfield e Luciano Todo Duro, que encontraram no boxe uma maneira de escapar da miséria e tornaram-se dois dos maiores ídolos do esporte nordestino.

***

Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!

Anúncios

Programação completa de março

ProgramacaoMarco

 

De 11/03 a 14/03:

– 16h00: CORPO E ALMA
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

***

De 15/03 a 21/03:

– 14h30: PAULISTAS
– 16h00: CORPO E ALMA
– 18h15: WESTERN
– 20h30: TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM

***

De 22/03 a 28/03:

– 15h00: NINGUÉM ESTÁ OLHANDO
– 17h00: O SILÊNCIO DA NOITE É QUE TEM SIDO TESTEMUNHA DAS MINHAS AMARGURAS
– 18h30: CORPO E ALMA
– 20h40: WESTERN

***

De 29/03 a 04/04:

– 15h30: O SILÊNCIO DA NOITE É QUE TEM SIDO TESTEMUNHA DAS MINHAS AMARGURAS
– 17h00: NINGUÉM ESTÁ OLHANDO
– 19h00: A LUTA DO SÉCULO
– 20h30: CORPO E ALMA

***

SINOPSES:

1) CORPO E ALMA (2017, Hungria, 18 anos, 116 min, dir: Ildikó Enyedi)

Duas pessoas descobrem que dividem o mesmo sonho todas as noites. Eles tentam recriar o que acontece durante a noite enquanto estão acordados.

2) PAULISTAS (2018, Brasil, 12 anos, 76 min, dir: Daniel Nolasco)

Paulistas e Soledade são duas regiões rurais localizadas no sul de Goiás. No começo da década de noventa o êxodo rural foi intensificado com a expansão da monocultura agrícola e a exploração dos recursos hídricos. Desde 2014, não existem mais jovens morando na região. Estamos em julho, mês de férias. Época em que os filhos visitam a casa dos pais.

3) TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM (2018, Brasil, 12 anos, 88 min, dir: Eduardo Ades e Marcus Fernando)

Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 60 e 70. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, com Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompe com sua própria vida. Suicida-se no dia de seu aniversário de 28 anos.

4) WESTERN (2017, Alemanha/Bulgária/Áustria, 12 anos, 119 min, dir: Valeska Grisebach)

Um grupo de operários alemães vai trabalhar em uma construção na fronteira entre a Bulgária e a Grécia. Esta terra estrangeira e sua bela paisagem despertam o espírito de aventura dos homens; porém, eles também precisam encarar seus próprios preconceitos e desconfianças devido à barreira do idioma e às diferenças culturais. O cenário torna-se rapidamente propício ao confronto quando os homens começam a competir pelo reconhecimento e favorecimento dos habitantes locais.

 

5) NINGUÉM ESTÁ OLHANDO (2017, Argentina/Brasil, 14 anos, 102 min, dir: Julia Solomonoff)

Nico, um ator argentino de televisão de sucesso em seu país, tenta sorte em Nova York, mas logo descobre que não encaixa no clichê do ator latino. Sua boa aparência o ajuda a esconder a solidão e a vida precária. Ele sobrevive de bicos e trabalhando como baby-sitter, cuidando do menino Theo. Conhece um grupo de babás latinas no parque que frequenta e entra em contato com as experiências dos imigrantes, muito mais difícil que o confronto com a natureza destrutiva de seu autoexílio.

 

6) O SILÊNCIO DA NOITE É QUE TEM SIDO TESTEMUNHA DAS MINHAS AMARGURAS (2018, Brasil, 16 anos, 80 min, dir: Petrônio Lorena)

A poesia da vida cotidiana das pessoas que vivem nas cidades de São José do Egito e Ouro Velho e Prata, que fazem fronteira com Pernambuco e Paraíba, respectivamente. Um povo cercado por histórias poéticas e de cantoria. Uma memória aos vates do sertão que enche o local com música e poesia.

