‘Amor, Plástico e Barulho’ e ‘Nick Cave’ continuam em cartaz no Cine Cultura

O Cine Cultura, unidade da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) continua com os filmes Amor, Plástico e Barulho e Nick Cave – 20.000 Dias na Terra em cartaz até o dia 4 de março. O ingresso custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia) e os longas são exibidos diariamente.

Amor, Plástico e Barulho

O longa Amor, Plástico e Barulho, dirigido pela pernambucana Renata Pinheiro, é uma ficção que conta a história de Jaqueline (Maeve Jinkings, O Som ao Redor), cantora de música brega que já emplacou alguns sucessos e agora amarga o declínio de sua carreira, e de Shelly (Nash Laila), uma jovem dançarina que sonha em se tornar cantora. Já nos primeiros minutos, quando a banda Amor com Veneno entra em uma boate, encabeçada por Jaque, fica claro que ela e Shelly vão disputar os holofotes.

‘Amor, Plástico e Barulho’ tem sessões no Cine Cultura às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 14 anos.

 

Nick Cave – 20.000 dias na terra

Nick Cave – 20.000 Dias na Terra traz no enredo um dia comum na vida de Nick Cave, em que ele conversa com amigos, relembra o passado e, ao narrar o 20 milésimo dia de sua vida, o músico australiano explora a dicotomia entre ficção e realidade – tanto na estética quanto no conteúdo – que faz dele próprio, ao mesmo tempo, um mítico poeta do rock e um ordinário pai de família.

‘Nick Cave’ tem sessões no Cine Cultura às 21h nos dias de semana, e às 20h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 14 anos.

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 26 de fevereiro a 04 de março

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


Amor, Plástico e Barulho

Sessões:  19h (dias de semana); 18h30 (sábado e domingo)

Direção: Renata Pinheiro

Drama | 85 min | Brasil | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse:  Shelly (Nash Laila), uma jovem dançarina que sonha se tornar cantora, e Jaqueline (Maeve Jinkings), uma experiente cantora que já emplacou alguns sucessos e amarga o declínio da sua carreira, são companheiras em uma banda de música brega, num cenário que mescla o romantismo e a sensualidade da periferia brasileira. Inseridas no universo do show business, entre nightclubs e programas de TV local, descobrem que tudo é descartável, como o sucesso, o amor e as demais relações humanas. Juntas, parecem formar uma única trajetória de vida, onde Shelly representa o passado de Jaqueline, enquanto esta figura como o provável futuro da colega.

Nick Cave – 20.000 dias na terra

Sessões:  21h (dias de semana); 20h30 (sábado e domingo)

Direção: Iain Forsyth e Jane Pollard

Documentário | 95 min | Reino Unido | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Um vislumbre da mente de Nick Cave, compositor lendário, estrela do rock e líder da banda The Bad Seeds. O filme acompanha Cave por um dia fictício, entre o real e o imaginário, sessões de análise, encontro com músicos, dirigindo seu carro para passageiros especiais, falando do presente e do passado, enquanto busca por inspiração. Uma chance única de conhecer o processo criativo de um dos músicos mais inventivos de nosso tempo.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura estreia duas produções nesta quinta-feira (19)

O Cine Cultura, unidade da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte, retorna a partir desta quinta-feira (19) à sua programação tradicional com duas sessões diárias, estreiando a produção nacional Amor, Plástico e Barulho, e o documentário Nick Cave – 20.000 dias na terra, do Reino Unido.Os filmes entram em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h00 e 21h00, nos dias de semana, e com sessões às 18h30 e 20h30 no sábado e domingo. Os ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia), e a programação seguirá por duas semanas em cartaz no cinema, permanecendo até 4 de março.

 

Nick Cave – 20.000 dias na terra

Nick Cave in 20,000 Days on Earth. Picturehouse Entertainment

Nick Cave – 20.000 Dias na Terra traz no enredo um dia comum na vida de Nick Cave, em que ele conversa com amigos, relembra o passado e, ao narrar o 20 milésimo dia de sua vida, o músico australiano explora a dicotomia entre ficção e realidade – tanto na estética quanto no conteúdo – que faz dele próprio, ao mesmo tempo, um mítico poeta do rock e um ordinário pai de família.

