Em maio, dois festivais e muitos bons filmes vêm para o Cine Cultura

 

Programação mensal 2016-05.001Na programação do mês de maio, o Cine Cultura recebe excelentes filmes nacionais e estrangeiros, tanto em suas sessões regulares quanto no I Festival Internacional da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (DIGO), que ocorre de 13 a 15/05, e na 12ª Semana da Europa, de 19 a 25/05. Também receberemos o lançamento do curta-metragem goiano Vidas de Rose (2016), de Jake Vieira, no dia 09/05. Confira abaixo as informações detalhadas, programe-se e venha prestigiar o bom cinema no centro de Goiânia!


Filme: O Cheiro da Gente (2015)
Período: 28/04 a 11/05; 26/05 a 08/06
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

O fotógrafo e artista Larry Clark acompanha momentos da vida de um grupo de seis jovens parisienses, seus encontros entre o Museu de Arte Moderna e o Palais de Tokyo e suas festas repletas de sexo, drogas e rock‘n’roll. As relações desses jovens com suas famílias, com o consumo, com o sexo e os relacionamentos, com a internet e a prostituição. Vinte anos após realizar Kids, Larry Clark volta a fazer um filme sobre a juventude, seus atos de ingenuidade, suas confusões e erros, e seus sentimentos de incompreensão e solidão.

Drama, Larry Clark, França, 2015, 1h28, classificação 18 anos

Confira o trailer:


Filme: Teobaldo Morto, Romeu Exilado (2014)
Período: 28/04 a 18/05 (exceto 13, 14 e 15/05, devido ao I DIGO)
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

No filme de Rodrigo de Oliveira, João é um músico de 32 anos que opta pelo isolamento numa propriedade no interior do Brasil após Flora, sua mulher grávida, romper com ele. Depois de três meses, quando finalmente parece estar pronto para reparar seus erros junto a Flora e acompanhar o parto de seu filho, João é surpreendido pela misteriosa visita de Max, seu melhor amigo, há muitos anos desaparecido e dado como morto.

Drama, Rodrigo de Oliveira, Brasil, 2014, classificação 14 anos, 1h58

Confira o trailer:


Filme: Yorimatã (2014)
Período: 12 a 18/05 (nos dias 13, 14 e 15 o filme participa do I DIGO); 26/05 a 01/06

Em Yorimatã, acompanhamos duas mulheres que, em meio ao movimento hippie dos anos 70, se unem pelo sonho de liberdade. Luhli e Lucina vivem em seu cotidiano criativo de uma comunidade alternativa a experimentação musical radical. Elas se tornam pioneiras no cenário independente brasileiro. Com cerca de 800 composições, do violão aos tambores artesanais que constroem e tocam, dizem não às gravadoras e mergulham na umbanda e na criação artística. Seu companheiro de um relacionamento em trisal, o fotógrafo Luiz Fernando Borges da Fonseca, registra tudo em filmes super 8mm que, unidos a registros de shows por artistas independentes e a filmagens atuais, recriam seu universo espírito-musical, num filme sobre a liberdade e a busca das raízes primitivas culturais brasileiras.

Documentário/Experimental, Rafael Saar, Brasil, 2014, classificação 10 anos, 1h56

Confira o trailer:


Evento: Lançamento do curta-metragem Vidas de Rose (2016), de Jake Vieira
Data: 09/05
Horário: 19h

Onde a busca do EU se torna uma obsessão.

Vidas de Rose


Evento: I Festival Internacional da Diversidade Sexual e de Gênero de Goiás (DIGO)
Período: 13 a 15/05

O I DIGO tem por objetivo estimular e promover a conscientização do público, no que tange o respeito integral aos direitos humanos e a inclusão das minorias. O evento é pioneiro no centro-oeste brasileiro e articula audiovisual, educação e tecnologias para ampliar o universo da expressão e da percepção estética da diversidade brasileira, propondo abordar não só a sexualidade, mas incorporar o sentido de quem são estas pessoas e quais são os seus dramas. Nos 3 dias do DIGO ocorrerão mostras paralelas e competitivas. Somente os filmes escolhidos pelo júri oficial e júri popular receberão o troféu DIGO. Ainda está prevista a realização de debates, após a exibição dos filmes para dialogarmos com as temáticas que envolvam a diversidade sexual e a de gênero.