 

7) A LUTA DO SÉCULO (2018, Brasil, 12 anos, 78 min, dir: Sérgio Machado)

O documentário narra a trajetória dos pugilistas Reginaldo Holyfield e Luciano Todo Duro, que encontraram no boxe uma maneira de escapar da miséria e tornaram-se dois dos maiores ídolos do esporte nordestino.

 

***

Ingresso valor gente boa: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, então por favor sejam legais e nos ajudem no troco. Valeu!

Programação de 08/03 a 14/03: CINECLUBE ANTÔNIO DAS MORTES, CORPO E ALMA, PAULISTAS e TORQUATO NETO

PROGRAMAÇÃO ATUAL: de 08 a 14 de março.

 

20180306_CC_torquatoneto_1_

 

Reparem que nos dias 08, 09 e 10 a sessão de 16h é a do Cineclube Antônio das Mortes, com entrada gratuita.

– No dia 08, às 16h, serão exibidos quatro curtas dos membros do cineclube: AUTONOMIA, DESTERRO, ALTAR e DEDO DE DEUS.

– No dia 09, às 16h: o curta 295.5 e o longa TEOREMA, de Pier Paolo Pasolini.

– No dia 10, às 16h: ZABRISKIE POINT, clássico de Michelangelo Antonioni, com debate após a sessão.

***

Do dia 11 ao dia 14 a sessão de 16h será com o filme húngaro CORPO E ALMA, premiado como melhor filme no Festival de Berlim de 2017 e indicado ao Oscar de Filme Estrangeiro.

***

Os filmes PAULISTAS e TORQUATO NETO serão exibidos todos os dias em seus respectivos horários.

***

Abaixo, a programação com filmes e horários dia a dia:

Dia 08
– 16h00: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – curtas-metragens
– 19h00: PAULISTAS
– TORQUATO NETO

Dia 09
– 16h00: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – TEOREMA
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

Dia 10
– 16h00: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – ZABRISKIE POINT
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

Dia 11
– 16h00: CORPO E ALMA
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

Dia 12
– 16h00: CORPO E ALMA
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

Dia 13
– 16h00: CORPO E ALMA
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

Dia 14
– 16h00: CORPO E ALMA
– 19h00: PAULISTAS
– 20h30: TORQUATO NETO

***

SINOPSES:

1) CORPO E ALMA (2017, Hungria, 18 anos, 116 min, dir: Ildikó Enyedi)

Duas pessoas descobrem que dividem o mesmo sonho todas as noites. Eles tentam recriar o que acontece durante a noite enquanto estão acordados.

2) PAULISTAS (2018, Brasil, 12 anos, 76 min, dir: Daniel Nolasco)

Paulistas e Soledade são duas regiões rurais localizadas no sul de Goiás. No começo da década de noventa o êxodo rural foi intensificado com a expansão da monocultura agrícola e a exploração dos recursos hídricos. Desde 2014, não existem mais jovens morando na região. Estamos em julho, mês de férias. Época em que os filhos visitam a casa dos pais.

3) TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM (2018, Brasil, 12 anos, 88 min, dir: Eduardo Ades e Marcus Fernando)

Torquato Neto (1944-1972) vivia apaixonadamente as rupturas. Atuando em múltiplas frentes – no cinema, na música, no jornalismo –, o poeta piauiense engajou-se ativamente na revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 60 e 70. Foi um dos pensadores e letristas mais ativos da Tropicália, parceiro de Gilberto Gil, Caetano Veloso e Jards Macalé. Junto à arte marginal, radicalizou sua atuação e crítica cultural, com Waly Salomão, Ivan Cardoso e Hélio Oiticica. Por fim, rompe com sua própria vida. Suicida-se no dia de seu aniversário de 28 anos.

4) TEOREMA (1969, Itália, 16 anos, 98 min, dir: Pier Paolo Pasolini)

Em Milão a vida de uma rica família burguesa é totalmente modificada por um misterioso visitante (Terence Stamp), que seduz a empregada, o filho, a mãe, a filha e finalmente o pai.

