Programação de 23/02 a 01/03

PROGRAMAÇÃO ATUALIZADA: semana de 23/02 a 01/03.

 

20170221_cc_sanguesangue_

É a semana de carnaval, e durante o feriado as sessões acontecem mais cedo. Atenção para os novos horários!

Permanecem em cartaz os três filmes atualmente em exibição: o brasileiro A CIDADE ONDE ENVELHEÇO, coprodução Brasil-Portugal dirigida por Marília Rocha e grande vencedor do último Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, e os dois últimos filmes do grande cineasta italiano Marco Bellocchio: SANGUE DO MEU SANGUE e BELOS SONHOS.

***

1) A CIDADE ONDE ENVELHEÇO (2017, Brasil, 99 minutos, 12 anos)

Direção: Marília Rocha
Elenco: Elizabete Francisca Santos, Francisca Manuel, Paulo Nazareth

Sinopse: Francisca, uma jovem emigrante portuguesa morando no Brasil, recebe em sua casa Teresa, uma antiga conhecida com quem já havia perdido contato. Teresa acaba de chegar e vive momentos de descoberta e encantamento com o novo país, enquanto Francisca anseia por Lisboa. O filme acompanha as aventuras de cada uma pela cidade e a profunda ligação que nasce entre elas, obrigando-as a lidar com desejos simultâneos e opostos: a vontade de partir para um país desconhecido e a saudade irremediável de casa.

***

2) SANGUE DO MEU SANGUE (2016, Itália, 107 minutos, 16 anos)

Direção: Marco Bellocchio
Elenco: Roberto Herlitzka, Piergiorgio Bellocchio Jr., Alba Rohrwacher

Sinopse: No século XVII, Federico Mai chega a um monastério com uma missão: seu irmão cometeu suicídio e não pode ser enterrado em terreno sagrado, a não ser que sua amante, a irmã Benedetta, confesse seus pecados, salvando assim a alma do morto. Benedetta é submetida a provações e questionada pela hierarquia apostólica – enquanto Federico assiste. Nos dias de hoje, um homem russo deseja comprar o monastério onde Benedetta foi torturada. Ele encontra habitando o local um velho conde e uma mulher cujo marido desapareceu.

***

3) BELOS SONHOS (2016, Itália, 134 minutos, 14 anos)

Direção: Marco Bellocchio
Elenco: Barbara Ronchi, Bérénice Bejo, Guido Caprino

Sinopse: Massimo tem sua infiancia abalada pela misterios morte de sua mãe, que ele recusa-se a aceitar. Anos mais tarde, após ter coberto como jornalista a guerra em Sarajevo, começa a ter ataques de pânico e é obrigado a reviver seu passado traumático enquanto prepara-se para vender o apartamento dos pais. Inspirado no romance homônimo de Massimo Gramellini.

***

Ingresso valor amigo (somente dinheiro; favor tentar levar trocado): 8 reais inteira / 4 reais meia – mais barato que um pitdog!

Programação de 16 a 22 de fevereiro: BELOS SONHOS, SANGUE DO MEU SANGUE e A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

PROGRAMAÇÃO ATUALIZADA: semana de 16 a 22 de fevereiro!

20170213_cc_belossonhos_1-2

Entram em cartaz nesta quinta-feira, 16 de fevereiro, os dois novos filmes do grande cineasta italiano Marco Bellocchio. SANGUE DO MEU SANGUE e BELOS SONHOS estrearam no Brasil em dezembro, em poucas salas, e ainda não haviam passado por Goiânia.

E A cidade onde envelheço / Where I grow old fica em cartaz por mais uma semana. Coprodução Brasil-Portugal dirigida por Marília Rocha e grande vencedor do último Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O filme inicia o programa Sessão Vitrine Petrobras, do qual o Cine Cultura é o parceiro exclusivo aqui em Goiânia. Durante todo o ano a Sessão Vitrine irá lançar uma seleta lista de filmes brasileiros, e aqui na nossa sala seus lançamentos serão exibidos sempre na última sessão do dia por pelo menos duas semanas. Acompanhem!

***

1) BELOS SONHOS (2016, Itália, 134 minutos, 14 anos)

Direção: Marco Bellocchio
Elenco: Barbara Ronchi, Bérénice Bejo, Guido Caprino

Sinopse: Massimo tem sua infância abalada pela misteriosa morte de sua mãe, que ele recusa-se a aceitar. Anos mais tarde, após ter coberto como jornalista a guerra em Sarajevo, começa a ter ataques de pânico e é obrigado a reviver seu passado traumático enquanto prepara-se para vender o apartamento dos pais. Inspirado no romance homônimo de Massimo Gramellini.