Confira a programação geral na imagem abaixo ou acesse diretamente o site do festival.

I DIGO Programação Geral.png


Evento: 12ª Semana da Europa
Período: 19 a 25/05

A Semana da Europa, uma promoção da EUNIC Brasil – Associação dos Institutos Culturais e Embaixadas de países da União Europeia – e da Delegação da União Europeia no Brasil, chega à sua 12ª edição com uma ampla programação cultural distribuída em onze capitais brasileiras. De abril a julho, o público poderá acompanhar concertos de música clássica e popular, eventos acadêmicos, exposições, o Festival de Cinema Europeu, e – somente em Brasília – o tradicional Bazar Europeu e a Corrida União Europeia. Leia mais no site do evento.

A programação diversificada do Festival de Cinema Europeu que ocorre no contexto da 12ª Semana da Europa inclui dois debates. O primeiro ocorre depois da sessão do documentário Só o melhor para o nosso filho (Paises Baixos, 2014, 87 minutos; título original: Het beste voor Kees), de Monique Nolte, na quinta-feira, 19/05, com início do filme às 18h30. No filme de Nolte, Kees tem 49 anos, é autista e ainda mora com seus pais. O amor deles de a Kees a possibilidade de desenvolver como um adulto relativamente independente. Mas o que acontecerá quando os pais do Kees, agora com 80 e 83 anos, não puderem mais cuidar dele? A cineasta Monique Nolte acompanha as tentativas dos pais do Kees de criar um futuro perfeito para seu filho autista.

O segundo debate ocorre na segunda-feira, 23/05, depois da sessão do filme Hope (França, 2014, 86 minutos), de Lojkine Boris. Nesse drama francês, Léonard salva Hope da morte em pleno deserto do Saara. Ele é camaronês, ela nigeriana, e os dois desejam abandonar a África e alcançar a Europa. Defendendo-se dos perigos da área hostil, eles firmam uma parceria que logo evolui para romance. O filme foi premiado na Semana da Crítica no Festival de Cannes 2014 e recebeu também o Prêmio da Crítica no Festival de Hamburg.

Os debatedores de cada filme serão anunciados em breve.

Confira a programação de abril de 2016 no Cine Cultura

Programação mensal 2016-04.001

Dando continuidade à programação do Cine Cultura em 2016, no mês de abril, receberemos alguns dos filmes mais instigantes que estão circulando atualmente no Brasil e no mundo, além do lançamento de filmes de curta-metragem no dia 04 de abril e da realização das atividades do Dia Internacional da Animação (2ª etapa), em 27 de abril. Confira abaixo mais informações sobre os filmes e os eventos de abril!


 

Filme: Ela Volta na Quinta (2016)
Período: 31/03 a 26/04
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

O premiado filme de André Novais Oliveira conta a história de Maria José e Norberto, casal que vive há 35 anos juntos, na cidade de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Bastante desgastado pelo tempo, o relacionamento dos dois se encontra em crise. Maria José, mesmo com problemas de saúde, resolve fazer uma viagem para Aparecida do Norte, como forma de pensar se o divórcio é mesmo a solução.

Drama, André Novais Oliveira, Brasil, 2016, 1h48, classificação 12 anos

Confira o trailer:


Filme: Olmo e a Gaivota (2014)
Período: 24/03 a 06/04
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

O documentário de Petra Costa e Lea Glob, entra em cartaz dia 24 de março e segue até o dia 06 de abril. No filme, Olívia é uma atriz que está ensaiando a peça “A Gaivota”, de Anton Tchekov, quando descobre que está grávida. Enquanto a produção avança, o bebê dentro dela cresce e um acidente a afasta da montagem, que tem seu companheiro como protagonista. De repouso em casa por semanas, ela lida com as bruscas mudanças em sua rotina, seu corpo e sua vida em geral.