5) ZABRISKIE POINT (1970, EUA, 14 anos, 110 min, dir: Michelangelo Antonioni)

A pulsante contracultura norte-americana da década de 60 a partir do relacionamento de Daria (Daria Halprin) e Mark (Mark Frechette), que se conhecem no deserto. Ela é uma estudante de antropologia, ele abandonou a sala de aula e é procurado pela polícia suspeito de ter assassinado um policial em um protesto estudantil.

***

Ingressos para os filmes em cartaz: 8 reais inteira, 4 reais meia. Às segundas todo mundo paga meia. Apenas dinheiro, entao favor ajudar no troco. Valeu!

Programação de 01/03 a 07/03

PROGRAMAÇÃO ATUAL: de 01 a 07 de março.

A programação dia a dia, caso achem mais fácil de orientar, está disponível mais abaixo.

 

20180228_CC_acossado_5_

 

ATENÇÃO:

a) antes das sessões de PAULISTAS será exibido o curta-metragem QUANDO OS DIAS ERAM ETERNOS (12 min), de Marcus Vasconcelos. Este curta foi o vencedor do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro​.

b) reparem que no dia 07/03 a sessão de PAULISTAS será mais cedo, às 19h. Esta sessão será seguida de debate com o diretor Daniel Nolasco​.

c) a sessão com todos os curtas de Daniel Nolasco às 17h do dia 07/03 é gratuita. Os curtas serão exibidos na sessão que antecede a sessão-debate de PAULISTAS, de modo que também possam ser discutidos.

d) reparem que as sessões do Cineclube Antônio das Mortes acontecem apenas em quatro dias: de 01 a 04 de março. Estas sessões são gratuitas e dedicadas tanto a filmes feitos pelos membros do mais tradicional cineclube de Goiás quanto a clássicos do cinema mundial.

e) a sessão de Quarto Camarim – Filme​ às 17h no dia 05/03 é gratuita e será seguida de debate com o professor doutor de Cinema e Audiovisual UEG​, Rafael de Almeida​. Esta é a sessão Associação Brasileira de Críticos de Cinema – Abraccine​, que tem como objetivo circular e debater filmes brasileiros que quase não foram exibidos no país.

***

Abaixo, a programação com filmes e horários dia a dia:

Dia 01
– 15h00: ACOSSADO
– 17h30: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – IMAGENS DA CIDADE DOS HOMENS + O BANDIDO DA LUZ VERMELHA
– 20h30: PAULISTAS

Dia 02
– 15h00: ACOSSADO
– 17h30: Cineclube Antônio das Mortes (sessão gratuita) – CINZAS DE QUARTA-FEIRA (16 min) + MATOU A FAMÍLIA E FOI AO CINEMA (78 min) + debate
– 20h30: PAULISTAS

Dia 03
– 15h00: ACOSSADO
– 17h30: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – VIDAS SECAS + debate
– 20h30: PAULISTAS

Dia 04
– 15h00: ACOSSADO
– 17h30: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – TERRA EM TRANSE
– 20h30: PAULISTAS

Dia 05
– 15h00: ACOSSADO
– 17h00: Sessão Abraccine (gratuito) – Quarto Camarim – Filme + debate
– 20h30: PAULISTAS

Dia 06
– 15h00: ACOSSADO
– 17h30: PARIS, TEXAS (sessão gratuita)
– 20h30: PAULISTAS

Dia 07
– 15h00: ACOSSADO
– 17h00: curtas de Daniel Nolasco (entrada gratuita)
– 19h00: PAULISTAS + debate com Daniel Nolasco

***

SINOPSES:

1) ACOSSADO (1960, França, 14 anos, 90 min, dir: Jean-Luc Godard)

Michel Poiccard (Jean-Paul Belmondo) é um criminoso, obcecado por Humphrey Bogart, que rouba um carro, mata um policial e vai para Paris, onde conhece Patricia Franchini (Jean Seberg), uma linda garota americana que vende jornais na Champs-Élysées. Poiccard tenta persuadi-la a fugir com ele para a Itália, sem lhe contar que é um foragido da justiça.