‘Nick Cave’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 19h nos dias de semana, e às 18h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 14 anos.

Amor, Plástico e Barulho

amor-plastico-e-barulho-3-foto-antonio-melcop

O longa Amor, Plástico e Barulho, dirigido pela pernambucana Renata Pinheiro, é uma ficção que conta a história de Jaqueline (Maeve Jinkings, O Som ao Redor), cantora de música brega que já emplacou alguns sucessos e agora amarga o declínio de sua carreira, e de Shelly (Nash Laila), uma jovem dançarina que sonha em se tornar cantora. Já nos primeiros minutos, quando a banda Amor com Veneno entra em uma boate, encabeçada por Jaque, fica claro que ela e Shelly vão disputar os holofotes.

‘Amor, Plástico e Barulho’ entra em cartaz no Cine Cultura com sessões às 21h nos dias de semana, e às 20h30 no sábado e domingo. O filme não é recomendado para menores de 14 anos.
Serviço:

Programação do Cine Cultura | 19 de fevereiro a 04 de março

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


Nick Cave – 20.000 dias na terra

Sessões:  19h (dias de semana); 18h30 (sábado e domingo)

Direção: Iain Forsyth e Jane Pollard

Documentário | 95 min | Reino Unido | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Um vislumbre da mente de Nick Cave, compositor lendário, estrela do rock e líder da banda The Bad Seeds. O filme acompanha Cave por um dia fictício, entre o real e o imaginário, sessões de análise, encontro com músicos, dirigindo seu carro para passageiros especiais, falando do presente e do passado, enquanto busca por inspiração. Uma chance única de conhecer o processo criativo de um dos músicos mais inventivos de nosso tempo.

Amor, Plástico e Barulho

Sessões:  21h (dias de semana); 20h30 (sábado e domingo)

Direção: Renata Pinheiro

Drama | 85 min | Brasil | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse:  Shelly (Nash Laila), uma jovem dançarina que sonha se tornar cantora, e Jaqueline (Maeve Jinkings), uma experiente cantora que já emplacou alguns sucessos e amarga o declínio da sua carreira, são companheiras em uma banda de música brega, num cenário que mescla o romantismo e a sensualidade da periferia brasileira. Inseridas no universo do show business, entre nightclubs e programas de TV local, descobrem que tudo é descartável, como o sucesso, o amor e as demais relações humanas. Juntas, parecem formar uma única trajetória de vida, onde Shelly representa o passado de Jaqueline, enquanto esta figura como o provável futuro da colega.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura estreia filme canadense inédito em Goiânia

O Cine Cultura, unidade da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte, estreia nesta quinta-feira (12) o longa-metragem canadense Laurence Anyways, do diretor Xavier Dolan.  O filme será exibido na sessão das 19h, durante a semana, e às 18h30 aos sábados e domingos. A produção fica em cartaz até o dia 18 de fevereiro. Devido à duração do filme (160 min), o cinema não exibirá outras produções.

Laurence Anyways

Melvil-Poupaud-in-Laurence-Anyways

Laurence Anyways conta a história de um homem que tenta salvar a relação com a noiva depois de lhe anunciar o desejo de se tornar mulher. Juntos, eles enfrentam riscos e o preconceito dos amigos e da sociedade. Durante dez anos, eles vivem juntos e tentam superar as dificuldades para conseguir viver esse amor impossível.

A co-produção Canadá e França, de 2012, participou da seleção oficial do Festival de Cannes e foi premiado na categoria de Interpretação Feminina Un Certain Regard. O filme não é recomendado para menores de 14 anos. O ingresso custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia-entrada).