Documentário, Petra Costa e Lea Glob, Brasil/França/Dinamarca/Portugal, 2015, 1h25, classificação 12 anos

Confira o trailer:


Filme: O Abraço da Serpente (2016)
Período: 07 a 26/04
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

No filme de Ciro Guerra, Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, é o último sobrevivente de seu povo, e agora vive em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão absoluta o tornam vazio, privado de emoções e memórias. Sua vida sofre uma reviravolta quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta, capaz de ensinar a sonhar. O xamã decide acompanhar o estrangeiro em sua busca, e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva, onde passado, presente e futuro se confundem, fazendo-o aos poucos recuperar suas memórias. Essas lembranças trazem uma dor profunda que não libertará Karamakate até que ele transmita o conhecimento ancestral que antes parecia destinado a perder-se para sempre.

Drama, Ciro Guerra, Colômbia, 2015, 2h05, classificação 12 anos

Confira o trailer:


 

Filme: O Cheiro da Gente
Período: 28/04 a 11/05
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

O fotógrafo e artista Larry Clark acompanha momentos da vida de um grupo de seis jovens parisienses, seus encontros entre o Museu de Arte Moderna e o Palais de Tokyo e suas festas repletas de sexo, drogas e rock‘n’roll. As relações desses jovens com suas famílias, com o consumo, com o sexo e os relacionamentos, com a internet e a prostituição. Vinte anos após realizar Kids, Larry Clark volta a fazer um filme sobre a juventude, seus atos de ingenuidade, suas confusões e erros, e seus sentimentos de incompreensão e solidão.

Drama, Larry Clark, França, 2015, 1h28, classificação 18 anos

Confira o trailer:


 

Filme: Teobaldo Morto, Romeu Exilado (2016)
Período: 28/04 a 18/05 (exceto 13, 14 e 15/05)
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

No filme de Rodrigo de Oliveira, após ser dispensado pela esposa grávida, o músico João (Alexandre Cioletti) decide se isolar no meio do mato. Após três meses afastado, ele conclui que está pronto para voltar e acompanhar o nascimento do filho, mas é surpreendido pela aparição de Max (Rômulo Braga), antigo melhor amigo que ele pensava estar morto.

Drama, Rodrigo de Oliveira, Brasil, 2016, classificação 14 anos, 1h58

Confira uma conversa com o diretor sobre o filme:


Evento: lançamento do filme Nódoas, de Ângelo Lima e de outros dois curtas
Data: 04/04
Horário: 20h
Entrada franca

Confira o trailer de Nódoas, baseado em conto de Valdivino Braz:


Evento: Dia Internacional da Animação (2ª etapa)
Data: 27/04 (programação abaixo)
Entrada franca

17h – Mostra com audiodescrição para deficientes visuais – filmes da mostra oficial do Dia Internacional da Animação 2015

19h – MOSTRA O MELHOR DO M.U.M.I.A – Mostra Udigrudi Mundial da Animação (curadoria de Sávio Leite)

Maior mostra dedicada ao cinema de animação de Minas Gerais, o M.U.M.I.A. é um evento realizado desde 2003 pelo diretor e produtor Sávio Leite, um defensor incansável da arte da animação. A mostra, hoje na sua 14ª edição, se consolida por seu perfil independente e como um espaço de liberdade artística para trabalhos que se arriscam longe dos padrões comerciais. Para esta edição do Dia Internacional da Animação de Goiânia, Sávio nos brinda com uma seleção de curtas realizados a partir de 2013, que comprova o caráter único e autoral dessa forma de expressão cultural.

A PEQUENA VENDEDORA DE FÓSFOROS, Dir Kyoko Yamashita
2014 – 09′ 13″ Porto Alegre /RS

MISS & GRUBS, Dir. Jonas Brandão e Camila Kamimura
2015 – 9´53” – São Paulo /SP

MOBIOS, Dir. Carlos Eduardo Nogueira
2015 – 14´45” – São Paulo /SP

GIZ, Dir. Cesar Cabral
2015 – 10′ –  São Paulo /SP

CASTILLO Y EL ARMADO, Dir. Pedro Harres
2014 – 13´45” –  Porto Alegre /RS

O QUEBRA CABEÇA DE TARIK, Dir. Maria Leite
2015  19´20” – Belo Horizonte /MG

TABOGO, Dir. Dario Cervantes
2013 – 16´20” – Colombia

Pré-estreia do curta-metragem A NOIVA DO COELHINHO, de Rafael Franco (Produção: Escola Goiana de Desenho Animado e MMarte Produções. )