2) PAULISTAS (2018, Brasil, 12 anos, 76 min, dir: Daniel Nolasco)

Paulistas e Soledade são duas regiões rurais localizadas no sul de Goiás. No começo da década de noventa o êxodo rural foi intensificado com a expansão da monocultura agrícola e a exploração dos recursos hídricos. Desde 2014, não existem mais jovens morando na região. Estamos em julho, mês de férias. Época em que os filhos visitam a casa dos pais.

3) O BANDIDO DA LUZ VERMELHA (1968, Brasil, 92 min, 14 anos, dir: Rogério Sganzerla)

Livremente inspirado em fatos reais. Um assaltante misterioso (Paulo Villaça) usa técnicas extravagantes para roubar casas luxuosas de São Paulo. Ele é apelidado pela imprensa de “bandido da luz vermelha”, já que traz sempre uma lanterna vermelha e conversa longamente com suas vítimas. No entanto, seus roubos e crimes chamam tanta atenção que um implacável policial começa a perseguir o “bandido da luz vermelha”.

4) MATOU A FAMÍLIA E FOI AO CINEMA (1968, Brasil, 90 min, dir: Júlio Bressane)

Rapaz da classe média baixa mata os pais e vai ver o filme “Perdidas de Amor”, em que um homem mata uma mulher por amor. O filme intercala realidade e fantasia, e mostra outras crônicas familiares envolvendo homicídios.

5) VIDAS SECAS (1963, Brasil, 115 min, 12 anos, dir: Nelson Pereira dos Santos)

A história de uma família pobre da região seca do Nordeste e sua luta diária por trabalho e comida para sobreviver e superar as dificuldades do ambiente árido em que vive. Baseado no livro homônimo de Graciliano Ramos.

6) TERRA EM TRANSE (1967, Brasil, 111 min, 12 anos, dir: Glauber Rocha)

País fictício da América Latina, Eldorado, é palco de uma convulsão interna desencadeada pela luta em busca do poder.

7) QUARTO CAMARIM (2017, Brasil, 101 min, dir: Fabrício Ramos e Camile Queiroz)

A diretora do filme tenta reencontrar o seu tio depois de vinte e sete anos sem qualquer contato. Seu tio agora se chama Luma.

8) PARIS, TEXAS (1984, EUA, 139 min, 12 anos, dir: Wim Wenders)

Travis Henderson (Harry Dean Stanton), um andarilho que estava sumido havia quatro anos, precisa se reconectar com a sociedade, consigo mesmo, sua vida e sua família, para enfim tentar ficar em paz com seu passado.

***

Ingresso para os filmes em cartaz (ACOSSADO e PAULISTAS): 8 reais inteira, 4 reais meia. Apenas dinheiro, então favor ser legal e ajudar no troco (evite notas muito altas, não seja paia). Às segundas todo mundo paga meia: apenas 4 reais. Vlw flw!

Programação de 22/02 a 28/02: OS INICIADOS, ACOSSADO, CINECLUBE ANTONIO DAS MORTES, A BELA DA TARDE e PAULISTAS

PROGRAMAÇÃO DE 22/02 A 28/02

20180219_CC_beladatarde_2-3_

 

a) a estreia da semana é PAULISTAS, de Daniel Nolasco​. O filme é de Goiás, com direito a nada menos que Boogarins​ na trilha sonora. O longa foi selecionado para o Dok Leipzig, mais antigo e renomado festival de documentário do mundo, que acontece na Alemanha.

b) antes das sessões de PAULISTAS será exibido o curta-metragem QUANDO OS DIAS ERAM ETERNOS (12 min), de Marcus Vasconcelos. Este curta foi o vencedor do 49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro​.

c) reparem que A BELA DA TARDE será exibido apenas em quatro dias.

d) reparem que as sessões do Cineclube Antônio das Mortes acontecem apenas em três dias. Estas sessões são gratuitas e dedicadas tanto a filmes feitos pelos membros do mais tradicional cineclube de Goiás quanto a clássicos do cinema mundial.