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 12 a 18 de fevereiro

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


Laurence Anyways

Sessões:  19h (dias de semana); 18h30 (sábado e domingo)

Direção: Xavier Dolan

Drama | 160 min | Canadá/França | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Laurence (Melvil Poupaud) é um homem que deseja se tornar uma mulher. Em seu aniversário de 30 anos, ele revela para sua namorada Fred (Suzanne Clément) que irá fazer uma cirurgia de mudança de sexo. Mesmo abalada com a revelação, a namorada resolve permanecer ao lado da pessoa que ama, que sofrerá bastante com a nova situação, tendo que lidar com preconceitos de familiares, amigos e colegas de trabalho. Contra tudo, eles tentarão provar que o amor deles pode superar todas as situações.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura reabre com sessão única do filme ‘Ventos de Agosto’

Programação normal  do Cine Cultura retorna na quinta-feira, 12

O Cine Cultura, unidade da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte, será reaberto neste sábado, 7, com exibição do filme pernambucano Ventos de Agosto, do diretor Gabriel Mascaro. A sessão única será realizada às 19 horas. O ingresso custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia-entrada).

Na próxima semana, a partir do dia 12, o Cine Cultura retorna as sessões diárias, com estreias de filmes. O cinema receberá nos próximos dias 98 novas poltronas, adquiridas para revitalização do espaço.

Ventos de Agosto

VENTOS-IMAGEM-3_640

Shirley deixou a cidade grande para viver em uma pequena e pacata vila litorânea cuidando de sua avó. Ela trabalha numa plantação de coco dirigindo trator e, mesmo isolada, cultiva o gosto pelo punk rock e o sonho de ser tatuadora. Ela está de caso com Jeison, um rapaz que também trabalha na fazenda de cocos e nas horas vagas faz pesca subaquática de lagosta e polvo. Durante o mês de Agosto, com a chegada das tempestades e da maré alta, um estranho pesquisador chega na Vila para registrar o som dos ventos alísios que emanam da Zona de Convergência Intertropical. Os ventos crescentes marcarão os próximos dias da pequena vila colocando Shirley e Jeison numa jornada sobre perda e memória, a vida e a morte, o vento e o mar.

Ventos de Agosto” retorna ao Cine Cultura em uma única sessão, após ser exibido por uma semana em novembro de 2014. O filme não é recomendado para menores de 14 anos.

Serviço:

Programação do Cine Cultura | 07 de fevereiro de 2015

Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia.

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2.

Informações: 3201 – 4670


Ventos de Agosto

Sessão única:  19h (sábado)

Direção: Gabriel Mascaro

Drama | 77 min | Brasil | Não recomendado para menores de 14 anos

Sinopse: Agosto. Um pesquisador de som de ventos alísios desembarca em uma pacata vila de pescadores e abala a rotina de Shirley (Dandara de Morais), que trabalha em uma fazenda, e Jeison (Geová Manoel dos Santos), praticante da pesca submarina. A maré está alta, os ventos fortes e a vila nunca mais será a mesma.

 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670

Cine Cultura suspende exibição de filmes para manutenção técnica

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás) informa que o Cine Cultura estará fechado por tempo indeterminado para manutenção no equipamento de som da unidade. Assim que a manutenção for concluída, o Cine Cultura volta a funcionar normalmente, com novas estreias de filmes.

Lamentamos o imprevisto e nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

 

Direção do Cine Cultura

(62) 3201-4670

Mostra de cinema do Goiânia Noise é aberta nesta quinta no Cine Cultura

O Cine Cultura sedia entre os dias 27 de novembro e 3 de dezembro a mostra Cine Esquema Noise como parte da programação da vigésima edição do Goiânia Noise Festival. O evento é realizado pela Monstro Discos e Saraivada Produções Culturais. A entrada é gratuita.

A mostra Cine Esquema Noise nasce na comemoração dos vintes anos do Goiânia Noise Festival, um dos mais importantes festivais da música independente brasileira, realizado há duas décadas na capital goiana. Com cerca de vinte filmes em sua programação – entre curtas, médias e longas; obras de ficção, documentário e experimental – o Cine Esquema Noise é o barulho levado à tela do cinema para narrar, contar, refletir, homenagear, resgatar, criticar, ridicularizar tudo o que diz respeito à música brasileira e à mundial.