20h30 – Lançamento do livro MALDITA ANIMAÇÃO BRASILEIRA e bate-papo com Sávio Leite, organizador da obra e diretor do M.U.M.I.A. (o livro será vendido por apenas R$ 10,00)

Segunda publicação independente lançada pela M.U.M.I.A. e organizada por Sávio Leite, o livro apresenta um recorte do que seria uma produção underground de animação, que se destaca de toda a produção brasileira nesta arte peculiar e geralmente fora do tradicional eixo Rio/São Paulo. Um capítulo da obra foi dedicado ao trabalho desenvolvido em Goiás pela Escola Goiana de Desenho Animado, com artigo escrito pelo diretor e produtor Márcio Júnior.

21h30 – Coquetel de abertura da exposição VIAGEM NA CHUVA E A NOVA ANIMAÇÃO GOIANA.
Originais, layouts de cena e estudos de Wesley Rodrigues para o já clássico Viagem na Chuva, além de materiais da novíssima safra da animação goiana: A Noiva do Coelhinho, Insustentarte, Batalha das Máscaras e Aniz, a Bruxinha Aprendiz.
Discotecagem: Obsoleto

Mais informações: http://diadaanimacaogoiania.blogspot.com.br/

 

 

Março de 2016 é um mês de cinema brasileiro no Cine Cultura

Programação mensal 2016-03.001

Alguns dos mais importantes filmes do cinema brasileiro recente estarão em cartaz no Cine Cultura nesse mês de março de 2016. Além disso, receberemos um dos mais importantes eventos acadêmicos do campo do audiovisual em Goiás, a Semana do Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás, e o lançamento de um documentário de curta-metragem de produção local, como parte do espaço que reservamos ao estímulo ao debate sobre cinema em Goiás.


Filme: A Vizinhança do Tigre
Período: 25/02 a 16/03
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

De 1º a 16 de março, A Vizinhança do Tigre (2016) permanece em cartaz. O premiado filme de Affonso Uchoa, que estreou no dia 25/02, aborda as vidas dos jovens Juninho (Aristides de Souza), Eldo (Eldo Rodrigues), Adilson (Adilson Cordeiro), Menor (Maurício Chagas) e Neguinho (Wederson Patrício), que são moradores da periferia de Contagem e vivem divididos entre o trabalho e a diversão, o crime e a esperança. Para sobreviver à luta de cada dia, eles terão que domar o tigre que mora dentro de si.

Drama/documentário, Affonso Uchoa, Brasil, 2016, 1h35, classificação a definir

Confira o trailer:


Filme: Em Três Atos
Período: 03 a 09/03
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

O filme Em Três Atos (2015), dirigido por Lúcia Murat e já exibido na semana de 28/01 a 03/02, volta a entrar em cartaz por mais uma semana, entre os dias 03 e 09 de março. Ficção, documentário e literatura se mesclam neste filme. Andréa Beltrão e Nathália Timberg narram textos de Simone de Beauvoir enquanto Maria Alice Poppe e Angel Vianna dão vida a duas bailarinas, uma no auge da carreira e outra aos 85 anos, que ensaiam passos de dança contemporânea sob uma atmosfera que narra os processos de vida e morte e o encarar da velhice.

Drama/documentário, Lúcia Murat, Brasil, 2015, 1h16, classificação 10 anos

Confira o trailer:


Filme: Beira-Mar
Período: 10 a 23/03
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

Entre 10 e 23 de março, Beira-Mar (2015), de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, aborda a história de Martin e Tomaz, que viajam para o litoral gaúcho. Martin precisa encontrar um documento para o pai na casa de parentes, e Tomaz decide acompanhá-lo. Os dois acabam abrigando-se em uma casa de vidro à beira-mar, a fim de fugir da rejeição familiar de Martin e da estranha distância que surgiu entre os dois.