***

2) SANGUE DO MEU SANGUE (2016, Itália, 107 minutos, 16 anos)

Direção: Marco Bellocchio
Elenco: Roberto Herlitzka, Piergiorgio Bellocchio Jr., Alba Rohrwacher

Sinopse: No século XVII, Federico Mai chega a um monastério com uma missão: seu irmão cometeu suicídio e não pode ser enterrado em terreno sagrado, a não ser que sua amante, a irmã Benedetta, confesse seus pecados, salvando assim a alma do morto. Benedetta é submetida a provações e questionada pela hierarquia apostólica – enquanto Federico assiste. Nos dias de hoje, um homem russo deseja comprar o monastério onde Benedetta foi torturada. Ele encontra habitando o local um velho conde e uma mulher cujo marido desapareceu.

***

3) A CIDADE ONDE ENVELHEÇO (2017, Brasil, 99 minutos, 12 anos)

Direção: Marília Rocha
Elenco: Elizabete Francisca Santos, Francisca Manuel, Paulo Nazareth

Sinopse: Francisca, uma jovem emigrante portuguesa morando no Brasil, recebe em sua casa Teresa, uma antiga conhecida com quem já havia perdido contato. Teresa acaba de chegar e vive momentos de descoberta e encantamento com o novo país, enquanto Francisca anseia por Lisboa. O filme acompanha as aventuras de cada uma pela cidade e a profunda ligação que nasce entre elas, obrigando-as a lidar com desejos simultâneos e opostos: a vontade de partir para um país desconhecido e a saudade irremediável de casa.

***

Ingresso valor amigo (somente dinheiro; favor tentar levar trocado): 8 reais inteira / 4 reais meia – mais barato que um pitdog!

Facebook: https://www.facebook.com/cineculturagoiania/
Instagram: https://www.instagram.com/cineculturagoias/
Twitter: https://twitter.com/CineCulturaGO

Programação de 09 a 15 de fevereiro: A MORTE DE LUÍS XIV, CLARISSE OU ALGUMA COISA SOBRE NÓS DOIS e A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

PROGRAMAÇÃO ATUALIZADA: semana de 09 a 15 de fevereiro!

20170207_cc_clarisse_2semana_

Permanecem em cartaz por mais uma semana: A MORTE DE LUÍS XIV, de Albert Serra e com atuação fenomenal de Jean-Pierre Léaud (Palma de Ouro Honorária no último Festival de Cannes), e Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois, filme brasileiro indomável e encapetado, desses de pegada e som pancada.

E na terceira sessão do dia, entra em cartaz A cidade onde envelheço / Where I grow old, coprodução Brasil-Portugal dirigida por Marília Rocha e grande vencedor do último Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O filme inicia o programa Sessão Vitrine Petrobras, do qual o Cine Cultura é o parceiro exclusivo aqui em Goiânia. Durante todo o ano a Sessão Vitrine irá lançar uma seleta lista de filmes brasileiros, e aqui na nossa sala seus lançamentos serão exibidos sempre às 20h30 (segunda a sexta) e 19h30 (sábado, domingo e eventuais feriados). Acompanhem!

***

1) A MORTE DE LUÍS XIV (2016, França/Portugal/Espanha, 105 minutos)

Direção: Albert Serra
Elenco: Jean-Pierre Léaud, Patrick D’assumçao, Irène Silvagni

Sinopse: Agosto 1715. Depois de uma caminhada, Luís XIV sente uma dor na perna. Nos próximos dias, o Rei continua a cumprir seus deveres e obrigações, mas seu sono é intranquilo, ele tem febre, mal se alimenta e está cada dia mais fraco. Albert Serra reconstrói os dias da lenta agonia do maior Rei da França, interpretado magistralmente por Jean-Pierre Léaud, rodeado em seu quarto por seus fiéis seguidores e pelos médicos, e que marcará o fim de um reinado de 72 anos do Rei Sol.

***

2) CLARISSE OU ALGUMA COISA SOBRE NÓS DOIS (2017, Brasil, 85 minutos, 16 anos)

Direção: Petrus Cariry
Elenco: Sabrina Greve, Everaldo Pontes, Verônica Cavalcanti

Sinopse: Um pai muito doente revê a filha. Ressentimentos são postos à mesa. A memória dos mortos, depertada por objetos, sombras e senhos, afeta Clarisse neste cenário de beleza e agonia. Seu marido e os negócios a esperam na cidade.