Abaixo, a programação com filmes e horários dia a dia:

Dia 22:
– 14h30: OS INICIADOS
– 16h15: ACOSSADO
– 18h30: A BELA DA TARDE
– 20h30: PAULISTAS

Dia 23:
– 14h30: OS INICIADOS
– 16h15: ACOSSADO
– 18h00: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – AS LÁGRIMAS AMARGAS DE PETRA VON KANT, de Rainer W. Fassbinder
– 20h30: PAULISTAS

Dia 24:
– 14h30: OS INICIADOS
– 16h15: ACOSSADO
– 18h00: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – CONTEMPLAÇÃO (curta, 4 min) + AGUIRRE, de Werner Herzog
– 20h30: PAULISTAS

Dia 25:
– 14h30: OS INICIADOS
– 16h15: ACOSSADO
– 18h00: Cineclube Antônio das Mortes (gratuito) – EFFI BRIEST, de Rainer W. Fassbinder
– 20h30: PAULISTAS

Dias 26, 27 e 28:
– 14h30: OS INICIADOS
– 16h15: ACOSSADO
– 18h30: A BELA DA TARDE
– 20h30: PAULISTAS

***

SINOPSES:

1) OS INICIADOS (2017, África do Sul, 16 anos, 88 min, dir: John Trengove)

Cabo Oriental, África do Sul. Xolani, um solitário operário, ausenta-se de seu trabalho para ajudar nos ritos de circuncisão Xhosa de iniciação à masculinidade. Em um remoto acampamento em uma montanha, jovens se recuperam enquanto aprendem os códigos masculinos de sua cultura. Neste ambiente de machismo e agressão, Xolani cuida de Kwanda, um rebelde novato de Joanesburgo, que questiona os códigos patriarcais de iniciação, enquanto o próprio Xolani sofre entre seu mundo familiar tradicional e sua própria realização.

2) ACOSSADO (1960, França, 14 anos, 90 min, dir: Jean-Luc Godard)

Michel Poiccard (Jean-Paul Belmondo) é um criminoso, obcecado por Humphrey Bogart, que rouba um carro, mata um policial e vai para Paris, onde conhece Patricia Franchini (Jean Seberg), uma linda garota americana que vende jornais na Champs-Élysées. Poiccard tenta persuadi-la a fugir com ele para a Itália, sem lhe contar que é um foragido da justiça.

3) A BELA DA TARDE (1967, França, 16 anos, 100 min, dir: Luis Buñuel)

A bela e jovem dona de casa Severine Serizy (Catherine Deneuve) não consegue conciliar suas fantasias masoquistas com a vida cotidiana ao lado do zeloso marido Pierre. Quando seu amigo Henri menciona um secreto bordel de classe alta, dirigido por Madame Anais, Severine decide visitá-lo e, eventualmente, passa a trabalhar lá durante o dia sob o nome de Bela da Tarde.

4) PAULISTAS (2018, Brasil, 76 min, dir: Daniel Nolasco)

Paulistas e Soledade são duas regiões rurais localizadas no sul de Goiás. No começo da década de noventa o êxodo rural foi intensificado com a expansão da monocultura agrícola e a exploração dos recursos hídricos. Desde 2014, não existem mais jovens morando na região. Estamos em julho, mês de férias. Época em que os filhos visitam a casa dos pais.

***

Ingresso valor amigo de sempre: 8 reais inteira, 4 reais meia. Apenas dinheiro, então favor ser legal e ajudar no troco (evite notas muito altas, não seja paia). Às segundas todo mundo paga meia: apenas 4 reais. Vlw flw!

Programação de 15/02 a 21/02: MOSTRA SAM PECKINPAH

mostrapeckinpah_cartaz_Vermelho

Para encorpar aquela famosa ressaca pós-Carnaval, o Cine Cultura exibe uma mostra gratuita dedicada ao cinema brutal de Sam Peckinpah.