Drama, Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, Brasil, 2015, 1h23, classificação 14 anos

Confira o trailer


Filme: Invasores
Período: 17 a 30/03
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

O filme de Marcelo Toledo que fica em cartaz de 17 a 30 de março narra a história de Claudia, que tem 17 anos e mora em Perus, na periferia de São Paulo. Aluna de piano em um curso de musicalização para jovens sem recursos, decide estudar musica na USP. Sem um instrumento para ensaiar, conta com a ajuda de seu namorado Nilson, membro de um grupo de pichadores.

Drama, Marcelo Toledo, Brasil, 2016, 1h22, classificação 14 anos


Filme: Olmo e a Gaivota
Período: 24/03 a 06/04
Horário: 20h30 (seg/sex); 19h30 (sáb/dom)

O documentário Olmo e a Gaivota (2014), de  Petra Costa e Lea Glob, entra em cartaz dia 24 de março e segue até o dia 06 de abril. No filme, Olívia é uma atriz que está ensaiando a peça “A Gaivota”, de Anton Tchekov, quando descobre que está grávida. Enquanto a produção avança, o bebê dentro dela cresce e um acidente a afasta da montagem, que tem seu companheiro como protagonista. De repouso em casa por semanas, ela lida com as bruscas mudanças em sua rotina, seu corpo e sua vida em geral.

Documentário, Petra Costa e Lea Glob, Brasil/França/Dinamarca/Portugal, 2015, 1h25, classificação 12 anos

Confira o trailer:


Filme: Ela Volta na Quinta
Período: 31/03 a meados de abril
Horário: 18h30 (seg/sex); 17h30 (sáb/dom)

A estreia do último dia de março, que segue em cartaz até meados de abril, é o filme Ela Volta na Quinta (2014), de André Novais Oliveira. O filme conta a história de Maria José e Norberto, casal que vive há 35 anos juntos, na cidade de Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. Bastante desgastado pelo tempo, o relacionamento dos dois se encontra em crise. Maria José, mesmo com problemas de saúde, resolve fazer uma viagem para Aparecida do Norte, como forma de pensar se o divórcio é mesmo a solução.

Confira o trailer:


Evento: primeiro dia da V Semana do Audiovisual da UEG
Data: 14/03

A SAU – Semana do Audiovisual é um projeto de extensão do Curso de Cinema e Audiovisual da UEG – Universidade Estadual de Goiás, Campus Laranjeiras em Goiânia.
O evento visa a promover a discussão acadêmica e artística sobre os meandros da produção audiovisual, local e nacional. A Semana do Audiovisual – SAU já discutiu sobre diferentes temas, trazendo convidados de diferentes áreas do campo do cinema e do audiovisual como pesquisadores, artistas e profissionais do mercado cinematográfico.

A programação do dia 14/03 ocorrerá no Cine Cultura, conforme os seguintes horários:

16h a 18h30
Palestra de abertura:
A ressonância das imagens: hibridismos entre documentário e novas tecnologias
Palestrante: Dra. Kênia Freitas (UCB)

18h30 a 19h
Intervalo

19h a 22h
Mostra de cinema da Semana: O curta-metragem de ficção
Mesa: A direção cinematográfica, experimentação e realização
Diretores convidados: Benedito Ferreira, Getúlio Ribeiro, Jarleo Barbosa, Maurélio Toscano

Mais informações sobre o evento: http://sau.audiovisual.ueg.br/


Evento: lançamento do curta documental Mademoiselle do Rap
Data: 21/03
Horário: 19h a 21h

O filme conta um pouco da vida e trajetória de Luiz César Pereira, a Lulu Monamour, nos cenários do Rap goiano e nacional. Com suas letras reativas, Lulu, que se autointitula o primeiro rapper assumidamente gay do Brasil, canta contra a homofobia e machismo presentes não só no Rap, mas na sociedade de uma forma geral.

O projeto participou do Laboratório de Roteiros de Documentários realizado pela ABD Goiás durante o FICA 2014. A obra, dirigida por Raphael Gustavo da Silva, é uma realização da É Nóis Ki Tá Produções em parceria com a Kam Filmes e tem o patrocínio da Complem, apoio institucional da Seduce – Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte, e Governo de Goiás por meio da Lei Goyazes.