***

3) A CIDADE ONDE ENVELHEÇO (2017, Brasil, 99 minutos, 12 anos)

Direção: Marília Rocha
Elenco: Elizabete Francisca Santos, Francisca Manuel, Paulo Nazareth

Sinopse: Francisca, uma jovem emigrante portuguesa morando no Brasil, recebe em sua casa Teresa, uma antiga conhecida com quem já havia perdido contato. Teresa acaba de chegar e vive momentos de descoberta e encantamento com o novo país, enquanto Francisca anseia por Lisboa. O filme acompanha as aventuras de cada uma pela cidade e a profunda ligação que nasce entre elas, obrigando-as a lidar com desejos simultâneos e opostos: a vontade de partir para um país desconhecido e a saudade irremediável de casa.

***

Ingresso valor amigo (somente dinheiro; favor tentar levar trocado): 8 reais inteira / 4 reais meia – mais barato que um pitdog!

Facebook: https://www.facebook.com/cineculturagoiania
Instagram: https://www.instagram.com/cineculturagoias/
Twitter: https://twitter.com/CineCulturaGO

Programação de 02 a 08 de fevereiro: A CRIADA, A MORTE DE LUÍS XIV e CLARISSE OU ALGUMA COISA SOBRE NÓS DOIS

Programação de 02 a 08 de fevereiro – ATENÇÃO: TRÊS FILMES E NOVOS HORÁRIOS!

 

20170131_cc_clarisse_1

 

Devido à alta procura, permanece em cartaz por mais uma semana A CRIADA, filme erótico sul-coreano de Chan-wook Park (diretor do aclamado OLDBOY).

Além disso, temos ainda duas estreias: A MORTE DE LUÍS XIV, de Albert Serra e com atuação fenomenal de Jean-Pierre Léaud (Palma de Ouro Honorária no último Festival de Cannes), e Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois, filme brasileiro indomável e encapetado, desses de pegada e som pancada.

Clique no hiperlink dos títulos para assistir aos trailers.

***

1) A CRIADA (2016, Coreia do Sul, 16 anos, 144 minutos)

Direção: Chan-wook Park
Elenco: Min-hee Kim, Kim Tae-ri, Jung-woo Ha

Sinopse: Na Coreia do Sul dos anos 1930, uma jovem coreana é contratada para trabalhar para uma herdeira nipônica, que leva uma vida isolada ao lado do tio autoritário.

***

2) A MORTE DE LUÍS XIV (2016, França/Portugal/Espanha, 105 minutos)

Direção: Albert Serra
Elenco: Jean-Pierre Léaud, Patrick D’assumçao, Irène Silvagni

Sinopse: Agosto 1715. Depois de uma caminhada, Luís XIV sente uma dor na perna. Nos próximos dias, o Rei continua a cumprir seus deveres e obrigações, mas seu sono é intranquilo, ele tem febre, mal se alimenta e está cada dia mais fraco. Albert Serra reconstrói os dias da lenta agonia do maior Rei da França, interpretado magistralmente por Jean-Pierre Léaud, rodeado em seu quarto por seus fiéis seguidores e pelos médicos, e que marcará o fim de um reinado de 72 anos do Rei Sol.

***

3) CLARISSE OU ALGUMA COISA SOBRE NÓS DOIS (2017, Brasil, 85 minutos, 16 anos)

Direção: Petrus Cariry
Elenco: Sabrina Greve, Everaldo Pontes, Verônica Cavalcanti

Sinopse: Um pai muito doente revê a filha. Ressentimentos são postos à mesa. A memória dos mortos, depertada por objetos, sombras e senhos, afeta Clarisse neste cenário de beleza e agonia. Seu marido e os negócios a esperam na cidade.

***

Ingresso valor amigo (somente dinheiro; favor tentar levar trocado): 8 reais inteira / 4 reais meia – mais barato que um pitdog!

Blog: https://www.facebook.com/cineculturagoiania/
Instagram: https://www.instagram.com/cineculturagoias/
Twitter: https://twitter.com/CineCulturaGO

26/01 a 01/02 – A CRIADA e O HOMEM QUE CAIU NA TERRA continuam em cartaz

Programação de 26/01 a 01/02 – ATENÇÃO: NOVOS HORÁRIOS!