 

Mais conhecido por ter feito redefinido o imaginário do western, chamando a atenção para a violência do gênero, Peckinpah ofereceu uma completa revisão estética do faroeste, que com ele se revelou mais sangrento, mais niilista e mais perturbador.

 

Mas embora tenha feito seu nome no western propriamente dito, sobretudo com “Meu Ódio Será Sua Herança” (1969), um de seus grandes filmes, Peckinpah também realizou obras distintas, como “Os Implacáveis” (1972) e o muito subestimado “Comboio” (1978), além de um dos filmes mais polêmicos do cinema e certamente de sua carreira, “Sob o Domínio do Medo” (1971), uma obra-prima. Outra obra-prima é, sem dúvida, sua versão de “Pat Garrett e Billy the Kid”, um dos mais belos e impiedosos filmes sobre amizade.

 

E há tantos outros, incluindo “A Balada de Cable Hogue” (1970), em que Peckinpah se arrisca numa chave mais cômica (à sua maneira, claro), e “Pistoleiros do Entardecer” (1962), um de seus primeiros filmes.

 

A entrada é gratuita para todas as sessões. E por favor, verifiquem a classificação indicativa de cada filme.

 

Apoio: Licença MPLC

 

*Programação sujeita a alterações caso seja necessário.

 

***

 

Dia 15/02:

– 14h30: COMBOIO (1978, 110 min, 12 anos)

– 16h30: O CASAL OSTERMAN (1983, 103 min, livre)

– 18h30: JUNIOR BONNER: DEZ SEGUNDOS DE PERIGO (1972, 100 min, 14 anos)

– 20h30: A BALADA DE CABLE HOGUE (1970, 121 min, 14 anos)

 

Dia 16/02:

– 15h00: JURAMENTO DE VINGANÇA (1965, 152 min, 14 anos)

– 18h00: TRAGAM-ME A CABEÇA DE ALFREDO GARCIA (1974, 112 min, 14 anos)

– 20h00: MEU ÓDIO SERÁ SUA HERANÇA (1969, 135 min, 14 anos)

 

Dia 17/02:

– 14h20: JUNIOR BONNER: DEZ SEGUNDOS DE PERIGO (1972, 100 min, 14 anos)

– 16h15: OS IMPLACÁVEIS (1972, 123 min, 12 anos)

– 18h30: COMBOIO (1978, 110 min, 12 anos)

– 20h30: SOB O DOMÍNIO DO MEDO (1971, 113 min, 18 anos)

 

Dia 18/02:

– 14h30: PISTOLEIROS DO ENTARDECER (1962, 94 min, 10 anos)

– 16h15: ELITE DE ASSASSINOS (1975, 122 min, 14 anos)

– 18h30: TRAGAM-ME A CABEÇA DE ALFREDO GARCIA (1974, 112 min, 14 anos)

– 20h30: PAT GARRETT E BILLY THE KID (1973, 122 min, 14 anos)

 

Dia 19/02:

– 14h15: PISTOLEIROS DO ENTARDECER (1962, 94 min, 10 anos)

– 16h00: PAT GARRETT E BILLY THE KID (1973, 122 min, 14 anos)

– 18h15: CRUZ DE FERRO (1977, 132 min, 16 anos)

– 20h45: O CASAL OSTERMAN (1983, 103 min, livre)

 

Dia 20/02:

– 14h15: PISTOLEIROS DO ENTARDECER (1962, 94 min, 10 anos)

– 16h00: SOB O DOMÍNIO DO MEDO (1971, 113 min, 18 anos)

– 18h00: CRUZ DE FERRO (1977, 132 min, 16 anos)

– 20h30: ELITE DE ASSASSINOS (1975, 122 min, 14 anos)

 

Dia 21/02:

– 15h00: A BALADA DE CABLE HOGUE (1970, 121 min, 14 anos)

– 17h30: OS IMPLACÁVEIS (1972, 123 min, 12 anos)

– 20h00: MEU ÓDIO SERÁ SUA HERANÇA (1969, 135 min, 14 anos)