Durante as filmagens do documentário, também foi gravado o videoclipe intitulado Autodefesa parte II, dirigido por Prettu Joe, que você pode conferir abaixo:

 

 

Cine Cultura divulga programação completa de fevereiro de 2016

ATENÇÃO: um problema na cópia do filme Eu sou Ingrid Bergman levou ao adiamento de sua entrada em cartaz para o dia 11/02. Em seu lugar, será exibido o filme Hysteria, de 28/01 a 03/02, às 18h30 (de segunda a sexta) e 17h30 (sábado e domingo). Pedimos desculpas pela alteração de última hora e contamos com a compreensão do público. Obrigado!

Entre as próximas estreias do Cine Cultura, estão o documentário Hysteria, de Evaldo Mocarzel e Ava Rocha, que aborda o trabalho de uma companhia teatral, e o filme Em Três Atos, de Lúcia Murat, explora as fronteiras e as passagens entre ficção e documentário, com base em textos de Simone de Beauvoir.

Filme: Hysteria

Sinopse: Os cineastas Evaldo Mocarzel e Ava Rocha acompanharam a companhia teatral Grupo XIX durante uma série de apresentações da peça Hysteria em Santa Catarina para realizar este documentário. O espetáculo busca abordar as diversas expressões da mulher brasileira e a feminilidade como um todo.

Documentário, Evaldo Mocarzel e Ava Rocha, Brasil, 2015, 1h11, classificação 10 anos

Confira o trailer:

Filme: Em Três Atos

Sinopse: Ficção, documentário e literatura se mesclam neste filme. Andréa Beltrão e Nathália Timberg narram textos de Simone de Beauvoir enquanto Maria Alice Poppe e Angel Vianna dão vida a duas bailarinas, uma no auge da carreira e outra aos 85 anos, que ensaiam passos de dança contemporânea sob uma atmosfera que narra os processos de vida e morte e o encarar da velhice.

Drama/documentário, Lúcia Murat, Brasil, 2015, 1h16, classificação 10 anos

Confira o trailer:

No dia 1º de fevereiro, nossa programação dará lugar ao lançamento do curta-metragem Ensaio sobre um fim de mundo, produzido pelo Coletivo Cabeça de Câmera, com direção de Jônatas Borges e Samuel Peregrino e roteiro de Getúlio Ribeiro. O lançamento responde ao interesse do Cine Cultura em conferir visibilidade à produção cinematográfica goiana. Na mesma sessão, será exibido ainda o curta Sob a lente, de Paullo Fernando (7 minutos).

Filme: Ensaio sobre um fim de mundo

Sinopse: Um dia incomum no cotidiano de alguns moradores de Goiânia pouco antes do fim do mundo.

Ficção científica, Jônatas Borges e Samuel Peregrino, Brasil, 2016, 10 minutos, classificação a definir

Confira o trailer:

Entre os dias 4 e 10 de fevereiro, a programação regular do Cine Cultura abre espaço para parte da programação da 9ª Mostra O amor, a morte e as paixões, com cursos, debates e filmes clássicos do cinema brasileiro – Terra em Transe (1967), de Glauber Rocha, Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade, Xica da Silva (1976), de Carlos Diegues. Além desses filmes, haverá sessões de O menino e o mundo (2014), de Alê Abreu, indicado ao Oscar de Melhor Animação.

No dia 11 de fevereiro, entra em cartaz o documentário Eu sou Ingrid Bergman, de Stig Björkman, que aborda a história de vida da conhecida atriz de Casablanca (1942), Stromboli (1949) e Anastácia, a Princesa Esquecida (1956), entre outros filmes de grande importância na história do cinema. O filme sueco divide as sessões com Califórnia, de Marina Person, até o dia 24 de fevereiro, que explora uma história de transição da adolescência para a vida adulta. Finalmente, entrando no mês de março, estrearão no dia 15 de fevereiro A Vizinhança do Tigre, de Affonso Uchoa, e Hysteria, de Evaldo Mocarzel e Ava Rocha.

Filme: Eu sou Ingrid Bergman

Sinopse: Usando os diários íntimos de Ingrid Bergman, além das cartas enviadas às suas amigas, o documentário traça todo o percurso pessoal e profissional da atriz, incluindo seus diversos casamentos, a relação controversa com os filhos, o escândalo de adultério, as mudanças para os Estados Unidos, França e Inglaterra os principais filmes e prêmios recebidos na carreira.