16113256_1261513250595351_7841449408001181957_o

 

Continuam em cartaz, porém em horários diferentes: o sul-coreano A CRIADA, suspense erótico cheio de bondage no coração e dirigido por Chan-wook Park (do aclamado OLDBOY), e O HOMEM QUE CAIU NA TERRA, clássico sci-fi cult alienígena piração sensação viajandão protagonizado por David Bowie e dirigido pelo também alienígena Nicolas Roeg.

Atenção para as classificações indicativas, pois as exibições são um tanto safadinhas e peladinhas, sim?

***

1) A CRIADA (2016, Coreia do Sul, 16 anos, 144 minutos)

Direção: Chan-wook Park
Elenco: Min-hee Kim, Kim Tae-ri, Jung-woo Ha

Sinopse: Na Coreia do Sul dos anos 1930, uma jovem coreana é contratada para trabalhar para uma herdeira nipônica, que leva uma vida isolada ao lado do tio autoritário.

***

2) O HOMEM QUE CAIU NA TERRA (1976, Reino Unido, 16 anos, 139 minutos)

Direção: Nicolas Roeg
Elenco: David Bowie, Rip Torn, Candy Clark, Buck Henry, Bernie Casey, Jackson D. Kane, Rick Riccardo, Tony Mascia

Sinopse: A lenda David Bowie é o alienígena humanoide Thomas Jerome Newton, na antológica ficção científica do diretor Nicolas Roeg. Newton chega à Terra com a missão de levar água ao seu distante planeta natal que vive uma seca catastrófica. Usando a tecnologia avançada de seu planeta para patentear muitas invenções na Terra, Newton, auxiliado pelo advogado Oliver Farnsworth, fica milionário como o líder de um conglomerado tecnológico. E ainda na Terra vive um relacionamento com a camareira Mary-Lou. Bowie, em sua estreia como ator, cria com seu visual andrógino a perfeita imagem de um homem que veio do espaço.

***

Ingresso valor amigo (somente dinheiro; favor tentar levar trocado): 8 reais inteira / 4 reais meia – mais barato que um pitdog!

Blog: https://www.facebook.com/cineculturagoiania
Instagram: https://www.instagram.com/cineculturagoias/
Twitter: https://twitter.com/CineCulturaGO

De 19 a 25 de janeiro: estreiam O HOMEM QUE CAIU NA TERRA e A CRIADA

Programação de 19 a 25 de janeiro!

20170116_cc_homemquecaiu_

Entram em cartaz O HOMEM QUE CAIU NA TERRA, clássico sci-fi cult alienígena protagonizado por David Bowie e dirigido pelo também alienígena Nicolas Roeg, e o sul-coreano A CRIADA, suspense erótico cheio de bondage no coração e dirigido por Chan-wook Park (do aclamado OLDBOY).

 
Atenção para as classificações indicativas, pois as exibições estarão um tanto safadinhas por estes dias, sim?
 
***
 

1) O HOMEM QUE CAIU NA TERRA (1976, Reino Unido, 14 anos, 139 minutos)

david-bowie-_-the-man-who-fell-on-earth
 
Direção: Nicolas Roeg
Elenco: David Bowie, Rip Torn, Candy Clark, Buck Henry, Bernie Casey, Jackson D. Kane, Rick Riccardo, Tony Mascia
 
Sinopse: A lenda David Bowie é o alienígena humanoide Thomas Jerome Newton, na antológica ficção científica do diretor Nicolas Roeg. Newton chega à Terra com a missão de levar água ao seu distante planeta natal que vive uma seca catastrófica. Usando a tecnologia avançada de seu planeta para patentear muitas invenções na Terra, Newton, auxiliado pelo advogado Oliver Farnsworth, fica milionário como o líder de um conglomerado tecnológico. E ainda na Terra vive um relacionamento com a camareira Mary-Lou. Bowie, em sua estreia como ator, cria com seu visual andrógino a perfeita imagem de um homem que veio do espaço.
 
***
 

2) A CRIADA (2016, Coreia do Sul, 18 anos, 144 minutos)

handmaiden
 
Direção: Chan-wook Park
Elenco: Min-hee Kim, Kim Tae-ri, Jung-woo Ha
 
Sinopse: Na Coreia do Sul dos anos 1930, uma jovem coreana é contratada para trabalhar para uma herdeira nipônica, que leva uma vida isolada ao lado do tio autoritário.
 
***
 
Ingresso valor amigo (somente dinheiro; favor tentar levar trocado): 8 reais inteira / 4 reais meia.
 
Facebook: https://www.facebook.com/cineculturagoiania/