A curadoria para a mostra se baseou em critérios por vezes aleatórios. Na programação, há filmes de diversos locais do Brasil e até mesmo uma produção internacional. São obras das décadas de 1990, 2000 e 2010. Muitas, inclusive, vistas como “clássicas” por fãs dessa junção entre cinema e música – mas que, nem por isso, deixam de ter relevância nesta programação.

O foco principal é o rock, mas outros estilos ganham as telas. O Cine Esquema Noise promete apresentar o que há de melhor na produção independente, underground, politicamente e/ou esteticamente engajada do cinema e música brasileiros.

CINE ESQUEMA NOISE_Cine- Cultura-eflyer

Programação:

Cine Esquema Noise

27 de novembro a 03 de dezembro de 2014

Cine Cultura, Goiânia – GO

Entrada Gratuita

27/11 (Quinta-feira)
19h – Sessão especial de abertura da mostra Cine Esquema Noise com projeção em VHS do filme Hated: G.G. Allin and the Murder Junkies (Todd Phillips, 1993, 90’, EUA).
21h – Geração Baré-Cola: Usuários de Rock (Patrick Grosner, 2014, 73’).
28/11 (Sexta-feira)
19h – Di Melo: O Imorrível (Alan Oliveira e Rubens Passaro, 2011, 24’).
19h30 – O Diabo Era Mais Embaixo (Manu Maltez, 2014, 45’).
20h30 – Desagradável (Fernando Rick, 2013, 120’).
 
29/11 (Sábado)
17h – Ruído das Minas: A Origem do Heavy Metal em Belo Horizonte (Filipe Sartoreto, Gracielle Fonseca e Rafael Sette Câmara, 2009, 83’).
18h30 – Botinada: A Origem do Punk no Brasil (Gastão Moreira, 2006, 75’).
19h30 – Pelos Escombros (Ivan Vale Ferreira, 2009, 50’). 
20h30 – Inocentes: 30 Anos (Carol Thomé e Duca Mendes, 2011, 30’).
21h15 – Guidable: A Verdadeira História do Ratos de Porão (Fernando Rick, 2008, 120’).
 
30/11 (Domingo)
17h – Loki: Arnaldo Baptista (Paulo Henrique Fontenelle, 2007, 120’).
19h15 – Siba: Nos Balés da Tormenta (Caio Jobim e Pablo Francischelli, 2012, 85’).
21h – Mobília em Casa: Móveis Coloniais de Acaju e a Cidade (José Eduardo Belmonte, 2014, 77’).
 
01/12 (Segunda-feira)
19h – Como Irritar Dândis do Hardcore: Lições Práticas Vol. 01 (Gurcius Gewdner, 2012, 15’)
19h30 – Guerrilha Gerador (Danilo Sevali, 2013, 65’).
20h45 – Renato Está Morto (Danilo Sevali, 2014, 10’).
21h – Ratos de Porão: 30 Anos Crucificados Pelo Sistema (Fernando Rick, 2014, 55’)
 
02/12 (Terça-feira)
19h – O Rap pelo Rap (Pedro Henrique Fávero, 2014, 73’).
20h30 – Lobão: Não Há Estilo Sem Fracasso (Fábio Salva, 2011, 15´).
21h – RPW: 20 Anos (Ivan Vale Ferreira, 2012, 52’).
 
03/12 (Quarta-feira)
19h – Lançamento do DVD do filme Nas Paredes da Pedra Encantada (Cristiano Bastos e Leonardo Bomfim, 2011, 120´) pela Monstro Filmes e debate com realizadores após a sessão.
Veja aqui as sinopses dos filmes.
 
 
Cine Cultura – Sala Eduardo Benfica
Centro Cultural Marieta Telles Machado, Praça Cívica, nº 2, Goiânia – GO.Tel.: (62) 3201 – 4670
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 10.044 outros seguidores