Documentário, Stig Björkman, Suécia, 2015, 1h54, classificação 10 anos

Confira o trailer:

Filme: Califórnia

Sinopse: Início dos anos 1980. Estela (Clara Gallo) é uma adolescente que vive os conflitos típicos da idade, de identidade, amizade e amor. Ela tem um ídolo, o tio Carlos (Caio Blat), jornalista musical que vive nos Estados Unidos. E o maior sonho da menina é visitá-lo na Califórnia, durante as férias. Os planos dela vão por água abaixo, no entanto, quando ela descobre que é ele quem está voltando para o Brasil, magro, debilitado por consequência de uma doença sobre a qual a medicina apenas começava a se debruçar.

Drama, Marina Person, Brasil, 2015, 1h30, classificação 14 anos

Confira o trailer:

Filme: A Vizinhança do Tigre

Sinopse: Os jovens Juninho (Aristides de Souza), Eldo (Eldo Rodrigues), Adilson (Adilson Cordeiro), Menor (Maurício Chagas) e Neguinho (Wederson Patrício) são moradores da periferia de Contagem e vivem divididos entre o trabalho e a diversão, o crime e a esperança. Para sobreviver à luta de cada dia, eles terão que domar o tigre que mora dentro de si.

Drama/documentário, Affonso Uchoa, Brasil, 2016, 1h35, classificação a definir

Confira o trailer:

Abaixo você encontra uma visão geral da nossa programação de fevereiro de 2016. Acompanhe mais informações em novos posts aqui no blog e nas nossas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Google Plus.

Programação mensal.001

 

Em fevereiro, o Cine Cultura recebe parte da 9ª Mostra O amor, a morte e as paixões

O mês de fevereiro traz para o Cine Cultura diversos lançamentos do cinema brasileiro, um filme sobre Ingrid Bergman e uma parte da programação da 9ª Mostra O amor, a morte e as paixões. A Mostra ocorre entre 3 e 17 de fevereiro nos Cinemas Lumière do Shopping Bougainville. De 4 a 10 de fevereiro, o Cine Cultura recebe curso, palestra, debates e filmes da 1ª Mostra de Clássicos do Cinema Brasileiro.

Na manhã e na tarde do dia 4 de fevereiro, o crítico de cinema Inácio Araújo ministra curso de Análise Fílmica, enquanto no dia 8 será a vez da preparadora de elenco Fátima Toledo palestrar sobre Direção de Atores. Sempre entre as 9h e 12h, depois entre as 14h e as 17h, cada convidado trará a Goiânia a experiência e o conhecimento de quem é referência fundamental em seus campos de atuação.

​Inácio Araujo é crítico de cinema da Folha e autor de dois livros sobre o assunto: Hitchcock, o Mestre do Medo e Cinema, o Mundo em Movimento, além de participar de diversas coletâneas. Como ficcionista publicou o romance Casa de Meninas (1987) e o volume de contos Urgentes Preparativos para o Fim do Mundo(Iluminuras, 2014). Uma seleção de seus textos na Folha foi organizada por Juliano Tosi, com o título de Críticas de Inácio Araujo (ed. Imprensa Oficial de SP).

Natural de Alagoas, Fátima Toledo é a primeira e mais conceituada preparadora de elenco do Brasil. Ícone no mercado cinematográfico e criadora de um método de interpretação exclusivo, denominado método FT, ela atua no mercado há mais de 30 anos. Proprietária do Studio Fátima Toledo, em São Paulo, um Ateliê de Preparação para Cinema. Em 2014, a preparadora de elenco teve sua trajetória (e a de seu método) transformada no livro Fátima Toledo: Interpretar a vida, viver o cinema, escrito por Maurício Cardoso e lançado pela editora Liberars. Neste livro, ela narra o percurso de seleção e preparação do elenco de grandes sucessos do cinema brasileiro, como Pixote, Cidade de Deus e Tropa de Elite.

Além da excelente seleção de filmes realizada pelo curador Lisandro Nogueira, a 9ª edição do evento contará com a 1ª Mostra de Clássicos do Cinema Brasileiro, com os filmes Terra em Transe (1967), de Glauber Rocha, Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade, Xica da Silva (1976), de Carlos Diegues. Também haverá sessões do filme O Menino e o Mundo (2014), de Alê Abreu, que foi indicado ao Oscar de Melhor Animação nesse ano de 2016. Além da exibição dos filmes em diferentes horários, serão realizados três debates no Cine Cultura e um debate nos Cinemas Lumière do Shopping Bougainville. Você pode conferir a agenda de debates e os horários das sessões da 1ª Mostra de Clássicos do Cinema Brasileiro abaixo:

 

 

Captura de tela 2016-01-27 22.51.59

O glamour do cômico e a delicadeza do trágico em cartaz no Cine Cultura

Enquanto a comédia dramática espanhola Picasso e o roubo da Mona Lisa, de Fernando Colomo, entra em sua segunda semana em cartaz, o Cine Cultura estreia o filme japonês O desejo da minha alma, de Masakazu Sugita. Os dois filmes permanecem em cartaz do dia 14 ao dia 27 de janeiro, trazendo às telas o glamour do cômico – que envolve o pintor Pablo Picasso e a vida boêmia na Paris do início do século XX, quando ocorreu o roubo que consagrou a famosa tela de Leonardo Da Vinci – e a delicadeza do trágico – numa narrativa contida e contundente sobre o luto e a continuidade da vida depois de um terremoto.

Picasso e o roubo da Mona Lisa

Na sessão das 18h30 (de segunda a sexta) e 17h30 (sábados e domingos), somos transportados a Paris, em 1911. O famoso quadro Mona Lisa, pintado por Leonardo Da Vinci, simplesmente desaparece do museu do Louvre. Na investigação do caso são detidos o pintor Pablo Picasso (Ignaceo Mateos) e o escritor Guillaume Apollinaire (Pierre Bénézit). Picasso conta que, quatro anos antes, Apollinaire havia lhe apresentado um jovem atlético, apelidado de Barão, que tinha tanta fascinação por estátuas espanholas que acabou roubando-as do Louvre e vendendo por um preço ridículo. Esta situação serviu de inspiração para o pintor ao fazer o quadro “As Senhoras de Avignon”. Devido a este caso, a imprensa começa a dizer que existe uma quadrilha dedicada a roubar os museus da França e que Picasso e Apolinnaire estariam envolvidos no crime.

O desejo da minha alma

Na sessão das 20h30 (de segunda a sexta) e 19h30 (sábado e domingo), viajamos ao Japão por meio de um olhar delicado sobre a vida depois de um forte terremoto, destruindo mais do que apenas casas. Os mortos são enterrados e os sobreviventes são deixados entre as ruínas. Após o desastre, Haruna e seu irmão Shota vão morar com os seus tios. Eles são amorosos e cuidam bem das crianças, mas elas estão longe da felicidade. As crianças não conseguem se acostumar à vida sem os pais. Haruna tem problemas na nova escola, e Sotha não compreende que o pai e a mãe realmente se foram.



Programação do Cine Cultura | 14 a 27 de janeiro de 2016


cartaz_PicassoeoroubodaMonaLisa_digitalFilme: Picasso e o roubo da Mona Lisa

Direção: Fernando Colomo

Gênero: Comédia dramática, Espanha, 2015

Sessões: 18h30 (segunda a sexta) e 17h30 (sábado e domingo)

Classificação: 12 anos

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=t3Xbd2Lfsy0


o_desejo_da_minha_almaFilme: O desejo da minha alma

Direção: Masakazu Sugita

Gênero: Drama, Japão, 2014

Sessões: 20h30 (segunda a sexta) e 19h30 (sábado e domingo)

Classificação: 12 anos

Trailer: https://vimeo.com/123665952


Ingressos: R$ 8 Inteira / R$ 4 Meia / Pessoas acima de 60 anos têm acesso livre

Local: Cine Cultura – Centro Cultural Marieta Telles, Praça Cívica, nº 2

Informações: (62) 3201-4670

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 52 outros seguidores